Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 15º

Vice-presidente do Maláui detido por suspeita de corrupção

O vice-presidente do Maláui foi detido por acusações de corrupção em conexão com a investigação de um grande escândalo de suborno em contratos públicos envolvendo outros altos funcionários, revelou hoje o Departamento Anticorrupção (ACB, na sigla em inglês).

Vice-presidente do Maláui detido por suspeita de corrupção
Notícias ao Minuto

15:52 - 25/11/22 por Lusa

Mundo Malaui

Saulos Chilima recebeu "280 mil dólares (cerca de 270 mil euros) e outros bens de Zuneth Sattar" para favorecer o empresário com a dupla nacionalidade do Reino Unido e do Maláui na obtenção de contratos governamentais, segundo um comunicado assinado pelo porta-voz do ACB, Egrita Mdala.

Saulos Chilima deverá prestar declarações ainda hoje perante um juiz.

O Presidente do Maláui, Lazarus Chakwera, eleito com a promessa de combater a corrupção, destituiu o seu vice-presidente em junho.

Vários ministros e ex-ministros já foram detidos no âmbito do caso em que várias dezenas de pessoas são suspeitas de estarem envolvidas.

Entre 2017 e 2021, a polícia e o Exército terão assinado 16 contratos no valor de 150 milhões de dólares (cerca de 145 milhões de euros) com cinco empresas pertencentes a Sattar.

Em 2020, Saulos Chilima, candidato presidencial, aliou-se a Lazarus Chakwera para vencer a nova eleição organizada após fraude numa primeira votação em 2019.

Leia Também: Genro do ex-presidente preso por envolvimento em morte de 30 migrantes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório