Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2022
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 15º

Covid-19. Canadá vai terminar com todas as restrições para turistas

A elevada taxa de vacinação permitirá que o país deixe de obrigar turistas a testarem-se ou a apresentar certificado de vacinação.

Covid-19. Canadá vai terminar com todas as restrições para turistas
Notícias ao Minuto

15:55 - 26/09/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

A partir do dia 1 de outubro, o Canadá dá mais um passo rumo à total normalidade pré-pandemia, com o governo a anunciar, esta segunda-feira, o fim das restrições a turistas que tentem entrar no país.

Perante a elevada taxa de vacinação contra a Covid-19, com mais de 83% da população vacinada com mais do que uma dose, o governo canadiano vai deixar de obrigar turistas e pessoas que passem nas suas fronteiras a apresentar testes negativos ou certificados de vacinação.

Graças a todos os canadianos que arregaçaram as mangas para serem vacinados, chegamos a um ponto onde podemos levantar de forma segura as medidas sanitárias na fronteira", disse o ministro da Saúde, Jean-Yves Duclos, numa publicação no Twitter.

Segundo os dados da agência Reuters, mais de 90% dos canadianos tem pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19 e, no início de setembro, as autoridades de saúde do país autorizaram a inoculação com a vacina ambivalente da Moderna (a primeira adaptada especificamente para a variante Ómicron) para todos os adultos.

No entanto, citado pela Reuters, Duclos avisou que o país está preparado para impor novamente medidas, se considerar necessário perante um hipotético crescimento da pandemia.

"Obviamente que esperamos não reintroduzir algumas destas medidas mas, se precisarmos de proteger a segurança dos canadianos, teremos de o fazer", disse, numa conferência de imprensa em Ottawa, a capital do país.

Um comunicado do governo revelou ainda que o uso de máscaras em aviões e comboios dentro do país deixará também de ser obrigatório.

A pandemia da Covid-19 resultou em mais de 6,5 milhões de mortes e mais de 611 milhões de casos em todo o mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Apesar da maioria dos países terem levantado medidas que limitam a atividade económica e social como forma de prevenção contra a pandemia, a OMS registou mais de 454 mil novos casos nas últimas 24 horas, e tem alertado para a possibilidade da taxa de incidência voltar a subir durante o inverno.

Leia Também: ONU pede aos países mais ambição para acabar com pandemia este ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório