Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Salman Rushdie operado após ser atacado durante palestra em Nova Iorque

Identidade do agressor já é conhecida.

Salman Rushdie operado após ser atacado durante palestra em Nova Iorque

O escritor Salman Rushdie, que durante anos foi alvo de ameaças de morte por ter escrito o polémico livro 'Os Versículos Satânicos', foi atacado em palco, esta sexta-feira, em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América.

O momento foi testemunhado por um repórter da Associated Press que estava presente, que dá conta de que o autor estava prestes a dar uma palestra quando um homem invadiu o palco do Instituto Chautauqua e atacou Rushdie no momento inicial do evento, bem como o apresentador.

Segundo a Polícia de Nova Iorque, o escritor foi esfaqueado pelo menos uma vez no pescoço e outra no abdómen e acabaria por cair ao chão na sequência do incidente. O agressor foi, entretanto, detido e encontra-se agora sob custódia policial.

Segundo a Associated Press, Salman Rushdie foi levado para o hospital por via de um helicóptero. Foi imediatamente, segundo a informação avançada pelo agente do escritor, Andrew Wylie, ao The New York Times, encaminhado para o bloco operatório. A mesma fonte não revelou, no entanto, mais detalhes sobre o seu estado de saúde.

Segundo a atualização feita, já esta noite, pela polícia de Nova Iorque, o autor continua ainda a ser submetido a cirurgia. A autoridade viria ainda a revelar, nesse momento, a identidade do agressor: Hadi Matar, de 24 anos, e residente em Fairview, New Jersey. Neste momento, a polícia está a trabalhar na obtenção de mandados de busca, noticia o The New York Times.

O momento do ataque, que decorreu pelas 11 horas locais (16 horas em Portugal Continental), encontra-se a circular nas redes sociais, como pode ver no vídeo que se segue:

"Estamos a lidar com uma situação de emergência", disse um porta-voz da Instituição Chautauqua á agência Reuters, a propósito desta ocorrência. Até ao momento, não se sabe quais foram as motivações do atacante, de acordo com a polícia local.

De recordar que a obra 'Os Versículos Satânicos', da sua autoria, foi banida do Irão em 1988 - pelo facto de muitos iranianos considerarem-no uma blasfémia.

Algo que levaria, inclusive, o então líder iraniano, Ayatollah Ruhollah Khomeini, a emitir uma 'fatwa' contra Salman Rushdie a 14 de fevereiro de 1989, apelando ao seu assassinato por considerar que no referido livro insultava o profeta Maomé e o Islão.

Desde então, seria oferecida uma recompensa de mais de três milhões de dólares a quem conseguisse matar o autor.

O escritor só viria a viver num estado de alguma normalidade quando o Irão anunciou, em 1998, que não incentivaria mais o cumprimento do decreto religioso que o condenava à morte.

Toda esta situação e o risco associado obrigou Salman Rushdie a assumir uma nova identidade, 'Joseph Anton', que serviu até de título ao livro onde o escritor relata como viveu esse período - maioritariamente escondido e sob forte proteção policial.

[Notícia atualizada às 22h50]

Leia Também: Ex-polícia condenado a sete anos de prisão pela invasão do Capitólio

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório