Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 27º

Polícia turca detém 36 pessoas durante marcha Pride em Ancara

As autoridades na Turquia proibiram marchas de orgulho LGBTQ+, alegando questões de segurança.

Polícia turca detém 36 pessoas durante marcha Pride em Ancara
Notícias ao Minuto

22:46 - 05/07/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Direitos LGBTI

A polícia turca dispersou, esta terça-feira, uma marcha em Ancara que tentava celebrar o orgulho da comunidade LGBTQI+, num país onde estas celebrações foram proibidas.

As marchas Pride, que decorrem normalmente durante o mês de junho, foram banidas na Turquia por questões de segurança pelo governo conservador de Erdogan, que nos últimos anos tem atacado os direitos de várias minorias, incluindo a comunidade LGBTQ+.

Ao contrário do que acontece em muitos países predominantemente muçulmanos, a homossexualidade não é um crime, mas as autoridades turcas impedem qualquer tipo de demonstração e ativismo que procurem pedir uma maior inclusão de género.

Esta terça-feira, em Ancara, a capital do país, a Reuters conta que a polícia utilizou gás pimenta e a força para dispersar a marcha.

Segundo o UniKuir, um grupo de direitos LGBTQ+ de Ancara, a polícia arrastou ativistas e manifestantes pelo chão, antes de os algemar e atirar para autocarros. Pelo menos 36 pessoas foram detidas, aponta o mesmo grupo.

Na semana passada, foram detidas mais de 300 pessoas em condições semelhantes, numa marcha Pride em Istambul.

Leia Também: Mais de 200 pessoas detidas em Marcha do Orgulho LGBTI+ em Istambul

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório