Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 11º

EUA premeiam ativistas de 8 países por esforços de combate à corrupção

O Departamento de Estado dos Estados Unidos (EUA) distinguiu hoje, a propósito do dia Internacional Anticorrupção, ativistas de 8 países, incluindo México, Sérvia, Colômbia e Iraque, pelos seus esforços no combate à corrupção.

EUA premeiam ativistas de 8 países por esforços de combate à corrupção
Notícias ao Minuto

19:19 - 09/12/22 por Lusa

Mundo EUA

O Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, anunciou hoje o terceiro prémio Líderes Anticorrupção, que distingue indivíduos que se destacaram pela sua liderança, coragem e impacto na prevenção, exposição e combate à corrupção.

Os homenageados são Antonio Cervantes García do México, Jean de Dieu Rakotondramihamina de Madagáscar, Stevan Dojcinovic da Sérvia, Cynthia Gabriel da Malásia, Rozina Islam do Bangladesh, Marco Antonio Rueda Soto da Colômbia, Qismah Salih Ali Mendeli do Iraque, e Janet Zhou do Zimbabué.

Nos Estados Unidos, os homenageados participaram de um Programa Internacional de Liderança, contactando com homólogos norte-americanos ligados ao combate à corrupção.

"Quando o mundo comemora o Dia Internacional Anticorrupção, os Estados Unidos renovam o seu compromisso de estar ao lado dos cidadãos a nível global, em prol da transparência, ao Estado de direito e da justiça", refere nota hoje divulgada pelo Departamento de Estado.

A corrupção, sublinha a mesma fonte, corrói a confiança pública nas instituições governamentais e democráticas, aprofunda a pobreza e a desigualdade, e limita as oportunidades e o crescimento, podendo afetar as pessoas em praticamente todos os aspetos da sua vida quotidiana. 

"Temos orgulho no nosso histórico, mas reconhecemos que no nosso sistema global interligado, nenhum país pode combater a corrupção sozinho", adiantou o Departamento de Estado, que sublinha que os EUA têm aplicado restrições de vistos e sanções para responsabilizar funcionários corruptos, e apoiando jornalistas e atores não-governamentais que promovem a transparência. 

O Presidente norte-americano, Joe Biden, designou a luta contra a corrupção como central à segurança nacional do país, e os Estados Unidos associaram-se à Transparência Internacional para coorganizar esta semana a Conferência Internacional Anticorrupção.

Leia Também: Biden anunciará apoio à adesão permanente da União Africana ao G20

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório