Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 27º

AO MINUTO: "Armas reduzem ofensiva russa"; 12 mil civis em Lysychansk

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

 AO MINUTO: "Armas reduzem ofensiva russa"; 12 mil civis em Lysychansk
Notícias ao Minuto

07:58 - 06/07/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Ucrânia/Rússia

Esta quarta-feira marca o 133.º dia de guerra, numa altura em que os ataques das forças russas se intensificam no leste da Ucrânia. Nessa linha, o governador da região de Donetsk, Pavlo Kyrylenko, apelou aos cerca de 350 mil habitantes para fugirem, não só para salvar vidas, como também para permitir que o exército ucraniano defenda melhor as cidades do avanço russo.

Terça-feira, por sua vez, ficou marcada pela assinatura dos Protocolos de Adesão da Finlândia e da Suécia na sede da NATO, naquilo que o secretário-geral da Aliança, Jens Stoltenberg, classificou como "um momento histórico".

Fim de cobertura

Beatriz Maio | há 1 mês

Boa noite! Damos por terminado o acompanhamento AO MINUTO dos desenvolvimentos da invasão russa da Ucrânia. Poderá acompanhar uma nova cobertura na manhã de quinta-feira. 

Dez mil lituanos despediram-se do drone Bayraktar enviado para a Ucrânia

Beatriz Maio | há 1 mês

Antes de partir cerca de dez mil lituanos foram ver o drone que, segundo o canal local TV3, já se encontra a caminho da Ucrânia.

Zelensky: "Armas dos aliados reduziram drasticamente ofensiva russa"

Beatriz Maio | há 1 mês

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky afirmou, no seu discurso desta quarta-feira dirigido à nação, que as armas pesadas dos aliados ocidentais estão "a trabalhar com muita potência nas linhas de frente". Zelensky declarou também que os militares ucranianos atingiram armazéns russos e outros locais "importantes para a logística" com armas que a Ucrânia recebeu dos seus parceiros, o que reduziu drasticamente o potencial ofensivo da Rússia. Acrescentou ainda que o exército ucraniano já está a avançar em várias direções táticas, tais como Kherson e Zaporizhzhia.

Até 12 mil civis permanecem em Lysychansk ocupada

Beatriz Maio | há 1 mês

A vice-primeira-ministra Iryna Vereshchuk disse que foram dadas aos residentes oportunidades de evacuação antes de a Rússia capturar a cidade no domingo, dia 3 de julho, e que a maioria conseguiu sair, mas os que permaneceram fizeram-no por opção, informa a Ukrinform, Agência Nacional de Notícias da Ucrânia.

Rússia ganha 23 mil milhões de euros com venda de combustíveis fósseis

Beatriz Maio | há 1 mês

A Rússia ganhou o equivalente a cerca de 23 mil milhões de euros com a venda de combustíveis fósseis à China e à Índia, relata o Bloomberg. Como os preços da energia dispararam devido à invasão da Ucrânia, a Rússia vendeu quase 19 mil milhões de euros de petróleo, gás e carvão à China até ao final de maio, duplicando o valor do ano passado. De acordo com a analista Lauri Myllyvirta, a China está a comprar "essencialmente tudo o que a Rússia pode exportar através de oleodutos e portos do Pacífico".

Forças russas danificaram 817 estabelecimentos de saúde

Beatriz Maio | há 1 mês

Para além de mais de 120 estabelecimentos de saúde destruídos, as tropas russas mataram pelo menos 14 médicos desde o dia 24 de Fevereiro. O Ministro da Saúde Viktor Lyashko afirmou hoje durante um briefing que, no total, as forças russas danificaram 817 estabelecimentos de saúde, destruíram 43 farmácias e 85 ambulâncias, de acordo com o UNN - Notícias Nacionais da Ucrânia.

Bombardeamento em edifício com equipamento agrícola fez um morto

Beatriz Maio | há 1 mês

Os bombeiros estão a tentar apagar um fogo provocado por um ataque russo que atingiu um edifício com equipamento agrícola, em Pokrovska, e fez um morto e feriu pelo menos três civis. De acordo com o jornal The Kyiv Independent, Mykola Lukashuk, chefe do Dnipropetrovsk Oblast Council, informou que um dos feridos está em estado grave.

Quase 9 milhões atravessaram a fronteira da Ucrânia

Beatriz Maio | há 1 mês

A agência das Nações Unidas para os refugiados afirmou esta quarta-feira que 8,79 milhões de pessoas, um quarto da população do país, atravessaram a fronteira da Ucrânia desde o início da invasão russa a 24 de fevereiro, relata a Reuters.

Kuleba duvida que fim do bloqueio de cereais seja em breve

Beatriz Maio | há 1 mês

O ministro dos Negócios Estrangeiros ucraniano, Dmytro Kuleba, afirmou que vários detalhes logísticos precisam de ser trabalhados nas negociações entre a Ucrânia e a Rússia e que quebrar o bloqueio será difícil, de acordo com a Bloomberg Economic News. "Não quero juntar-me aos que dizem que o acordo terá lugar na próxima semana", declarou.

Tropas ucranianas pararam ofensiva russa numa aldeia em Donetsk

Beatriz Maio | há 1 mês

Os militares ucranianos conseguiram parar os ataques russos perto da aldeia de Myronivka, situada a cerca de 30 quilómetros de Bakhmut, relata o jornal The Kyiv Independent. 

Helicóptero e avião pertencentes a aliado de Putin entregues à Ucrânia

Beatriz Maio | há 1 mês

Um helicóptero e um avião pertencentes a Viktor Medvechuk foram entregues às autoridades ucranianas. A informação foi revelada no Telegram da Polícia Nacional da Ucrânia, onde mencionou que "foram entregues para as necessidades das forças armadas". 

Medvechuk é aliado de Putin há já duas décadas, liderando um partido político pró-russo na Ucrânia durante anos, mesmo após a anexação russa da Crimeia em 2014. 

Ucrânia recebe drones da Lituânia

Beatriz Maio | há 1 mês

O Ministro da Defesa Nacional da Lituânia, Arvydas Anusaukas, revelou nas redes sociais que um Bayraktar TB2 será transferido para a Ucrânia. Segundo a Sky News, quase 6 milhões de euros foram angariados para pagar o drone e o seu fabricante turco, Baykar, decidiu doá-lo. Baykar e a Lituânia concordaram que 1,5 milhões de euros seriam gastos no drone e o resto do dinheiro seria para ajuda humanitária à Ucrânia. 

Na semana passada, Baykar divulgou que iria doar três dos seus drones às forças armadas ucranianas. 

Ucrânia está empenhada na reconstrução e reforma

Beatriz Maio | há 1 mês

Um conselheiro presidencial ucraniano assegurou hoje o empenho das autoridades de Kyiv em cumprir o plano de reconstrução e reforma do país candidato à adesão à União Europeia (UE), apresentado na conferência de Lugano. Representantes de quase quatro dezenas de países, incluindo Portugal, e cerca de 15 instituições internacionais participaram esta semana, em Lugano, Suíça, numa conferência sobre a reconstrução da Ucrânia.

Energia. "Advinha-se um inverno difícil" na Europa

Beatriz Maio | há 1 mês

O eurodeputado romeno Christian Busoi, que lidera a Comissão Parlamentar da Indústria, da Investigação e da Energia disse hoje que se antevê um "inverno difícil" na Europa, caso se concretize um eventual corte de fornecimento de gás da Rússia. "Advinha-se um inverno difícil. Por isso, é importante que todos os Estados-membros tenham planos de crise e soluções para lidar com um eventual bloqueio russo, se ele ocorrer e, a médio prazo, diversificar as fontes de fornecimento de energia, aumentar a eficiência energética e, muito importante, realizar um forte investimento no hidrogénio", afirmou hoje o eurodeputado romeno.

China critica EUA e NATO na véspera de reunião entre os MNEs do G20

Beatriz Maio | há 1 mês

A China fez hoje duras críticas aos Estados Unidos e à NATO, nas vésperas de o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, reunir com o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi. O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China, Zhao Lijian, considerou que a "chamada ordem internacional baseada em regras é, na verdade, um conjunto de regras de família, feita por um punhado de países, para servir os interesses dos EUA".

Rússia endurece penas de prisão para quem se oponha ao regime

Beatriz Maio | há 1 mês

A Rússia aprovou hoje uma lei que prevê penas pesadas para quem apele à realização de ações que ponham em causa a segurança, numa altura em que Moscovo suprime todas as vozes de oposição à ofensiva militar na Ucrânia. O texto, que prevê até sete anos de prisão para este crime, foi hoje aprovado pelos deputados da Duma - a câmara baixa do parlamento russo -, que também endureceram as penas para espionagem e casos de "colaboração confidencial com estrangeiros".

Grupo russo de piratas informáticos publica lista de alegados espiões

Beatriz Maio | há 1 mês

"Aequipa do RaHDit envia saudações calorosas à direção de inteligência do Ministério da Defesa da Ucrânia e publica a primeira lista de mil pessoas pertencentes a esta estrutura", informou o grupo na rede social Telegram. O grupo também publicou o 'link' de acesso aos dados e prometeu que irá fazer novas revelações, segundo a agência russa Ria-Novosti.

Governo da Geórgia diz que fará tudo para evitar confrontos com a Rússia

Beatriz Maio | há 1 mês

O líder do partido no poder na Geórgia, Irakli Kobajidze, afirmou hoje que Tbilisi fará tudo "para evitar o confronto com a Rússia", mesmo que isso implique atrasar a concessão do estatuto de candidato à adesão à União Europeia ao país. "A questão da guerra e a obtenção do estatuto de candidato estão diretamente relacionadas, como sublinharam os líderes da União Europeia (UE)", disse Kobajidze.

Explosão em Kherson, ocupada pela Rússia

Beatriz Maio | há 1 mês

Segundo os meios de comunicação local, ocorreu uma explosão perto da estação ferroviária de Kherson esta quarta-feira, o que deixou um armazém com produtos plásticos em chamas. A polícia de Kherson divulgou que as forças russas bombardearam as aldeias de Zahradivka e Mala Shestirnia com vários mísseis, o que fez um morto e um ferido.

 

Ucrânia acusa a Rússia de espalhar "relatórios falsos"

Beatriz Maio | há 1 mês

A Ucrânia acusou a Rússia de espalhar "relatórios falsos" sobre a destruição de sistemas de foguetões dos Estados Unidos da América. Numa publicação no Telegram, as forças armadas da Ucrânia revelaram: "Os propagandistas russos estão a espalhar ativamente falsas notícias sobre a alegada destruição do sistema de artilharia HIMARS americano", acrescentando: "Sublinhamos que estas mensagens não correspondem à realidade e nada mais são do que mais uma falsificação russa".

"Os sistemas de jactos HIMARS, fornecidos por parceiros americanos, infligem constantemente golpes devastadores em pontos estrategicamente importantes do inimigo, o que leva a perdas colossais entre o equipamento, pessoal e apoio das forças ocupantes", esclareceu a Ucrânia.

Mais de 8,79 milhões deixaram a Ucrânia desde o início da guerra

Beatriz Maio | há 1 mês

Os dados são da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) que advertiu: "A escalada do conflito na Ucrânia causou baixas civis e destruição de infraestruturas civis, forçando as pessoas a fugir das suas casas em busca de segurança, proteção e assistência", acrescentando que "à luz da emergência e da escala das necessidades humanitárias, está a ser levada a cabo uma resposta regional interagências de refugiados". 

Chegou o "momento" de libertar UE da dependência de energia russa

Beatriz Maio | há 1 mês

O secretário de Estado dos Assuntos Europeus disse hoje que "está na altura de passar das palavras aos atos" nas interligações energéticas entre a Península Ibérica e o resto da União Europeia (UE) para reduzir a dependência da Rússia. Tiago Antunes, que falava durante num seminário que o Parlamento Europeu está a promover, afirmou que a necessidade de reduzir a atual dependência energética em relação à Rússia dá o "ímpeto" para avançar com este processo que tem vindo a arrastar-se.

Bruxelas quer verificação de antecedentes a anfitriões de refugiados

Beatriz Maio | há 1 mês

A Comissão Europeia recomenda a realização de verificações de antecedentes aos anfitriões de refugiados ucranianos para assegurar que as ofertas de alojamento são seguras, face aos riscos de tráfico de pessoas e de exploração, sexual ou laboral. A recomendação do executivo comunitário consta de um "guia de boas práticas" elaborado para consulta pública e de apoio à iniciativa "Lares Seguros", hoje apresentado pela comissária europeia dos Assuntos Internos, Ylva Johansson, numa reunião da plataforma de solidariedade com a Ucrânia.

Noruega afirma ter resolvido litígio com Rússia sobre abastecimento

Beatriz Maio | há 1 mês

A Noruega anunciou hoje ter resolvido o litígio com a Rússia sobre o envio de mercadorias destinadas aos mineiros russos no seu arquipélago ártico de Svalbard, e que motivou um recente aumento da tensão entre os dois países. Os contentores com os carregamentos russos, bloqueados na fronteira devido à proibição de entrada de mercadorias pesadas russas em solo norueguês, foram conduzidos por transportadores noruegueses até ao porto de Tromso, e estão atualmente a caminho de Svalbard por barco, indicou o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Civis fogem de Sloviansk em autocarros enquanto tropas russas avançam

Beatriz Maio | há 1 mês

Na manhã desta quarta-feira, muitos dos residentes da cidade de Sloviansk optaram por deixar as suas casas e partir em autocarros para um local mais seguro, um dia depois de duas pessoas terem sido mortas num ataque russo. Os civis seguiram o conselho do governador de Donetsk, Pavlo Kyrylenko, que revelou que os russos transformaram toda a região de Donetsk num ponto de encontro onde é perigoso para os civis permanecerem e apelou "a todos que se retirem da cidade", explicando que "a evacuação salva vidas".

Medvedev avisa EUA que punir a Rússia "é ameaçar a humanidade"

Daniela Filipe | há 1 mês

O antigo presidente russo e atual vice-presidente do Conselho de Segurança do país, Dmitri Medvedev, avisou, esta quarta-feira, que as tentativas por parte do Ocidente de punir a Rússia constituem um perigo para a existência da humanidade, devido ao seu arsenal nuclear.

Num ataque dirigido aos Estados Unidos, o responsável recordou as intervenções daquele país na Síria e no Vietname, não deixando de mencionar a sua “guerra sangrenta” contra os nativos americanos.

“A ideia de punir o país que tem um dos maiores potenciais nucleares é absurda. E apresenta, potencialmente, uma ameaça para a existência para da humanidade”, ameaçou o responsável, na rede social Telegram.

Morreu modelo brasileira que se alistou no exército ucraniano

Daniela Filipe | há 1 mês

A modelo brasileira que se juntou ao exército da Ucrânia, para combater as forças russas, morreu este fim de semana, em Kharkiv, na sequência de um ataque.

Thalita do Valle, de 39 anos, esteve na Ucrânia apenas três semanas. A mulher, que era também modelo, tinha combatido na guerra do Iraque e na Síria.

ONU diz que Ucrânia tem de combater corrupção se quiser receber ajuda

Daniela Filipe | há 1 mês

A Ucrânia deve combater ativamente a corrupção face ao grande fluxo de ajudas para a reconstrução que o país vai receber, defendeu, esta quarta-feira, o diretor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Achim Steiner.

A Ucrânia deve combater ativamente a corrupção face ao grande fluxo de ajudas para a reconstrução que o país vai receber, defendeu hoje o diretor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Achim Steiner.

Letónia deverá restituir serviço militar devido à tensão com Moscovo

Daniela Filipe | há 1 mês

A Letónia deverá restituir o serviço militar obrigatório, perante o clima de tensão crescente com a Rússia, face à guerra na Ucrânia.

“O atual sistema militar da Letónia atingiu o seu limite. Entretanto, não temos razões para pensar que a Rússia vai mudar o seu comportamento”, disse o ministro da Defesa letão, Artis Pabriks, na terça-feira, citado pela Agence France-Presse (AFP).

Rússia nega apresamento na Turquia de cargueiro com cereais ucranianos

Daniela Filipe | há 1 mês

A Rússia negou hoje que a Turquia tenha apresado um cargueiro russo que a Ucrânia denunciou que transporta trigo retirado ilegalmente do país, mas admitiu que as autoridades turcas estão a verificar o navio.

A Ucrânia disse que o cargueiro 'Zhibek Zholy' zarpou do porto ucraniano de Berdiansk, ocupado pela Rússia, na quinta-feira, 30 de junho, carregado com 7.000 toneladas de trigo obtido ilegalmente, tendo pedido à Turquia que apresasse o navio.

Rússia diz ter destruído 2 sistema de mísseis HIMARS na Ucrânia

Daniela Filipe | há 1 mês

A Rússia terá destruído dois sistema de mísseis HIMARS e as suas munições numa aldeia perto de Kramatorsk, na região de Donetsk, segundo informações do Ministério da Defesa russo.

Presidente do Sri Lanka pede ajuda a Putin na importação de combustível

Daniela Filipe | há 1 mês

O presidente o Sri Lanka, Gotabaya Rajapaksa, revelou, esta quarta-feira, ter pedido ajuda ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, no que tocam as importações de combustível para o país, que enfrenta a maior crise económica de que há memória.

O responsável adiantou ter travado "uma conversa telefónica muito produtiva" com o líder russo, na qual lhe agradeceu "por todo o apoio na superação dos desafios do passado".

Kremlin critica "posição muito pouco amistosa" do Japão face à Rússia

Daniela Filipe | há 1 mês

O Kremlin criticou, esta quarta-feira, o Japão por aquilo que considerou ser uma "posição muito pouco amistosa" face à Rússia. Segundo a Reuters, Dmitry Peskov disse ainda que esse facto dificultava o desenvolvimento das relações económicas entre ambos os países, inclusivamente no domínio da energia.

"O Japão está a tomar uma posição muito pouco amistosa em relação à Rússia. Em qualquer caso, uma tal posição pouco amistosa não ajuda a facilitar as relações comerciais e económicas, incluindo o diálogo sobre a energia", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, aos repórteres.

Von der Leyen e Guterres fecham semana com reunião em Nova Iorque

Daniela Filipe | há 1 mês

A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, e nove comissários vão participar, entre quinta e sexta-feira, num "retiro de trabalho" em Nova Iorque com o secretário-geral da ONU, António Guterres, e outros altos funcionários das Nações Unidas.

Em comunicado, o executivo comunitário explica que nesta reunião inédita, que "eleva a parceria União Europeia (UE)-ONU a outro nível", a Comissão Europeia e as Nações Unidas discutirão "os principais desafios enfrentados pela ordem multilateral e as áreas prioritárias de ação no atual contexto internacional, em particular a guerra de agressão da Rússia contra a Ucrânia".

Rússia diz ser alvo de campanha de cibertaques desde a invasão à Ucrânia

Daniela Filipe | há 1 mês

A Rússia queixou-se hoje de que tem sido alvo de uma campanha de ciberataques sem precedentes, com mais de 200 ataques diários, desde que invadiu a Ucrânia, em 24 de fevereiro.

"Atualmente, devido à operação militar especial no território da Ucrânia, está a ser levada a cabo uma campanha cibernética sem precedentes contra a Rússia", disse o diretor-adjunto do Centro Nacional de Coordenação de Incidentes Informáticos, Nikolai Murashov citado pela agência noticiosa TASS.

China quer aprofundar cooperação com Rússia em organismos multilaterais

Daniela Filipe | há 1 mês

O vice-ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Ma Zhaoxu, assegurou, esta quarta-feira, num encontro com o embaixador russo na China, Andrey Denisov, que Pequim quer "fortalecer a coordenação estratégica" com Moscovo e aprofundar a cooperação através da ONU ou do G20.

Ma Zhaoxu enfatizou que, sob a "liderança estratégica" dos presidentes da China e da Rússia, Xi Jinping e Vladimir Putin, respetivamente, as relações bilaterais registaram um "alto nível de desempenho".

Reconstruir a Ucrânia. UE marca conferência de "alto nível" para o verão

Daniela Filipe | há 1 mês

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou, esta quarta-feira, a realização, depois do verão, de uma conferência de alto nível para a reconstrução da Ucrânia, na sequência da reunião internacional realizada esta semana, em Lugano, Suíça. Reconstrução da Ucrânia. UE marca conferência de "alto nível" para o verão.

"Para a reconstrução da Ucrânia, necessitamos dos melhores e por isso, juntamente com a presidência alemã do G7 [as sete maiores economias mundiais], iremos convocar uma conferência de alto nível após o verão", disse a líder do executivo comunitário num debate no Parlamento Europeu.

 

Bombardeamentos russos provocam pelo menos 7 mortos nas últimas 24h

Daniela Filipe | há 1 mês

Bombardeamentos russos na Ucrânia provocaram, pelo menos, sete mortos nas últimas 24 horas, segundo dados das autoridades daquele país. Além disso, outras 25 pessoas terão ficado feridas, naquilo que o gabinete presidencial apelidou de um ataque propositado contra cidades e aldeias no sudeste da Ucrânia. 

O maior número de mortos terá sido registado na região de Donetsk, onde o exército russo intensificou a ofensiva nos últimos dias.

O governador da região, Pavlo Kyrylenko, revelou que duas pessoas morreram em Avdiivka, cidade localizada no centro da província, adiantando que Sloviansk, Krasnohorivka e Kurakhove notificaram um morto. Outras 21 pessoas terão ficado feridas.

"Todos os crimes serão punidos!", escreveu, na sua página do Telegram.

Primeiro-ministro irlandês visita Kyiv

Daniela Filipe | há 1 mês

O primeiro-ministro irlandês, Micheál Martin, encontra-se, esta quarta-feira, de visita à capital ucraniana, num momento em que as forças russas continuam a ofensiva na região do Donbass.

O responsável terá visitado não só Borodyanka, mas também Bucha, nos arredores de Kyiv, local onde foram encontrados os cadáveres de mais de 300 civis, após a retirada russa.

"É difícil compreender a devastação e falta de humanidade dos ataques da Rússia em Irpin, Borodyanka e Bucha. É claro o quão importante é para mulheres e crianças chegar a Irlanda e escapar ao trauma e brutalidade. Estamos com a Ucrânia", escreveu o chefe do Governo, na rede social Twitter.

Plano de emergência será apresentado este mês por Bruxelas

Daniela Filipe | há 1 mês

A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, anunciou, esta quarta-feira, perante o Parlamento Europeu, que o seu executivo vai apresentar este mês um plano de emergência europeu para precaver um eventual corte total de fornecimento de gás russo.

"Precisamos de nos preparar para novas perturbações no fornecimento de gás, até mesmo para um corte total da Rússia. Atualmente, no total, 12 Estados-membros são diretamente afetados por reduções parciais ou totais do fornecimento de gás. É óbvio: [o presidente russo, Vladimir] Putin continua a utilizar a energia como uma arma", afirmou, num debate no hemiciclo de Estrasburgo sobre a presidência semestral checa do Conselho da UE, que teve início em 1 de julho.

Pelos menos 346 crianças morreram vítimas da guerra

Daniela Filipe | há 1 mês

Pelo menos 346 crianças morreram como consequência da guerra na Ucrânia, segundo dados da Procuradoria-Geral do país.

Até ao momento, o organismo indica que 991 menores foram afetados pelo conflito, realçando que 346 morreram e outros 645 ficaram feridos. Ainda assim, os números não são finais, uma vez que os trabalhos nas zonas mais afetadas pela guerra prosseguem, ressalva.

O maior número de vítimas foi registado em Donetsk (346), seguindo-se Kharkiv (186) e Kyiv (116). Foram também notificadas vítimas em Chernihiv, Lugansk, Mykolaiv, Kherson e Zaporizhzhia.

Lavrov critica 'fuga' de conversações entre Rússia e França

Daniela Filipe | há 1 mês

O chefe da diplomacia russa mostrou-se, esta quarta-feira, ofendido com a publicação, pelo canal de televisão France 2, de uma conversa entre os presidentes francês e russo, que ocorreu quatro dias antes de Moscovo invadir a Ucrânia.

"A etiqueta diplomática não prevê fugas unilaterais de [tais] conversas", observou o ministro russo Sergei Lavrov, durante uma viagem ao Vietname.

Empresas chinesas acatam sanções contra Rússia por temerem danos

Daniela Filipe | há 1 mês

Uma análise do Peterson Institute for International Economics (PIIE) indica que, apesar do apoio tácito prestado por Pequim a Moscovo, os exportadores chineses parecem reconhecer os riscos de violar as sanções impostas contra a Rússia pelo Ocidente.

No relatório, o grupo de reflexão (think tank), com sede em Washington, apontou que as empresas chinesas temem ser alvos colaterais e perder o acesso a tecnologia, bens e moeda dos países ocidentais, caso violem a proibição de exportar bens sensíveis para a Rússia, nomeadamente componentes e alta tecnologia, como semicondutores, considerados cruciais para os esforços de guerra.

Descoberta ninhada de cães entre destroços. Estavam a proteger gatos

Daniela Filipe | há 1 mês

Entre as muitas histórias de guerra que nos têm chegado, de pessoas que perderam familiares, as suas casas, ou que tiveram de abandonar o seu país, há histórias que ainda nos deixam de 'queixo caído'.

Recentemente, um grupo de resgate filmou o momento em que encontrou uma ninhada de cães, entre os escombros da destruição causada pela invasão russa no país.

Descoberta ninhada de cães entre destroços. Estavam a proteger gatos

Vídeo do momento conquistou os amantes de animais.

Andrea Pinto | 08:27 - 06/07/2022

Soldados ucranianos já chegaram ao Reino Unido para treinos

Daniela Filipe | há 1 mês

Um primeiro grupo de soldados ucranianos já chegou ao Reino Unido para treinos militares, conforme revelou o ministro da Defesa britânico, Ben Wallace, em comunicado.

Em causa está um programa que ambiciona treinar até 10 mil novos soldados ucranianos, no âmbito de um pacote de mais de dois mil milhões de euros de ajuda militar à Ucrânia.

Batalha pelo Donbass continua. Sloviansk poderá ser próximo alvo

Daniela Filipe | há 1 mês

O Ministério da Defesa do Reino Unido acredita que Sloviansk poderá ser o próximo alvo das forças russas na sua tentativa de tomar a região do Donbass, encontrando-se apenas a 16 quilómetros de distância.

Além disso, o relatório aponta ainda que o exército russo continua a consolidar a sua posição em Lysychansk e em Lugansk

Reconstrução da Ucrânia "é um longo caminho" que deve começar agora

Daniela Filipe | há 1 mês

O secretário-geral das Nações Unidas sustentou esta terça-feira que a reconstrução da Ucrânia "é um longo caminho" que deve começar agora, e manifestou apoio aos esforços internacionais para reerguer o país após a invasão russa.

"Estamos a preparar o terreno para a reconstrução e reparação de infraestrutura críticas. Este é um longo caminho, mas deve começar agora", disse António Guterres num vídeo gravado transmitido no último dia da conferência dedicada à Ucrânia, em Lugano, Suíça.

Especialistas apontam custos altos para Rússia após conquista de Lugansk

Daniela Filipe | há 1 mês

Após mais de quatro meses de conflitos, a Rússia reivindicou controlo total da região ucraniana de Lugansk (leste) com a conquista das cidades de Severodonetsk e Lysychansk, mas, segundo especialistas, teve um custo muito alto para Moscovo.

A questão que impõem agora é se a Rússia consegue reunir a força suficiente para completar a captura do Donbass e conquistar outras zonas da Ucrânia.

NATO não tenciona enviar reforços militares para a Suécia e Finlândia

Daniela Filipe | há 1 mês

A NATO não tenciona enviar reforços para a Suécia e para a Finlândia quando os dois países aderirem à Aliança Atlântica, dada a sua eficácia militar, disse na quinta-feira o secretário-geral adjunto, Mircea Geoana.

"Não prevemos ter uma presença adicional nos dois países. Eles têm forças nacionais consideráveis. Eles têm a capacidade para se defenderem", justificou o responsável, numa entrevista telefónica à agência AFP.

Canadá já ratificou adesão da Suécia e Finlândia à NATO

Daniela Filipe | há 1 mês

O primeiro-ministro canadiano garantiu, na terça-feira, que o Canadá se tornou o primeiro país a ratificar o pedido de adesão da Suécia e da Finlândia à NATO e apelou aos restantes países da Aliança para que façam o mesmo rapidamente.

"O Canadá tornou-se hoje o primeiro país a ratificar os protocolos de adesão da Finlândia e da Suécia para entrarem na NATO. Isso aproxima ambos os países da adesão plena", disse o governante canadiano, Justin Trudeau, em comunicado.

Para recordar...

Daniela Filipe | há 1 mês
  • Putin ordena continuação da guerra. O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou, na segunda-feira, que as forças russas continuem a ofensiva no leste da Ucrânia, um dia após a tomada de Lysychansk.
  • Reconstrução Ucrânia. Encontro termina com expetativa de 'Plano Marshall'. Aliados da Ucrânia, instituições internacionais e setor privado concluíram, na terça-feira, uma reunião de dois dias na Suíça para lançar um "plano Marshall" para a reconstrução do país, invadido e em parte destruído na sequência da ofensiva russa.
  • "Momento histórico para a NATO". Suécia e Finlândia já assinaram acordo. Os Embaixadores da NATO assinaram os Protocolos de Adesão da Finlândia e da Suécia na sede da NATO, na terça-feira, na presença do ministro dos Negócios Estrangeiros finlandês Pekka Haavisto e da ministra dos Negócios Estrangeiros sueca Ann Linde.
  • Eurodeputados favoráveis a suspensão da Rússia da Interpol. O Parlamento Europeu defendeu, na terça-feira, que a União Europeia (UE) deve trabalhar no sentido de suspender a Rússia da Interpol, considerando perigoso o acesso de Moscovo aos dados da Organização Internacional de Polícia Criminal
  • ONU diz que ambos os lados da guerra violaram as normas internacionais. A Alta-Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, afirmou que ambos os lados do conflito na Ucrânia violaram as normas internacionais aplicáveis em tempo de guerra, embora a Rússia o tenha feito a uma escala muito mais grave.

Bom dia!

Daniela Filipe | há 1 mês

Damos início a um novo acompanhamento AO MINUTO da guerra na Ucrânia. Poderá recordar tudo o que aconteceu na terça-feira no registo abaixo:

AO MINUTO: Apelo à fuga de Donetsk; Rússia e Ucrânia violam regras

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 07:56 - 05/07/2022

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório