Meteorologia

  • 01 FEVEREIRO 2023
Tempo
12º
MIN 5º MÁX 14º

Presidente de Taiwan deixa liderança do partido após derrota eleitoral

A Presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, demitiu-se hoje do cargo de líder do Partido Progressista Democrático, no poder, na sequência das perdas nas eleições locais sofridas pelo seu partido.

Presidente de Taiwan deixa liderança do partido após derrota eleitoral

Tsai apresentou a sua demissão num curto discurso em que também agradeceu aos apoiantes, pouco depois de conhecidos os resultados eleitorais, dos quais, disse, assumirá a responsabilidade.

Os eleitores em Taiwan escolheram esmagadoramente o Partido Nacionalista, na oposição, em várias grandes cidades da ilha numa eleição, hoje, em que as preocupações persistentes sobre as ameaças de integração pela China deram lugar a questões mais locais.

Chiang Wan-an, candidato a presidente da câmara pelo Partido Nacionalista, conquistou o lugar na capital, Taipei.

"Vou deixar o mundo ver a grandeza de Taipei", disse no seu discurso de vitória.

Outros candidatos do Partido Nacionalista também ganharam em Taoyuan, Taichung e na cidade de New Taipei.

Os habitantes de Taiwan escolheram os seus autarcas e outros líderes locais em todos os 13 condados e em nove cidades. Houve também um referendo para baixar a idade de voto de 20 para 18 anos.

Embora observadores internacionais e o partido no poder tenham tentado ligar as eleições à sobrevivência de Taiwan, muitos especialistas locais não acham que a China tenha desempenhado um grande papel desta vez.

Durante a campanha, foram poucas as menções aos exercícios militares em larga escala que a China realizou em agosto em reação à visita da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos da América (EUA), Nancy Pelosi.

Em vez disso, a campanha focou questões locais como a poluição atmosférica, o tráfego e as estratégias de compra de vacinas da covid-19, que deixaram a ilha em escassez durante um surto no ano passado.

A derrota do Partido Progressista Democrático pode dever-se, em parte, à forma como lidou com a pandemia, consideram analistas.

Leia Também: China considera Taiwan "linha vermelha intransponível" na relação com EUA

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório