Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Moldova pondera retirar a cidadania a quem combate pela Rússia na Ucrânia

Esta nova medida acontece depois de a Rússia decretar uma "mobilização parcial", na semana passada.

Moldova pondera retirar a cidadania a quem combate pela Rússia na Ucrânia
Notícias ao Minuto

11:43 - 26/09/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Ucrânia/Rússia

O governo da Moldova (Moldávia) está a ponderar retirar a cidadania a quem ingressar na guerra na Ucrânia do lado da Rússia, segundo a presidente Maia Sandu.

De acordo com a responsável, citada pela agência Reuters, esta nova medida acontece depois da Rússia decretar uma "mobilização parcial", na semana passada, e se constatar que existem 200 mil pessoas com dupla cidadania que vivem na região separatista da Moldova, a Trandniestria.

Sandu sublinhou, esta segunda-feira, que existe o risco de algumas dessas pessoas serem convocadas pela Rússia para lutar e por esse motivo, "para evitar que isso aconteça, estamos a analisar a possibilidade de aplicar o processo de revogação da cidadania moldava para pessoas (com passaporte russo) que lutam ao lado do agressor".

"Também estamos a analisar a possibilidade punir mais ainda os cidadãos moldavos (sem passaporte russo)... que estão nas fileiras das forças armadas do agressor", acrescentou.

Recorde-se que a Rússia tem tropas de paz estacionadas na Transnístria desde o início dos anos 90, quando um conflito armado viu separatistas pró-russos tomarem a maior parte da região sob controlo moldavo.

Leia Também: Empresário próximo de Putin admite ter fundado grupo paramilitar Wagner

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório