Meteorologia

  • 29 SETEMBRO 2022
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 22º

AO MINUTO: Russos avançam no leste; Ucrânia atinge ponte em Kherson

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

AO MINUTO: Russos avançam no leste; Ucrânia atinge ponte em Kherson
Notícias ao Minuto

08:02 - 13/08/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Guerra na Ucrânia

No 171.º dia de guerra na Ucrânia, cumprido este sábado, 13 de agosto, vale recordar que cerca de 27% do território da Ucrânia terá de ser limpo com vista à eliminação das minas e explosivos que se encontram espalhados no terreno, reporta a Reuters, que cita as mais recentes estimativas do Ministério da Ecologia e Recursos Naturais do país.

Numa altura em que as tropas russas controlam a central nuclear de Zaporíjia (Zaporizhzhia) e, na sequência de vários ataques, começam a levantar-se questões de segurança. "As instalações de Zaporíjia não devem ser usadas como parte de nenhuma operação militar", salientou Josep Borrell, chefe da diplomacia da União Europeia.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, voltou a defender a proibição global de vistos para cidadãos russos, alegando ser uma medida "justa" e pedindo aos aliados europeus para que a executem.
  

Fim de cobertura

Tomásia Sousa | há 1 mês

Boa noite! Terminamos aqui este registo AO MINUTO às notícias relacionadas com a Guerra na Ucrânia. O acompanhamento será retomado na manhã de domingo.

Amnistia vai analisar procedimentos no relatório controverso

Tomásia Sousa | há 1 mês

A Amnistia Internacional vai analisar os procedimentos na realização de um relatório controverso em que acusou os militares ucranianos de pôr em perigo civis com as suas táticas militares, que desencadeou violentas criticas de Kyiv.

Ucrânia. Amnistia vai analisar procedimentos no relatório controverso

A Amnistia Internacional vai analisar os procedimentos na realização de um relatório controverso em que acusou os militares ucranianos de pôr em perigo civis com as suas táticas militares, que desencadeou violentas criticas de Kiev.

Lusa | 23:44 - 13/08/2022

Macron assina ratificação da adesão à NATO da Finlândia e Suécia

Tomásia Sousa | há 1 mês

O Presidente de França, Emmanuel Macron, assinou hoje o protocolo de ratificação da adesão da Finlândia e da Suécia à NATO, aprovado no parlamento francês no dia 2 de agosto.

Esta escolha soberana da Finlândia e da Suécia, dois parceiros europeus, vai permitir reforçar a sua segurança face à ameaça atual na vizinhança imediata e vai dar uma contribuição significativa, tendo em vista as suas capacidades, para a posição coletiva e para a nossa segurança europeia", indicou o palácio do Eliseu.

Russos avançam no leste e ucranianos tentam travar destruindo uma ponte

Tomásia Sousa | há 1 mês

Militares russos atacaram na última noite áreas residenciais em toda a Ucrânia, enquanto as forças ucranianas lançaram uma contraofensiva atingindo a última ponte operacional sobre um rio na região de Kherson ocupada pela Rússia, disseram autoridades ucranianas.

Russos avançam no leste e ucranianos tentam travar destruindo uma ponte

Militares russos atacaram na última noite áreas residenciais em toda a Ucrânia, enquanto as forças ucranianas lançaram uma contraofensiva atingindo a última ponte operacional sobre um rio na região de Kherson ocupada pela Rússia, disseram autoridades ucranianas.

Lusa | 19:17 - 13/08/2022

Kyiv e Moscovo voltam a trocar acusações sobre Zaporijia

Tomásia Sousa | há 1 mês

Kyiv e Moscovo voltaram hoje a trocar acusações sobre a central nuclear de Zaporijia, a maior da Europa, ocupada pela Rússia e alvo de vários ataques na última semana.

"Limitai a vossa presença nas ruas de Energodar! Recebemos informações sobre novas provocações da parte dos ocupantes" russos, escreve a agência nuclear ucraniana Energoatom na rede social Telegram, ao republicar uma mensagem de um dirigente local da cidade, onde se situa a central nuclear, que se manteve fiel a Kyiv.

As autoridades russas instaladas nas zonas ocupadas da região de Zaporijia acusaram por seu lado as forças ucranianas de estarem na origem dos disparos.

Ucranianos recebidos por russos. Processo foi arquivado, confirma autarca

Sara Gouveia | há 1 mês

O presidente da câmara de Setúbal, André Martins, confirmou, este sábado, o arquivamento do inquérito da Inspeção-Geral das Finanças, a quem competem os inquéritos e sindicâncias, sobre o caso da receção de refugiados ucranianos em Setúbal.

"Estamos de consciência tranquila quanto a tudo aquilo que fizemos, fizemo-lo para servir as pessoas, com os meios que tínhamos, para nós é uma situação normal o arquivamento", disse em declarações à Agência Lusa, André Martins.

Ucranianos recebidos por russos. Processo foi arquivado, confirma autarca

O presidente da câmara de Setúbal, André Martins, confirmou, este sábado, o arquivamento do inquérito da Inspeção-Geral das Finanças, a quem competem os inquéritos e sindicâncias, sobre o caso da receção de refugiados ucranianos em Setúbal.

Lusa | 13:48 - 13/08/2022

Rússia afirma ter assumido o controlo da localidade ucraniana de Pisky

Sara Gouveia | há 1 mês

O exército russo tomou o controlo da vila ucraniana de Pisky, na região oriental de Donetsk, indicou hoje o Ministério da Defesa russo.

"Como resultado de ações ofensivas das tropas aliadas, a cidade de Pisky na República Popular de Donetsk foi completamente libertada", disse o porta-voz militar Igor Konashenkov.

Na mesma região também foi destruído um lançador de mísseis Himars, fabricado nos Estados Unidos, disse a mesma fonte.

Rússia afirma ter assumido o controlo da localidade ucraniana de Pisky

O exército russo tomou o controlo da vila ucraniana de Pisky, na região oriental de Donetsk, indicou hoje o Ministério da Defesa russo.

Lusa | 12:25 - 13/08/2022

Proibição global de vistos para russos? Medida será "justa", diz Zelensky

Sara Gouveia | há 1 mês

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, voltou a defender a proibição global de vistos para cidadãos russos, alegando ser uma medida "justa" e pedindo aos aliados europeus para que a executem. "Deve haver uma garantia de que os assassinos e facilitadores russos do terrorismo de Estado não usarão Schengen. (...) Não se pode destruir a própria ideia de Europa, os nossos valores europeus comuns (...)", disse o chefe de Estado ucraniano.

Zelensky voltou a defender a sua proposta de proibição de vistos para cidadãos russos que viajam para a Europa em turismo, entretenimento ou negócios, depois de vários membros da União Europeia (UE) terem aberto o debate sobre o tema.

Para o presidente ucraniano, apenas deveriam ser ajudados os refugiados ou aqueles que pedem asilo.

Para recordar

Sara Gouveia | há 1 mês
  • Kyiv aponta que diálogo com Moscovo está limitado a questões humanitárias. Os contactos entre Kyiv e Moscovo estão atualmente limitados ao aspeto humanitário, em especial sobre a libertação e troca de prisioneiros, referiu esta sexta-feira o conselheiro presidencial ucraniano, Mykhailo Podoliak. "Temos alguns diálogos sobre a libertação de presos, a troca de corpos. Ou seja, há diálogos sobre essa componente humanitária", explicou o conselheiro do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, segundo a agência de notícias ucraniana Ukrinform.
  • Montenegro ordena expulsão de diplomata russo. Moscovo promete retaliar. A ex-República Jugoslava do Montenegro ordenou, esta sexta-feira, a um diplomata russo que abandonasse o território do país na sequência daquilo que considerou ser uma violação das normas diplomáticas. Em causa está uma decisão que levou Moscovo a prometer uma resposta em conformidade.
  • Quase um terço da Ucrânia terá de ser desminado, diz Ministério. Cerca de 27% do território da Ucrânia terá de ser limpo com vista à eliminação das minas e explosivos que se encontram espalhados no terreno, reporta a Reuters, que cita as mais recentes estimativas do Ministério da Ecologia e Recursos Naturais do país.
  • Borrell apoia desmilitarização em torno da central de Zaporíjia. O alto representante da União Europeia para as Relações Externas, Josep Borrell, recorreu, esta sexta-feira, ao Twitter para expressar o seu apoio à proposta de desmilitarização em torno da central nuclear de Zaporíjia (Zaporizhzhia), avançada pela ONU (Organização das Nações Unidas). "As instalações de Zaporizhzhia não devem ser utilizadas como parte de qualquer operação militar", começou por escrever o diplomata, que disse ainda apoiar "o apelo à desmilitarização da área, começando com a retirada total das forças russas".

Bom dia!

Sara Gouveia | há 1 mês

Bom dia! Damos início a mais um acompanhamento AO MINUTO de todos os acontecimentos relacionados com a guerra na Ucrânia. Para recordar o que de mais importante se passou na sexta-feira clique abaixo:

AO MINUTO: Borrell pede desmilitarização em Zaporíjia; Falsos referendos?

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 07:53 - 12/08/2022

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório