Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2022
Tempo
18º
MIN 8º MÁX 19º

Coligação de centro-direita prepara-se para controlar o Senado italiano

A coligação de centro-direita prepara-se para controlar o Senado italiano, após as eleições gerais de hoje, assegurando entre 111 a 131 lugares na Câmara Alta, de acordo com uma sondagem do Consorzio Opinio Italia para a televisão Rai.

Coligação de centro-direita prepara-se para controlar o Senado italiano

Roma, 25 set 2022 (Lusa) - A coligação de centro-direita prepara-se para controlar o Senado italiano, após as eleições gerais de hoje, assegurando entre 111 a 131 lugares na Câmara Alta, de acordo com uma sondagem do Consorzio Opinio Italia para a televisão Rai.

O centro-esquerda deverá ter entre 33 e 53 senadores, o Movimento 5 Estrelas (M5S) 14 a 34 e o terceiro polo centrista de Azione-Italia Viva quatro a 12 lugares, de acordo com a sondagem à boca das urnas, citada pela ANSA.

A sondagem à boca das urnas do Consorzio Opinio Italia coloca o partido Irmãos de Itália (extrema-direita) com 24,6%, o Partido Democrático (centro-esquerda) com 19,4% e o M5S em 16,5%.

Já a projeção do instituto de sondagens SWG para a televisão La7, citada pela agência de notícias italiana - ANSA, indica que o centro-direita deverá conseguir 43,3% dos votos para o Senado.

A sondagem coloca o centro-esquerda com 25,4%, o Movimento 5 Estrelas (M5S) com 17% e o terceiro pólo centrista com 7,9%.

Segundo esta projeção, Giorgia Meloni e o seu partido, Irmãos de Itália, lideram a corrida eleitoral, com 26% dos votos.

Mais de 50 milhões de italianos foram hoje chamados a votar nestas eleições legislativas.

Leia Também: Eleições em Itália. Meloni votou pouco antes do fecho das urnas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório