Meteorologia

  • 30 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 3º MÁX 12º

Rússia. Manter o apoio público "tácito" será difícil, diz Reino Unido

Apenas 25% dos russos estão a favor da continuação da guerra na Ucrânia, revelou um estudo citado pelo Ministério da Defesa do Reino Unido.

Rússia. Manter o apoio público "tácito" será difícil, diz Reino Unido

No seu relatório diário, o Ministério da Defesa do Reino Unido citou um estudo recente que conclui que o apoio público russo à invasão da Ucrânia está a "cair significativamente".

Segundo a pesquisa, 55% dos russos "favorecem as negociações de paz com a Ucrânia" e apenas 25% apoiam a continuação da guerra. Números que mostram uma clara descida desde, por exemplo, abril, mês em que, segundo os britânicos, cerca de 80% dos russos afirmaram apoiar a guerra contra a Ucrânia.

Segundo o Ministério da Defesa britânico, apesar dos esforços das autoridades russas para “impor o controlo generalizado do ambiente de informação, o conflito tornou-se cada vez mais tangível para muitos russos”, principalmente desde a “mobilização parcial”.

“Como é improvável que a Rússia alcance grandes sucessos no campo de batalha nos próximos meses, é provável que seja cada vez mais difícil para o Kremlin manter a aprovação tácita da guerra entre a população”, concluiu.

Em fevereiro deste ano, a Rússia invadiu o território ucraniano, espoletando um conflito armado que já resultou em 6.655 mortes civis, segundo dados das Nações Unidas, que dão conta também da fuga de 13 milhões de pessoas, das quais mais de seis milhões são deslocados internos e mais de 7,8 milhões fugiram para países europeus.

Leia Também: Teto máximo ao petróleo? Limite "confortável" para a Rússia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório