Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Reino Unido. Jovem de 20 anos dá à luz sem saber que estava grávida

Bebé nasceu saudável às 35 semanas, após a mãe sentir "uma necessidade esmagadora" de ir à casa de banho.

Reino Unido. Jovem de 20 anos dá à luz sem saber que estava grávida
Notícias ao Minuto

13:14 - 23/06/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Reino Unido

Uma jovem de 20 anos, residente em Bristol, no Reino Unido, foi mãe pela primeira vez no passado dia 11 de junho, pelas 16h45. Mas não sabia sequer que estava grávida.

Citada pela imprensa britânica, Jess Davis - que celebrou 20 anos um dia após o bebé nascer - revelou que não tinha sintomas óbvios de gravidez, nem barriga de grávida. Além disso, a sua menstruação sempre fora irregular, motivo pelo qual não estranhou o atraso e, quando começou a ter dores abdominais, assumiu que se tratavam de dores menstruais. 

“Por vezes, senti náuseas, mas tinha começado a tomar uma nova medicação”, explicou a jovem estudante universitário. Por isso, quando o pequeno Freddie nasceu foi “o maior choque” da sua vida. “No início, pensei que estava a sonhar. Só percebi o que tinha acontecido quando o ouvi a chorar”, afirmou.

Os trabalho de parto começou durante a noite, quando Jess acordou com fortes dores. As dores eram tantas que “mal conseguia andar” ou “deitar-se” na cama.  “Era suposto eu estar a dar uma festa em casa naquela noite para o meu aniversário no dia seguinte, por isso tomei um duche e um banho para tentar sentir-me melhor, mas a dor só piorava cada vez mais”, explicou.

Depois sentiu “uma necessidade esmagadora” de ir à casa de banho, sentou-se e começou a fazer força. Nesta altura, já pensava que “estava a dar à luz” e “sabia que precisava de fazer força”. “Ouvi-lo chorar e aperceber-me do que tinha realmente acontecido era tão surreal”, contou.

Ligou aos amigos, que não acreditaram - pensaram tratar-se de uma “desculpa” para não ter de fazer uma festa. No entanto, quando viram as fotografias, aconselharam a jovem mãe a chamar uma ambulância. 

Apesar de ter ficado chocada ao início, Jess diz já ter conseguido ultrapassar o choque inicial e adaptar-se ao bebé, que nasceu às 35 semanas. “É o bebé mais ‘fixe’ de sempre. É conhecido como o bebé mais calmo da ala [da maternidade]”, contou ainda.

A notícia da chegada do bebé foi bem recebida pela mãe de Jess, que está “entusiasmada com a ideia de ser avó”. 

O próximo passo é sair da Universidade de Southampton e inscrever-se numa universidade local, para estar mais perto do filho. “Ser mãe é uma enorme mudança de vida, mas parece natural. O amor que tenho pelo Freddie é difícil de explicar, mas é incrível. Estou sempre a pensar nele. Estou ansiosa por vê-lo crescer e estar lá para ele a cada passo do caminho”, finalizou.

Leia Também: Tentaram levar criança para o Reino Unido para lhe retirar órgãos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório