Meteorologia

  • 17 AGOSTO 2022
Tempo
26º
MIN 17º MÁX 26º

Boris Johnson sobre guerra na Ucrânia: "Se Putin fosse uma mulher..."

Primeiro-ministro britânico apelidou, em entrevista à alemã ZDF, a invasão de "guerra maluca e machista" e acrescentou: "Se quer um exemplo perfeito de masculinidade tóxica, é o que ele [Putin] está a fazer na Ucrânia."

Boris Johnson sobre guerra na Ucrânia: "Se Putin fosse uma mulher..."
Notícias ao Minuto

08:31 - 29/06/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Boris Johnson

"Se Putin fosse uma mulher, o que obviamente não é, mas se fosse, eu realmente não acho que ele teria embarcado numa guerra maluca e machista ['macho war'] de invasão e violência da forma que fez". A afirmação é de Boris Johnson, primeiro-ministro britânico, numa entrevista à ZDF, a emissora pública da Alemanha.

O governante foi mais longe e acrescentou: "Se quer um exemplo perfeito de masculinidade tóxica, é o que ele está a fazer na Ucrânia."

De lembrar que Boris Johnson vai pedir esta quarta-feira aos aliados da NATO, durante a cimeira de Madrid, para aumentarem as suas despesas militares em resposta à invasão russa à Ucrânia, revelou Downing Street.

Após a anexação da Crimeia pela Rússia, em 2014, os países da Aliança Atlântica comprometeram-se a aumentar o seu orçamento de Defesa para 2% do PIB até 2024, mas apenas oito dos 30 membros atingiram ou superaram essa meta até ao ano passado.

A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro e essa ofensiva militar já matou mais de quatro mil civis, segundo a ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.

A ofensiva militar causou a fuga de mais de oito milhões de pessoas, das quais mais de 6,6 milhões para fora do país, de acordo com os mais recentes dados da ONU.

Leia Também: Boris Johnson diz que apoiar a Ucrânia é como lutar contra Hitler

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório