Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2022
Tempo
26º
MIN 19º MÁX 26º

Bebé prematura atirada para o lixo por funcionários do hospital nos EUA

Pais estão a processar hospital.

Bebé prematura atirada para o lixo por funcionários do hospital nos EUA
Notícias ao Minuto

23:58 - 25/06/22 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Uma bebé prematura foi atirada para o lixo por funcionários do hospital que "confundiram o corpo com roupa de cama", em Boston, nos Estados Unidos.

Os pais de Everleigh Victoria McCarthy, que morreu 12 dias após ter nascido prematura, três meses antes da data prevista, estão a processar o hospital Brigham and Women's, no Condado de Suffolk.

A bebé, que nasceu com apenas dois quilos, morreu devido a uma hemorragia cerebral.

Os pais, Alana Ross, e 37 anos, e Daniel McCarthy, de 38, começaram a planear uma cerimónia fúnebre para a filha antes de saberem o sucedido. Contudo, o advogado da família, Greg Denning, divulgou que a funerária informou os progenitores que os restos mortais teriam desaparecido.

Segundo o jornal The Mirror, Denning revelou que o casal foi à polícia quando os funcionários da unidade de saúde não conseguiram encontrar o corpo da bebé após a sua morte a 6 de agosto.

Os investigadores determinaram que os restos mortais foram "provavelmente confundidos com roupa suja" e deitados fora, revelou o advogado.

A mãe do bebé, que sofreu dois abortos espontâneos, disse ter sentido que era como se a filha "tivesse morrido novamente".

Leia Também: Centenas à porta do Supremo Tribunal exigem aborto gratuito nos EUA

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório