Meteorologia

  • 05 FEVEREIRO 2023
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 18º

Grupo russo Wagner apoia líder do último golpe de Estado no Burkina Faso

O empresário próximo do Kremlin e fundador do grupo paramilitar Wagner, Evguéni Prigojine, manifestou publicamente o seu apoio ao capitão Ibrahim Traoré, o novo homem forte de Burkina Faso, após um segundo golpe de Estado em oito meses no país.

Grupo russo Wagner apoia líder do último golpe de Estado no Burkina Faso

"Saúdo e apoio o capitão Ibrahim Traoré", disse Prigojine, numa publicação na página da sua empresa, Concord.

Ibrahim Traoré e os seus homens "fizeram o que era necessário e fizeram-no apenas para o bem do seu povo", sublinhou.

"Por isso felicito e saúdo calorosamente o capitão Ibrahim Traoré, um filho verdadeiramente corajoso (...) da sua pátria", acrescentou Prigojine.

No final de setembro, Yevgeni Prigojine admitiu ter fundado o grupo paramilitar Wagner em 2014, presente em muitos conflitos no mundo, descrevendo-o como um "pilar" da defesa dos interesses russos.

Wagner, cuja presença foi documentada por oito anos na Ucrânia, Síria, Líbia, República Centro-Africana ou mesmo Mali, é conhecido como o exército sombra de Vladimir Putin, promovendo os interesses russos em fornecer combatentes, mas também instrutores e conselheiros militares.

O Kremlin sempre negou ter ligações com grupos paramilitares.

Leia Também: Empresário próximo de Putin admite ter fundado grupo paramilitar Wagner

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório