Meteorologia

  • 01 OUTUBRO 2022
Tempo
25º
MIN 12º MÁX 27º

Polícia da Nicarágua assalta sede episcopal e detém bispo

A polícia nicaraguense forçou hoje a entrada no Palácio Episcopal da Diocese de Matagalpa, no norte da Nicarágua, e deteve o bispo Rolando Álvarez e sete dos seus colaboradores, que ali se encontravam escondidos desde 04 de agosto.

Polícia da Nicarágua assalta sede episcopal e detém bispo

"Urgente! A Polícia Nacional acabou de entrar na Curia Episcopal da nossa Diocese de Matagalpa", escreveu aquela sede eclesiástica nas suas redes sociais.

Rolando Álvarez, de 55 anos, bispo da Diocese de Matagalpa e administrador apostólico da Diocese de Estelí, é acusado pela polícia nicaraguense de tentar "organizar grupos violentos", alegadamente "com o propósito de desestabilizar o Estado da Nicarágua e atacar as autoridades constitucionais", embora esta não tenha, até agora, apresentado provas.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, mostrou-se hoje "muito preocupado" com a repressão exercida pelo Governo nicaraguense sobre organizações e figuras da sociedade civil, várias delas ligadas à Igreja Católica.

Nas últimas semanas, a polícia do país tem levado a cabo operações contra líderes religiosos, a última das quais se traduziu hoje na detenção do bispo Rolando Álvarez.

Para Guterres, citado em conferência de imprensa por um dos seus porta-vozes, as informações procedentes de Matagalpa nas últimas horas mais não fazem que "sublinhar" as "preocupações" que a ONU já tem sobre o agravamento da situação dos direitos humanos no país centro-americano.

Por este motivo, o responsável máximo das Nações Unidas apelou ao respeito dos direitos de "todos os cidadãos", com especial atenção ao de reunião, e das liberdades de associação e religião, entre outras, segundo o porta-voz Farhan Haq.

A ONU também exortou à libertação de todas as pessoas detidas "arbitrariamente" nos últimos meses na Nicarágua, fruto, em grande medida, de uma onda repressiva que começou após os protestos de 2018 e que se agudizou nas semanas que antecederam as eleições presidenciais de 2021.

Destas eleições saiu pela quarta vez consecutiva vitorioso Daniel Ortega, depois de mandar prender vários pré-candidatos da oposição à corrida presidencial.

[Notícia atualizada às 20h12]

Leia Também: Governo da Nicarágua acusado de querer acabar com a imprensa independente

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório