Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 27º

Moçambique vai vacinar cerca de 6,8 milhões de crianças contra a pólio

O Ministério da Saúde de Moçambique lançou, esta quarta-feira, a terceira ronda da campanha de vacinação massiva contra a pólio, que vai abranger cerca de 6,8 milhões de crianças menores de cinco anos, anunciou o organismo em comunicado.

Moçambique vai vacinar cerca de 6,8 milhões de crianças contra a pólio

A campanha tem âmbito nacional e vai decorrer nas dez províncias moçambicanas e na capital do país, refere-se na nota.

A primeira fase foi lançada em março, depois de detetada poliomielite no vizinho Maláui, e a segunda decorreu em abril.

Em maio, foi confirmado o primeiro caso em Moçambique desde 1992: surgiu em Tete, província do interior que faz fronteira com o Maláui.

Tanto num país como noutro, o vírus está associado ao Paquistão, um dos países onde é endémico, além do Afeganistão.

A poliomielite é uma doença infecciosa sem cura que afeta sobretudo as crianças com menos de cinco anos e que só pode ser prevenida com a vacina.

Nalguns casos, pode provocar paralisia de membros.

Num outro comunicado, o Instituto Nacional de Saúde de Moçambique (INS) anunciou hoje que está em curso desde segunda-feira uma ação de formação de 25 profissionais de saúde das áreas de laboratório, saúde ambiental, saúde única e vigilância em matérias de colheita, gestão e referenciamento de amostras suspeitas de poliovírus.

A formação tem o "objetivo de melhorar a qualidade dos processos pré-analíticos para o diagnóstico laboratorial desde a colheita da amostra, o envio para o laboratório de referência para testagem até ao reporte dos resultados".

Leia Também: Turquia. Turistas tentam afastar 'tubarão'… com uma esfregona

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório