Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 17º

Homens que fogem da Rússia "provavelmente excedem" força invasora

Entre os principais homens a fugir estão "os mais ricos e bem educados", refere o Ministério da Defesa do Reino Unido.

Homens que fogem da Rússia "provavelmente excedem" força invasora

O Ministério da Defesa do Reino Unido informou, esta quinta-feira, no seu relatório diário, que o número de pessoas que deixaram a Rússia desde que o presidente Putin anunciou a "mobilização parcial" provavelmente excede o número total tropas usadas na invasão da Ucrânia até agora.

De acordo com a tutela britânica, "nos sete dias desde que o presidente Putin anunciou a 'mobilização parcial', houve um êxodo considerável de russos que procuram evitar a convocação". Assim sendo, "embora os números exatos não sejam claros, provavelmente excede o tamanho da força total de invasão que a Rússia colocou em campo desde fevereiro de 2022".

Entre os principais homens a fugir estão "os mais ricos e bem educados", sublinham, apontando que o "impacto económico doméstico da redução da disponibilidade de mão de obra e a aceleração da 'fuga de cérebros' provavelmente vai tornar-se cada vez mais significativo".

Recorde-se que, desde que foi feito o anúncio da mobilização, têm sido observadas enormes filas nas passagens de fronteira de países como Geórgia e Finlândia. Entretanto, Moscovo terá montado escritórios de recrutamento nas fronteiras para interceptar os seus compatriotas.

Leia Também: Afeganistão e Rússia estabelecem acordo sobre energia e cereais

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório