Meteorologia

  • 01 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Nova Iorque quer contratar um 'czar' dos ratos (e vai pagar muito bem)

A autarquia de Nova Iorque está à procura de um 'exterminador implacável' para ajudar a combater a praga de ratos que invade a cidade norte-americana. Ordenado ronda os 161 mil euros anuais.

Nova Iorque quer contratar um 'czar' dos ratos (e vai pagar muito bem)

Nova Iorque e ratos, ratazanas e todo o tipo de roedores são sinónimos, há muitos anos. Mas a autarquia quer acabar com essa relação desagradável e, para isso, prepara-se para abrir guerra aos roedores, com uma caricata oferta de emprego: se é "motivado", "determinado" e tem "instinto matador", pode candidatar-se ao lugar de "diretor de mitigação de roedores" - cujo ordenado varia entre 120 mil e 170 mil dólares anuais (entre 114 mil e 161 mil euros).

Não se faz guerra sem soldados e Nova Iorque sabe disso. Por essa mesma razão, a autarquia procura um 'czar dos ratos' - o termo é usado pela própria - para ajudar a acabar com a praga que assola uma das mais populares cidades do mundo.

É que o Departamento de Saneamento revelou que os avistamentos de ratos aumentaram em 71% desde outubro de 2020 e o próprio autarca da cidade revelou, no Twitter, não haver nada que "deteste mais no mundo" do que ratos, numa publicação que acompanha a caricata oferta de emprego, onde os requisitos necessários são "motivação", "determinação" e "instinto matador".

“Diretor de mitigação de roedores” é o titulo oficial ao qual os nova-iorquinos se podem candidatar, sempre e quando tenham “carácter aventureiro, humor astuto e atitude intimidatória”, bem como conhecimentos na ótica do utilizador do Word, uma licenciatura e uma casa na cidade.

“O candidato ideal é altamente motivado e um tanto sanguinário, determinado a olhar para todas as soluções de vários ângulos, incluindo a melhoria da eficiência operacional, recolha de dados, inovação tecnológica, gestão do lixo e abate maciço”, lê-se no anúncio, que deixa um alerta: este não é um trabalho das 9 às 17h, mas sim de 24 horas por dia, sete dias por semana.

Leia Também: Nova Iorque vai pagar 17 milhões de euros a homem condenado injustamente

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório