Meteorologia

  • 05 FEVEREIRO 2023
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 18º

Espanha investiga explosão de envelope como possível crime de terrorismo

As autoridades judiciais espanholas estão a avaliar como um possível crime de terrorismo a explosão de um envelope ocorrida hoje na embaixada da Ucrânia em Madrid e decidiram reforçar a segurança da representação diplomática, disseram fontes oficiais.

Espanha investiga explosão de envelope como possível crime de terrorismo
Notícias ao Minuto

19:09 - 30/11/22 por Lusa

Mundo embaixada Ucrânia

A Polícia Nacional espanhola enviou já um primeiro relatório à Audiência Nacional, que "iniciará em breve" diligências no âmbito da investigação de um "possível delito de terrorismo", segundo fontes judiciais citadas pelos meios de comunicação social de Espanha.

Um homem ficou hoje ferido sem gravidade na embaixada da Ucrânia em Madrid devido à explosão de um artefacto que estava dentro de um envelope, segundo a Polícia Nacional de Espanha.

Fontes da polícia revelaram que o homem ferido é um funcionário da embaixada que manuseava o envelope nos jardins da reapresentação diplomática quando se deu a explosão.

Fontes citadas pela agência de notícias EFE explicaram que o envelope chegou no correio enviado para a embaixada, estava dirigido ao embaixador Serhii Pohoreltsev e não tinha ainda passado por um sistema de 'scanner' a que é sujeita a correspondência.

Outras fontes policiais citadas pela agência Europa Press acrescentaram que o envelope, sem remetente, continha "elementos de pirotecnia".

O embaixador Serhii Pohoreltsev disse, em declarações aos 'media' ucranianos, que um funcionário da embaixada suspeitou do conteúdo do envelope pelo que o chefe de segurança se afastou para o jardim para o inspecionar antes de o passar pelo 'scanner' habitual.

Ao ouvir um "estalido", o chefe de segurança soltou o envelope, que explodiu a seguir, afirmou ainda o embaixador.

A polícia espanhola recebeu o alerta da embaixada ucraniana por volta das 13:15 locais (12:15 em Lisboa) e foi ativado um dispositivo de segurança e antiterrorista.

Foram enviados para o local várias unidades das forças policiais espanholas, incluindo peritos em explosivos e outros da Polícia Científica, e foi criado um perímetro de segurança em redor do edifício.

O Ministério da Administração Interna de Espanha afirmou entretanto que será reforçada a segurança na embaixada da Ucrânia em Madrid, sem dar mais detalhes.

Após a explosão, o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia pediu às autoridades espanholas para investigarem o caso.

Numa publicação nas redes sociais citada pelas agências internacionais, um porta-voz da diplomacia ucraniana revelou que o ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, "fez um apelo ao seu homólogo espanhol para que sejam adotadas medidas urgentes para investigar o ataque à missão diplomática ucraniana" em Madrid.

A diplomacia de Kiev acrescentou que foram dadas instruções para ser reforçada com urgência a segurança em todas as embaixadas ucranianas no estrangeiro.

A Ucrânia foi atacada militarmente pela Rússia em 24 de fevereiro deste ano, uma ofensiva que ainda prossegue e que foi condenada pela generalidade da comunidade internacional.

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Espanha, José Manuel Albares, revelou que falou com o homólogo ucraniano, a quem transmitiu solidariedade e apoio.

A delegação do Governo espanhol na comunidade de Madrid pediu tranquilidade e calma em relação a este caso, assim como tempo para as autoridades investigarem o ocorrido.

Leia Também: Carta-bomba explode em embaixada ucraniana em Madrid

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório