Meteorologia

  • 31 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 14º

Sudão. Líder militar congela trabalho de sindicatos e federações estatais

O líder militar do Sudão e presidente do Conselho Soberano, Abdel Fattah al-Burhan, emitiu hoje um decreto para congelar as atividades de todos os sindicatos e federações profissionais estatais, para tentar controlar essas associações, compostas principalmente por islâmicos.

Sudão. Líder militar congela trabalho de sindicatos e federações estatais
Notícias ao Minuto

19:59 - 28/11/22 por Lusa

Mundo Sudão

Em comunicado, o Conselho Soberano anunciou que a medida contempla ainda a constituição de "comissões temporárias de gestão dos trabalhos" dessas organizações, que integrarão responsáveis do Ministério da Justiça, da Procuradoria-Geral da República e do Tribunal de Contas da República até à realização de assembleias-gerais nos sindicatos.

O trabalho das comissões concentrar-se-á em "auditar o dinheiro nas contas dos sindicatos que operam dentro e fora do Sudão", além de colocar todos os recursos "sob o controlo" dessas comissões.

A medida afetará todos os sindicatos, que a partir de agora devem interromper as suas atividades.

Al-Burhan já havia tomado a mesma decisão em 2019, após o derrube do ex-presidente Omar al-Bashir na chamada revolução sudanesa, alegando que os sindicatos eram controlados por integrantes do partido islâmico Congresso Nacional do antigo ditador.

No entanto, dois anos depois o Supremo Tribunal do Sudão anulou a decisão, medida criticada pelo coletivo de partidos da oposição Forças para a Liberdade e a Mudança, por considerar que os islâmicos e apoiantes de Al-Bashir teriam via livre para controlar as instituições.

A medida hoje anunciada foi também tomada numa altura em que os militares e os partidos da oposição negoceiam um acordo para pôr termo à crise política que o Sudão atravessa desde o golpe de estado perpetrado pelos militares, e liderado por Al-Burhan, em outubro de 2021.

Leia Também: Sudão enfrenta maior surto de dengue dos últimos dez anos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório