Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Itália. Liga quer ministério para a família e natalidade

O partido italiano Liga pediu que o novo governo, que sairá da coligação que integrou nas eleições de setembro, tenha um ministério para a família e a natalidade, revelou o seu líder, Matteo Salvini, num encontro com militantes esta quinta-feira.

Itália. Liga quer ministério para a família e natalidade
Notícias ao Minuto

15:40 - 07/10/22 por Lusa

Mundo Itália

Georgia Meloni, líder do partido de extrema direita Irmãos de Itália (FdI) que foi o mais votado e encabeçou a coligação, comprometeu-se a aumentar a taxa de natalidade da Itália, uma das mais baixas do mundo, com 1,2 crianças por mulher.

Segundo Salvini, que falava num encontro com militantes na quinta-feira, a Liga espera basear-se em propostas que apresentou em anteriores mandatos parlamentares e seguir o exemplo das políticas pró-família da região com a maior taxa de natalidade, o Alto Adige.

A crise demográfica italiana é muitas vezes culpada pela falta de segurança no emprego e por cuidados infantis a preços acessíveis. As pensões consomem a maior parte das despesas com o bem-estar da Itália e a maioria dos novos postos de trabalho são em contratos temporários que não oferecem estabilidade financeira.

A população do país está a envelhecer.

O partido de extrema-direita de Giorgia Meloni venceu as eleições com 26 por cento dos votos, e a coligação que lidera obteve uma maioria clara no parlamento, segundo resultados finais.

A Liga, de Matteo Salvini, conseguiu 8,8% dos votos (contra 13% em 2018), e a Força Itália, do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, 8,1% (14% em 2018), de acordo com os números do Ministério do Interior.

Leia Também: Juros da dívida de Portugal sobem a dois, cinco e 10 anos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório