Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 17º

Criança que contraiu o vírus mortal Marburg morre no Gana

A morte eleva o número total de mortes no país para três desde que Gana registou o seu primeiro surto da doença.

Criança que contraiu o vírus mortal Marburg morre no Gana

Uma criança, que contraiu o vírus Marburg, no Gana, que é altamente contagioso, do tipo Ebola, morreu, segundo anunciou a Organização Mundial  da Saúde (OMS), esta terça-feira.

A morte eleva o número total de mortes no país para três desde que Gana registou o seu primeiro surto da doença no mês passado, com a morte de dois homens adultos.

Sobre a doença, sabe-se que a OMS considera que tem uma taxa média de mortalidade de 50% entre humanos. É uma doença grave, muitas vezes fatal, com sintomas que incluem dor de cabeça, febre, dores musculares, vómitos com sangue e hemorragias em diferentes zonas.

É transmitido por morcegos frugívoros e espalha-se entre humanos através de fluidos corporais e contato com roupa de cama e vestuário.

A criança que faleceu, cujo sexo e idade não foram divulgados, foi um dos dois novos casos anunciados na semana passada pela OMS.

Segundo o médico da OMS Ibrahima Soce Fall, citado pela agência Reuters, em conferência de imprensa: "Na semana passada mencionei os dois novos casos. Um é a esposa do primeiro caso e este outro é a criança de ambos, a criança infelizmente morreu, mas a esposa ainda está viva e a melhorar", refere.

Este é o segundo surto recente de Marburg na África Ocidental. O primeiro foi detectado no ano passado, na Guiné, e não foram identificados mais entretanto. No total, existiram 12 surtos desde 1967, quando o vírus foi descoberto na Alemanha e sete pessoas morreram.

Em outras partes do continente, surtos anteriores e casos esporádicos foram relatados em Angola, República Democrática do Congo, Quénia, África do Sul e Uganda. O surto mais mortal foi em 2005, em Angola, quando morreram mais de 200 pessoas.

A morte ocorre com mais frequência no oitavo ou nono dia após os sintomas e perda severa de sangue.

Existem medicamentos e terapias imunológicas para tratar o Marburg que estão a ser desenvolvidos, mas ainda não foi desenvolvida uma vacina, embora a reidratação precoce e o tratamento dos sintomas possam melhorar as probabilidades de sobrevivência.

Leia Também: Dois casos do vírus mortal Marburg aparecem no Gana

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório