Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2023
Tempo
10º
MIN 4º MÁX 12º

Espanha. Cartas armadilhadas foram enviadas da cidade de Valladolid

Autor dos envios continua a ser desconhecido.

Espanha. Cartas armadilhadas foram enviadas da cidade de Valladolid
Notícias ao Minuto

19:55 - 03/12/22 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Espanha

As cartas armadilhadas remetidas a várias entidades em Espanha, nos últimos dias, foram enviadas a partir de Valladolid, segundo avança o jornal El Mundo. Esta descoberta das autoridades confirma o que já havia sido dito pelo governo e pelas autoridades, quando se soube que havia indícios de que as missivas tinham sido enviadas a partir de território espanhol.

De acordo com o jornal, que cita fontes da investigação, as autoridades não conseguiram ainda identificar quem enviou as cartas, uma vez que o envio foi feito a partir de postos de correio normais, sem câmaras de videovigilância.

Recorde-se que o primeiro pacote foi enviado a 24 de novembro para o Palácio da Moncloa (sede do governo espanhol) e dirigido a Pedro Sánchez.

Dois pacotes semelhantes foram recebidos, na quarta-feira, pela embaixada da Ucrânia em Madrid e pela dos Estados Unidos na quinta-feira.

Outras cartas armadilhadas foram igualmente enviadas para o Ministério da Defesa, o Centro de Satélites da base aérea de Torrejón de Ardoz (Madrid) e a empresa de armas Instalaza, em Saragoça.

Só um dos pacotes armadilhados causou um ferido ligeiro, quando um trabalhador da embaixada da Ucrânia abriu o envelope e sofreu ferimentos nas mãos.

O Ministério da Administração Interna espanhol informou, na quinta-feira, que os objetos armadilhados que estavam nos seis envelopes são de fabrico caseiro e provocam uma "deflagração com chama repentina".

A investigação indicou que as cartas seguiram todas em envelopes castanhos com "características semelhantes", incluindo a caligrafia.

Numa carta enviada aos Estados-membros da União Europeia (UE) e a Bruxelas, o ministro da Administração Interna espanhol, Fernando Grande-Marlaska, avisou que estas cartas "podem estar relacionadas com a invasão da Ucrânia pela Rússia".

Leia Também: Carta-bomba explode em embaixada ucraniana em Madrid

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório