Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 9º MÁX 17º

Monkeypox. Após críticas, especialista chinês reformula conselhos

Especialista criticado após declarações sobre estrangeiros. "Precisamos de mostrar os nossos passaportes antes de contactar com pessoas?", indagou um utilizador nas redes sociais.

Monkeypox. Após críticas, especialista chinês reformula conselhos
Notícias ao Minuto

11:21 - 20/09/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Monkeypox

O chefe do Centro para a Prevenção e o Controlo de Doenças da China deu um 'passo atrás' nos conselhos partilhados para evitar o contágio pelo vírus Monkeypox, depois de o país ter registado, na sexta-feira, a primeira infeção.

Num post partilhado na Weibo - rede social chinesa semelhante ao Twitter - Wu Zunyou deixava cinco sugestões. "Não ter contacto pele a pele com estrangeiros" era a primeira recomendação.

De acordo com a imprensa internacional, a publicação das sugestões foi eliminada da Weibo, tendo esta terça-feira sido 'substituída' por novas sugestões, nas quais o responsável clarificava que nem todos os estrangeiros - nomeadamente, aqueles que se encontravam no país há mais de 21 dias, tempo necessário para que sintomas ocorram - iam propagar o vírus e contaminar os residentes.

O responsável foi bastante criticado nas redes sociais, com utilizadores a apontarem que este "não fazia nada importante pelas pessoas" e que gerava "uma preocupação desnecessária".

Outros utilizadores, preferiram criticar com recurso à ironia. "Precisamos de mostrar os nosso passaportes antes de contactar com pessoas?", lia-se nas redes socias.

Leia Também: Monkeypox. ONG pedem uso preventivo da vacina nas pessoas de maior risco

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório