Meteorologia

  • 09 FEVEREIRO 2023
Tempo
15º
MIN 8º MÁX 17º

Egito. Jovem de 19 anos morta por recusar proposta de casamento

O motivo do crime prende-se com a rejeição de uma proposta de casamento por parte da jovem e da sua família, devido à "má conduta" e "uso de drogas" do agressor.

Egito. Jovem de 19 anos morta por recusar proposta de casamento
Notícias ao Minuto

20:20 - 04/09/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Egipto

Uma jovem de 19 anos foi morta com vários tiros nas costas após recusar uma proposta de casamento. O caso ocorreu na noite de sábado em Touj, na região de Menufiya, no norte do Egito.

Segundo a agência de notícias espanhola Efe, que cita uma fonte da polícia de Menufiya, a jovem Amani Abdelkarim al-Jazar, estudante universitária de Educação Física, foi morta por Ahmed Fathi Amir, de 29 anos. 

O motivo do crime prende-se com a rejeição de uma proposta de casamento por parte da jovem e da sua família, devido à “má conduta” e “uso de drogas” do agressor. De acordo com testemunhas, Fathi Amir alvejou al-Jazar com vários tiros nas costas em frente à casa da família e depois fugiu do local.

O caso surge cerca de dois meses após a morte de Nayera Ashraf, uma jovem de 21 anos que foi esfaqueada até à morte na Universidade de Mansura por um colega com quem recusara casar-se. 

Em 2021, foram registados 813 casos de agressões contra mulheres no Egipto, incluindo 296 homicídios, segundo dados do Observatório Egípcio para os Crimes de Violência contra as Mulheres. 

Leia Também: Deflagrou novo incêndio numa igreja copta no Egito

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório