Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 8º MÁX 17º

Ruanda. Testemunha acusa Kabuga de papel fundamental no genocídio

O alegado financiador do genocídio no Ruanda em 1994 Félicien Kabuga deveria, enquanto presidente de uma estação de rádio, ter interrompido o apelo aí transmitido ao assassínio dos tutsis, disse, esta quarta-feira, uma testemunha no tribunal da ONU.

Ruanda. Testemunha acusa Kabuga de papel fundamental no genocídio
Notícias ao Minuto

20:10 - 05/10/22 por Lusa

Mundo Ruanda

Félicien Kabuga, de 87 anos, outrora um dos empresários mais ricos do Ruanda, está a ser julgado por utilizar a riqueza e redes para financiar o genocídio.

O massacre de motivações étnicas fez mais de 800.000 mortos, segundo as Nações Unidas, principalmente entre a minoria tutsi.

"Quando está no comando de uma instituição e os membros dessa instituição cometem erros, o líder é o primeiro responsável", disse uma testemunha, sem querer revelar a identidade.

Apesar das advertências do Ministério de Informação ruandês, "o RTLM não corrigiu nada, mas redobrou os seus esforços para espalhar a sua propaganda divisionista", referiu a testemunha que, à época, trabalhava no Ministério.

"A propaganda de ódio e divisão continuou a tal ponto que membros da população tutsi foram mortos em todo o país", acrescentou.

A acusação sustenta que Kabuga desempenhou um papel fundamental no genocídio, incluindo através do fornecimento de armas brancas e enquanto dirigente da Rádio Télévision Libre des Mille Collines (RTLM), que emitiu os apelos ao assassínio dos tutsis.

Félicien Kabuga, de 87 anos, participou esta quarta-feira na audiência de julgamento por videoconferência a partir do centro de detenção das Nações Unidas, em Haia (Países Baixos).

Preso em 2020 perto de Paris (França), após 25 anos foragido, Kabuga está acusado de genocídio, incitação direta e pública ao genocídio e crimes contra a humanidade, incluindo perseguição e extermínio.

Leia Também: Blinken avisa Coreia do Norte que lançamento de mísseis isola mais o país

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório