Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2023
Tempo
10º
MIN 4º MÁX 12º

Tiroteio em central elétrica apaga a luz a milhares na Carolina do Norte

Cerca de 36 mil pessoas foram afetadas pelos apagões, que podem demorar dias a ser solucionados.

Tiroteio em central elétrica apaga a luz a milhares na Carolina do Norte
Notícias ao Minuto

17:01 - 05/12/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Tiroteios EUA

Dezenas de milhares de pessoas no estado norte-americano da Carolina do Norte ficaram sem luz no domingo, depois de um tiroteio ter danificado duas subestações numa central elétrica. As autoridades estimam que os danos provocados demorem dias a ser reparados.

Segundo a ABC News, os apagões começaram no final da tarde de sábado, pelas 19h. As autoridades no condado de Moore anunciaram um estado de emergência para conter as dificuldades provocadas no fornecimento de energia elétrica, um estado que inclui um recolher obrigatório das 21h de domingo até às 5h desta segunda-feira, e o fecho de escolas durante o dia.

As autoridades estão a investigar o incidente. No Twitter, o governador do estado, Roy Cooper, disse que "um ataque como este em infraestruturas críticas é um crime muito sério e intencional", esperando que "as autoridades estatais e federais investiguem aprofundadamente e tragam os responsáveis à justiça".

Numa conferência de imprensa, o xerife do condado de Moore, Ronnie Fields, disse que a polícia ainda não determinou os motivos do incidente, e ainda nenhum grupo criminoso reivindicou o ataque.

Mas as autoridades garantem que os apagões não foram "aleatórios", referindo que a central "foi um alvo". A segurança foi, assim, reforçada nas centrais de fornecimento elétrico no estado, especialmente as mais importantes para manter a luz ligada em serviços importantes durante a noite.

Cerca de 36 mil clientes ficaram sem luz no domingo, segundo os dados recolhidos pela ABC News. As baixas temperaturas e a falta de aquecimento fez as autoridades abrir um abrigo temporário em Carthage, no mesmo estado, para quem necessitasse de apoio no domingo à noite.

Os danos provocados pelo tiroteio foram consideráveis e um gerente de uma empresa local de energia disse que terão de ser substituídas várias peças, pelo que as pessoas devem ser pacientes e aguardar alguns dias.

O condado tem cerca de 100 mil pessoas e fica a uma hora de Raleigh, a capital da Carolina do Norte.

Leia Também: Vítimas do tiroteio de Uvalde pedem indemnização de 27 mil milhões

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório