Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2022
Tempo
24º
MIN 14º MÁX 25º

"O mundo não deve esquecer Chernobyl", diz Zelensky sobre Zaporizhzhia

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, levantou hoje o espetro do desastre de Chernobyl e pediu novas sanções contra a Rússia, na sequência de novas ataques contra a central nuclear de Zaporizhzhia, ocupada pelos russos.

"O mundo não deve esquecer Chernobyl", diz Zelensky sobre Zaporizhzhia

"O mundo não deve esquecer Chernobyl e o facto de que Zaporizhzhia é a maior central da Europa. O desastre de Chernobyl [em 1986] foi a explosão de um reator e a central de Zaporizhzhia tem seis reatores", disse hoje à noite Zelensky no seu discurso vídeo diário.

O local da fábrica de Zaporizhzhia no sul da Ucrânia está sob controlo russo desde 4 de março. Foi bombardeada duas vezes no final da semana passada, incluindo perto de um reator. Kyiv e Moscovo culparam-se mutuamente pelos ataques.

"São necessárias novas sanções contra o Estado terrorista e toda a indústria nuclear russa, que está a criar a ameaça de uma catástrofe nuclear", disse Zelensky.

O reator número 4 na central de Chernobyl explodiu em 26 de abril de 1986, causando o maior acidente nuclear civil e libertando uma nuvem radioativa que se espalhou por toda a Europa.

Um conflito de alta intensidade assola a Ucrânia desde 24 de fevereiro, quando o Presidente russo, Vladimir Putin, ordenou ao seu Exército que invadisse o país.

Leia Também: Juan deixou Espanha e foi para a guerra. Foi ferido e Zelensky visitou-o

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório