Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
22º
MIN 22º MÁX 37º

NATO. Erdogan reúne-se com líderes da Suécia e Finlândia antes de cimeira

Turquia acusa os dois países de abrigarem ou apoiarem militares curdos que considera serem uma ameaça à sua segurança.

NATO. Erdogan reúne-se com líderes da Suécia e Finlândia antes de cimeira
Notícias ao Minuto

08:01 - 27/06/22 por Notícias ao Minuto

Mundo NATO

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, irá reunir-se com os líderes da Suécia, da Finlândia e da NATO, na terça-feira, antes da cimeira da aliança transatlântica, em Madrid, revelou o porta-voz presidencial turco, Ibrahim Kalin. 

Em declarações à rádio Haberturk, citado pela agência de notícias Reuters, Kalin sublinhou que também ele e o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros, Sedat Onal, irão participar numa ronda de negociações com os líderes finlandês e sueco, na segunda-feira. 

“Haverá uma cimeira quadripartida em Madrid a nível de líderes, a pedido do secretário-geral da NATO, com a presença do nosso presidente”, afirmou, frisando que as reuniões “não significam” que a Turquia “se afaste da sua posição”.

Em causa está o facto de a Turquia se ter manifestado contra a entrada da Suécia e da Finlândia na NATO e anunciado que iria fazer uso do seu direito de veto, acusando os dois países de abrigarem ou apoiarem militares curdos que considera serem uma ameaça à sua segurança.

A reunião de Recep Tayyip Erdogan com o finlandês Sauli Niinisto e a sueca Magdalena Andersson terá lugar no início da cimeira da Aliança Atlântica, na presença do secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse a Presidência finlandesa na rede social Twitter, citada pela agência espanhola EFE.

Segundo Helsínquia, novas negociações para tentar ultrapassar o veto turco estão também agendadas para hoje, na sede da NATO em Bruxelas.

Ainda no sábado, Erdogan afirmou que não houve progressos nas conversações com a Suécia para a adesão à NATO. “A Suécia deve tomar medidas em questões importantes como a luta contra o terrorismo", afirmou o chefe de Estado turco, depois de uma conversa telefónica com a primeira-ministra sueca, Magdalena Andersson.

A Suécia e a Finlândia entregaram, a 18 de maio, o pedido oficial de adesão à NATO, estando agora dependentes da aprovação dos 30 Estados-membros. 

[Notícia atualizada às 11h34]

Leia Também: Mais de 200 pessoas detidas em Marcha do Orgulho LGBTI+ em Istambul

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório