Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Toneladas de peixes mortos preocupam autoridades na fronteira da Polónia

Vários voluntários e pescadores removeram pelo menos 10 toneladas de peixes mortos de 200 quilómetros do rio.

Várias toneladas de peixes mortos foram retiradas do rio Oder, que corre ao longo de parte da fronteira da Polónia com a Alemanha, esta quinta-feira. As autoridades alertaram os residentes para não entrarem na água enquanto o governo polaco não concluir uma investigação relacionada com suspeitas de possível contaminação.

Segundo a agência Reuters, vários voluntários e pescadores removeram pelo menos 10 toneladas de peixes mortos de 200 quilómetros do rio.

Przemyslaw Daca, responsável da State Water Holding, que gere a administração da água na Polónia, considera que a situação é uma gigantesca catástrofe ecológica, refere a agência.

Entretanto, primeiro-ministro Mateusz Morawiecki já prometeu punir os responsáveis.

De acordo com as autoridades regionais de proteção ambiental as amostras de água do Oder, recolhidas no dia 28 de julho, mostraram uma probabilidade de 80% de conter mesitileno, uma substância tóxica, embora o mesmo não estivesse presente em amostras recolhidas no dia 1 de agosto.

Os baixos níveis dos rios devido à seca na Europa podem ter agravado uma possível contaminação. Porém, a maior suspeita é que um forte agente oxidante possa ter entrado na água, causando um aumento nos níveis de oxigénio, o que pode prejudicar os peixes.

Entretanto, vários distritos alemães na fronteira com a Polónia alertaram os moradores para evitar a água do rio e não comer peixe do Oder, enquanto a causa da morte não for clara.

Veja na galeria as imagens deste desastre ambiental.

Leia Também: França vai receber ajuda de cinco países para combater fogos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório