Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 11º

Padre apanhado em 'ménage à trois' em altar de Igreja foi condenado

O antigo sacerdote contratou duas prostitutas para participarem em atos sexuais na Igreja Católica de São Pedro e São Paulo, em Pearl River.

Padre apanhado em 'ménage à trois' em altar de Igreja foi condenado
Notícias ao Minuto

08:59 - 26/11/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Travis Clark

O agora ex-padre Travis Clark, que em 2020 foi detido depois de ser apanhado em cenas de sexo com duas mulheres, no altar da igreja onde exercia a sua profissão, em Pearl River, no Lousiana, Estados Unidos, foi considerado culpado por obscenidade.

Na última semana, a juíza Ellen Creel proferiu a sentença e condenou o ex-pároco da Igreja Católica a três anos de prisão, comutados para três anos de liberdade condicional supervisionada. Já as duas mulheres envolvidas no caso foram condenadas a dois anos de liberdade condicional.

Recorde-se que o padre foi apanhado, meio despido, na companhia de duas prostitutas, em atos de sadomasoquismo na Igreja Católica de São Pedro e São Paulo. As mulheres estavam vestidas de dominatrix, com corpetes e botas pretas de cabedal e no altar encontrava-se vários brinquedos sexuais. Uma cena que estava a ser filmada pelo próprio. 

O caso foi descoberto graças a uma pessoa que passou pelo local e achou estranho que as luzes da igreja estivessem ligadas a uma hora tão tardia. O transeunte decidiu, por isso, espreitar o que se passava no interior da igreja e alertou depois as autoridades, que detiveram o trio. 

Na altura, o arcebispo de Nova Orleães, Gregory Aymond, decidiu retirar o altar "profanado". 

Leia Também: Morreu o padre de Viseu gravemente ferido em incêndio

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório