Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 15º

"Covid-19 ainda não acabou". EMA alerta para "nova vaga" na Europa

A Agência Europeia do Medicamento advertiu ainda que a mutação do vírus está a ser mais rápida do que a atualização necessária das vacinas.

"Covid-19 ainda não acabou". EMA alerta para "nova vaga" na Europa
Notícias ao Minuto

09:54 - 27/10/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

A Europa pode estar prestes a viver uma "nova vaga" da pandemia da Covid-19. O alerta partiu, esta quarta-feira, da Agência Europeia do Medicamento (EMA), que advertiu que a mutação do vírus está a ser mais rápida do que a atualização necessária das vacinas

Em conferência de imprensa, Marco Cavaleri, diretor de estratégias para as vacinas da entidade, asseverou que os dados recolhidos permitem concluir que a Europa será atingida por uma "nova vaga" da doença.

E a nova subvariante - da Ómicron - em causa é denominada BQ.1.1 e será "a linhagem dominante em meados de novembro". "De acordo com o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças a BQ.1 e cada subvariante, que se chama BQ.1.1, tornar-se-á a linhagem dominante em meados de novembro, até ao início de dezembro", explicou ainda Cavaleri em conferência de imprensa. 

O responsável acrescentou também que a BQ.1, "foi identificada em pelo menos cinco países da União Europeia e do Espaço Económico Europeu" na semana passada.

De recordar que Portugal contabilizou, na última semana, mais 7.340 casos e 46 mortes pela Covid-19, segundo os números revelados na passada sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de contágios representou um aumento de 761 infetados e, na mesma linha, registam-se mais oito mortos do que na anterior semana.

Também os internamentos aumentaram, somando 465 (mais 45), dos quais 32 dizem respeito a hospitalizações em Unidades de Cuidados Intensivos

Já o índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-CoV-2 subiu para os 0,88 em Portugal, com uma média de 972 novos casos por dia, segundo estimativas do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA).

[Notícia atualizada às 10h04]

Leia Também: Covid-19: Fim da política 'zero casos' na China "uma questão de tempo"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório