Meteorologia

  • 29 SETEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 21º

"Tchutchuca do Centrão". Bolsonaro envolve-se em confusão com youtuber

O presidente brasileiro agarrou o produtor de conteúdos Wilker Leão pela camisa e tentou tirar-lhe o telemóvel, depois de este lhe chamar "vagabundo", "cobarde" e "tchutchuca do Centrão".

"Tchutchuca do Centrão". Bolsonaro envolve-se em confusão com youtuber
Notícias ao Minuto

22:57 - 18/08/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Brasil

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, envolveu-se numa confusão, esta quinta-feira, com o youtuber Wilker Leão, à saída da residência oficial, o Palácio da Alvorada, em Brasília.

Em imagens captadas pela TV Globo é possível ver o produtor de conteúdos a gravar com o telemóvel no meio dos apoiantes do chefe de Estado e depois de o questionar e ficar sem resposta, começar a chamar-lhe "vagabundo", "cobarde", "safado" e "tchutchuca do Centrão". 

Foi nesse momento que o presidente brasileiro saiu do carro e agarrou Wilker Leão pela camisa e tentou tirar-lhe o telemóvel. A sua equipa de segurança entrou em ação, empurrando e afastando o jovem do grupo e ouve-se Bolsonaro a pedir ao repórter de imagem que registava o momento para não filmar.

"É o direito dele, mas está a ser mal-educado", afirmou o chefe de Estado para os apoiantes. Segundo o Folha de S. Paulo, Wilker terá depois regressado e conversado com Bolsonaro, ambos mais tranquilos, com o presidente a consentir a filmagem.

O termo "tchutchuca" vem de uma canção do 'Bonde do Tigrão', grupo de funk carioca dos anos 2000 e refere-se a uma 'mulher submissa', já o Centrão é um conjunto de parlamentares de diferentes partidos que se unem por influência e defendem os seus interesses em conjunto “independentemente” da ideologia ou de que partido está no governo - e a quem Bolsonaro terá recorrido para se precaver de um eventual impeachment.

O youtuber disse mais tarde ao Estadão que chamou "tchutchuca do Centrão" ao presidente porque este "só sabe conversar assim" e essa foi a única forma de debater as contradições do governo federal.

Pouco depois do incidente com Bolsonaro, Wilker Leão tinha cerca de 13 mil seguidores no seu canal - neste momento já ronda os 26,2 mil.

Leia Também: Bolsonaro afirma que o poder só emana do povo se ele escolher bem

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório