Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 31º

Venezuelano elogia réplica do Santuário de Fátima e fé dos portugueses

O Governo venezuelano elogiou a construção, pelos portugueses, de uma réplica local do Santuário de Fátima e descreveu os portugueses radicados na Venezuela como um povo de paz.

Venezuelano elogia réplica do Santuário de Fátima e fé dos portugueses

"Os companheiros de Portugal, naturais de Portugal, estão a construir, em Carrizal (pouco mais de 30 quilómetros a sul de Caracas), uma réplica do Santuário da Virgem de Fátima. É uma beleza! (São) um povo de fé, um povo de fé", disse o vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela.

Diosdado Cabello, que é tido como o segundo homem mais forte do chavismo, depois de Nicolás Maduro, falava durante a emissão N.º 398 do seu programa televisivo "Con el mazo dando" (Dando com o malho), transmitido pela televisão estatal venezuelana.

Cabello começou por mostrar a impressão a cores de uma notícia, em idioma castelhano, acompanhada por uma foto, do momento em que o Presidente Nicolás Maduro (à esquerda) cumprimenta, no palácio presidencial de Miraflores o novo embaixador de Portugal na Venezuela João Pedro Fins do Lago, de quem receberá as "cartas credenciais".

"O novo embaixador de Portugal entrega as cartas credenciais em Miraflores. A quem? A Nicolás Maduro Moros, Presidente Constitucional da República Bolivariana da Venezuela", frisou o político venezuelano.

Diosdado Cabello mostra ainda uma segunda notícia em que aparece, na foto, à esquerda, o secretário Regional da Economia da Madeira, Rui Barreto, e o presidente do Instituto de Desenvolvimento Empresarial (IDE), Duarte Freitas (à direita), que estão de visita à Venezuela.

"E mais abaixo diz aqui que (Rui) Barreto encabeça uma missão empresarial à Venezuela, eles estão a vir para cá. Os companheiros de Portugal", frisou Cabello.

A comunidade portuguesa de Carrizal, no estado venezuelano de Miranda, prevê inaugurar, em outubro, a maior réplica local do Santuário de Fátima, em Los Altos Mirandinos, a cerca de 30 quilómetros a sul de Caracas.

O projeto de construção começou em 03 de julho de 2008, com o lançamento da primeira pedra durante uma visita do antigo presidente do Governo Regional da Madeira Alberto João Jardim e do antigo núncio apostólico na Venezuela Giacinto Berloco.

As obras começaram em agosto desse mesmo ano, numa área de construção de 22 mil metros quadrados.

O secretário Regional da Economia da Madeira, Rui Barreto, iniciou na terça-feira uma visita à Venezuela, onde ao longo de oito dias vai manter contactos com empresários madeirenses locais, numa iniciativa em que também participa o presidente do Instituto de Desenvolvimento Empresarial (IDE), Duarte Freitas.

Esta iniciativa promovida pelo IDE, com apoios comunitários através do FEDER destinados à internacionalização da economia regional, pretende reforçar os laços comerciais entre empresas regionais e venezuelanas.

Leia Também: Fátima recebe milhares de crianças em peregrinação após 2 anos de pausa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório