Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Macron exorta israelitas e palestinianos a não "alimentar violência"

O presidente francês, Emmanuel Macron, exortou, este domingo, israelitas e palestinianos a não "alimentar a espiral de violência" após os ataques em Jerusalém Oriental e a morte de um palestiniano, morto por guardas israelitas.

Macron exorta israelitas e palestinianos a não "alimentar violência"
Notícias ao Minuto

00:02 - 30/01/23 por Lusa

Mundo Emmanuel Macron

Numa conversa telefónica com o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, "o presidente da República recordou a necessidade de todos evitarem medidas suscetíveis de alimentar o ciclo de violência", refere o Eliseu em comunicado.

"Ele voltou a manifestar a sua disponibilidade para contribuir para a retoma do diálogo entre os palestinianos e os israelitas", sublinhou a presidência francesa.

O chefe de Estado apresentou as suas condolências ao povo israelita pelas "vítimas do ataque terrorista", que causou a morte de sete pessoas, na sexta-feira, perto de uma sinagoga em Jerusalém Oriental.

Macron condenou mais uma vez o "atentado abjeto" e "expressou a solidariedade plena e total da França para com Israel na luta contra o terrorismo" e repetiu "o apego inabalável da França à segurança" deste país.

No sábado de manhã, um palestiniano de 13 anos disparou e feriu dois israelitas em Silwan, perto das muralhas da Cidade Velha.

Benjamin Netanyahu prometeu uma resposta "forte" e "robusta" ao "terrorismo" após os dois ataques. No domingo, guardas israelitas mataram um palestiniano na Cisjordânia.

Leia Também: Papa exorta Palestina e Israel a encontrarem "sem demora" caminho da paz

Recomendados para si

;
Campo obrigatório