Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 31º

Ilha das Serpentes. Rússia diz ter matado soldados que hasteavam bandeira

Segundo a Rússia, “os sobrevivente fugiram em direção à aldeia de Primorskoye, na região de Odessa”.

Ilha das Serpentes. Rússia diz ter matado soldados que hasteavam bandeira

O Ministério da Defesa da Rússia afirmou, esta quinta-feira, que matou “vários militares ucranianos” que viajaram até à Ilha das Serpentes para hastear a bandeira da Ucrânia.

“Face aos fracassos militares e à retirada em massa das tropas ucranianas no Donbass, a noite de 7 de julho, o regime de Kyiv tentou entregar simbolicamente a bandeira à Ilha das Serpentes. Por volta das 5h [3h em Lisboa], vários militares ucranianos desembarcam na ilha num barco a motor e tiraram fotografias com a bandeira”, começou por afirmar o ministério russo na rede social Telegram.

A força aérea russa “lançou de imediato um ataque de alta precisão” na ilha e, “como resultado, parte do pessoal militar ucraniana foi abatido”. Segundo a Rússia, “os sobrevivente fugiram em direção à aldeia de Primorskoye, na região de Odessa”.

A Ucrânia ainda não confirmou a morte dos militares, mas revelou esta manhã que a ilha das Serpentes foi atingida com dois mísseis russos. Recentemente, o Ministério da Defesa ucraniano partilhou, na rede social Twitter, imagens da bandeira da Ucrânia hasteada na ilha.

Assinala-se, esta quinta-feira, o 134.º dia da guerra na Ucrânia, que já provocou, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a morte a  4.731 civis e deixou 5.900 feridos.

Leia Também: AO MINUTO: Rússia volta a atacar Ilha das Serpentes; "Poucos" avanços

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório