Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 14º

Deputados na Serra Leoa ao soco em debate sobre sistema eleitoral

Num vídeo divulgado pela comunicação social, é possível ver um deputado a atirar um objeto simbólico do parlamento para o outro lado do hemiciclo.

Notícias ao Minuto

10:04 - 24/11/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Serra Leoa

Em alguns países do mundo, a violência dentro das paredes dos parlamentos continua a ser comum - nomeadamente em Taiwan que, apesar do grande desenvolvimento económico das últimas décadas, mantém as brigas parlamentares como uma forma de fazer política. Na quarta-feira, a violência voltou, desta feita, ao parlamento da pequena nação da Serra Leoa, um país que transitou recentemente para um regime democrático.

Segundo a BBC, a luta agressiva começou quando os deputados debatiam uma alteração ao sistema eleitoral, para o tornar mais representativo ao nível local e nacional. Isto depois de, no passado dia 16 de novembro, o país ter votado a favor de uma medida que duplicará o número de mulheres no parlamento.

Num vídeo publicado pelo jornalista serra-leonino Alhaji Musa Bah, no Twitter, é possível ver os parlamentares a trocar socos e pontapés. A certa altura, um deputado atira um grande objeto, que o jornalista descreve como um símbolo do parlamento, para o outro lado do hemiciclo.

Segundo a imprensa local, as autoridades entraram mesmo no hemiciclo e expulsaram alguns deputados, com um órgão a afirmar que houve mesmo deputados a serem detidos.

A briga foi entre o partido Partido Popular da Serra Leoa (SLPP), que está no governo, e o Congresso de Todo o Povo (APC), principal partido da oposição.

Nas redes sociais, os jornalistas salientaram que esta é a segunda vez que os polícias são forçados a intervir dentro do Parlamento, na recente história democrática da Serra Leoa.

Em 2018, o governo da Serra Leoa transitou de forma pacífica de presidente e governo, num momento que marcou uma viragem rumo a uma democracia consolidada e estável depois de longos anos de guerra civil. O território foi encontrado pelos navegadores portugueses no século XV, que lhe atribuíram o nome de Serra Leoa devido aos terrenos montanhosos, antes de começarem a explorar a região. O território passaria pelas mãos de muitas potências europeias e foi ultimamente marcado e manchado pelo esclavagismo brutal dos britânicos.

Leia Também: Protestos antigovernamentais são "expressão máxima de terrorismo"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório