Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 15º

Presidente da Moldova culpa Rússia pela falta de eletricidade

Novos ataques com mísseis russos na Ucrânia hoje originaram pela segunda vez um apagão na Moldova e a presidente Moldova afirma que a culpa é da Rússia.

Presidente da Moldova culpa Rússia pela falta de eletricidade

"A Rússia deixou a Moldova no escuro. A guerra da Rússia na Ucrânia está a matar pessoas, destruindo blocos de habitação e infraestruturas energéticas com mísseis. A vida das pessoas não pode ser devolvida, mas o fornecimento de eletricidade pode ser restaurado", disse a presidente Maia Sandu nas redes sociais.

O apagão, que ocorreu às 14h23 horas locais (12h23 em Lisboa) afetou todas as regiões do país, incluindo a capital Chisinau, deixou edifícios sem água e gás e provocou a paragem do trânsito nas ruas.

O diretor da companhia energética Moldoelectrica, Sérgio Aparatu, afirmou que tal como no passado dia 15 de novembro, o sistema automático foi abaixo, contudo conseguiram restabelecer a energia a partir das fontes até aos consumidores, de acordo com a Moldpres.

"Não podemos confiar num regime que nos deixa no escuro e no frio, que mata deliberadamente pessoas simplesmente para manter outros povos na pobreza", acrescentou Sandu.

Leia Também: Ataque russo a infraestrutura ucraniana provoca apagão na Moldova

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório