Meteorologia

  • 05 FEVEREIRO 2023
Tempo
15º
MIN 8º MÁX 18º

Patrulha iraniana teve interação insegura com Marinha dos EUA

Uma patrulha da Guarda Revolucionária Iraniana "interagiu de maneira insegura e pouco profissional" com navios da Marinha dos Estados Unidos, que atravessavam pelo estreito de Ormuz, no golfo Pérsico, divulgaram esta terça-feira as Forças Armadas norte-americanas.

Patrulha iraniana teve interação insegura com Marinha dos EUA

O Comando Central (CentCom) dos Estados Unidos divulgou em comunicado que o encontro ocorreu na segunda-feira, quando o navio USS Lewish B. Puller e o contratorpedeiro de mísseis guiados USS The Sullivan passaram por águas internacionais e "uma embarcação de patrulha os abordou".

De acordo com o Centcom, o navio iraniano tentou cegar a ponte dos norte-americanos lançando uma luz forte sobre estes que chegou aos 137 metros, "perigosamente perto, especialmente à noite".

"Os navios dos EUA reduziram a situação com o uso de avisos sonoros e lasers não letais. Os navios da Marinha dos EUA continuaram o seu trânsito sem mais incidentes", acrescentou ainda o CentCom.

Um porta-voz do CentCom destacou, citado no comunicado de imprensa, que "esta ação perigosa em águas internacionais é indicativa da atividade desestabilizadora do Irão no Médio Oriente".

A área do estreito de Ormuz tem sido palco de uma escalada de tensões nos últimos anos e de vários atos de sabotagem contra petroleiros e cargueiros.

Hormuz é uma via navegável estreita entre Omã e o Irão, através da qual flui aproximadamente um quinto do petróleo mundial.

Leia Também: Rússia. Stock de drones iranianos terá acabado há pelo menos duas semanas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório