Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 32º

AO MINUTO: O "efeito dominó" da guerra; Kyiv reavê terrenos?

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

AO MINUTO: O "efeito dominó" da guerra; Kyiv reavê terrenos?
Notícias ao Minuto

07:41 - 09/06/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Ucrânia/Rússia

Chegámos ao 105.º dia de guerra com o combate concentrado, sobretudo, na cidade de Severodonetsk. Segundo o presidente ucraniano, o futuro da região do Donbass, no leste da Ucrânia, “está a ser decidido” nesta batalha.

Entretanto, o Parlamento Europeu apoiou, esta quarta-feira, uma resolução que apela a que a Ucrânia receba o estatuto de país candidato à adesão à União Europeia (EU), o que vai ajudar o país a ter cada vez mais proximidade com o Ocidente.

Fim de acompanhamento

Teresa Banha | há 2 meses

Boa noite! Damos como terminada este acompanhamento AO MINUTO sobre os acontecimentos mais relevantes da guerra na Ucrânia. O acompanhamento deste conflito será retomado na manhã de sexta-feira.

Borrell alerta para efeito dominó da guerra que pode tornar-se "tsunami"

Teresa Banha | há 2 meses

O alto representante da União Europeia para a Política Externa, Josep Borrell, alertou, esta quinta-feira, para o "efeito dominó" que o "terremoto" da guerra na Ucrânia pode ter no mundo, avisando que pode resultar num "tsunami" mundial.

Borrell alerta para efeito dominó da guerra que pode tornar-se "tsunami"

O alto representante da União Europeia para a Política Externa, Josep Borrell, alertou hoje para o "efeito dominó" que o "terremoto" da guerra na Ucrânia pode ter no mundo, avisando que pode resultar num "tsunami" mundial.

Lusa | 23:50 - 09/06/2022

Tribunal Europeu recebe queixa por Rússia não investigar Wagner

Teresa Banha | há 2 meses

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) recebeu uma queixa de três organizações por a principal autoridade de investigação russa não investigar o assassínio de um cidadão sírio, em 2017, por mercenários do grupo Wagner.

Tribunal Europeu recebe queixa por Rússia não investigar Wagner

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) recebeu uma queixa de três organizações por a principal autoridade de investigação russa não investigar o assassínio de um cidadão sírio, em 2017, por mercenários do grupo Wagner.

Lusa | 23:09 - 09/06/2022

Zelenksy fala em "novidades positivas" quanto a territórios

Teresa Banha | há 2 meses

O presidente da Ucrânia explicou, esta quinta-feira, que as suas tropas estão a "aguentar" a linha da frente em Donbass. "A frente de batalha não teve mudanças significativas hoje. Severodonetsk, Lysychansk e outras cidades no Donbass que osocupantes consideram como alvos estão a aguentar-se", disse, durante o seu vídeo diário.

De acordo com Volodymyr Zelensky, há "novidades positivas" quanto à região de Zaporizhzhia, onde as tropas ucranianas estarão a "impedir os planos dos ocupantes. "Estamos a avançar na região de Kharkiv, libertando a nossa terra. Mantemos a defesa na região de Mykolaiv", rematou.

Líder da União Europeia pede à Ucrânia para começar desminagem

Teresa Banha | há 2 meses

O presidente da União Africana pediu, esta quinta-feira, à Ucrânia que proceda à desminagem do porto de Odessa, por forma agilizar as exportações de trigo.

"Os preços dos cereais em África - o continente mais pobre - atingiram um pico por causa da quebra nas exportações", afirmou Macky Sall, citado pela agência France Press, e acrescentando que eventuais perturbações civis são agora mais prováveis.

O também presidente do Senegal, que se encontrou com o presidente da Rússia, disse que este lhe assegurou que não haveria um ataque russo na zona em caso de desminagem. "Eu até lhe disse: 'Os ucranianos dizem que se retirarem as minas [do mar] as tropas russas vão entrar pelo porto'. Ele disse que não, não ia entrar, e esse é um compromisso que ele assumiu", afirmou.

Ainda hoje, o vice-ministro da Política Agrária e Alimentação da Ucrânia disse que iria retirar as minas quando a guerra acabasse"A Ucrânia está pronta para cumprir com as suas obrigações e fornecer os bens essenciais para garantir a segurança alimentar. É muito claro, a Rússia tem que parar com esta guerra", afirmou Taras Vysotskyi à CNN.

Há 288 suspeitos de crimes de guerra, diz ministro do Interior ucraniano

Teresa Banha | há 2 meses

O ministro do Interior da Ucrânia disse, esta quinta-feira, que a Ucrânia continua a processar soldados russos por alegados crimes de guerra. "Estes crimes não têm limitações. Sempre que esses monstros são encontrados, vão ser tidos em conta", explicou Denys Monastyrsky à agência France Press, acrescentando que até agora "há 288 pessoas suspeitas" de terem cometido este tipo de crimes.

De acordo com o responsável, estão a decorrer negociações para que os prisioneiros de guerra ucranianos sejam libertados, com prioridade para os feridos. "É fundamental que eles regressem, para que sejam salvos de uma morte iminente", rematou.

"Estão a morrer como moscas", diz governador de Lugansk

Teresa Banha | há 2 meses

O governador de Lugansk anunciou, esta quinta-feira, que as tropas ucranianas estão a ter sucesso em combate na zona separatista. "Estão a morrer como moscas", escreveu Serhiy Gaidai, de acordo com a Reuters, referindo-se às tropas russas. "As baixas russas ultrapassam, e em muito, as nossas", rematou.

O responsável explicou que o combate está agora concentrado no sul de Severodonetsk, e que, apesar de a Ucrânia estar a ser bem sucedida, são precisas mais armas para combater o armamento russo, que é mais epsecializado.

Zelensky discutiu entrega de "armas pesadas" e entrada na UE com Macron

Teresa Banha | há 2 meses

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, e seu o homólogo francês, Emmanuel Macron, discutiram, esta quinta-feira, a ajuda militar da França à Ucrânia, incluindo a entrega de "armas pesadas", e a candidatura de Kyiv à União Europeia.

Zelensky discutiu entrega de "armas pesadas" e entrada na UE com Macron

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, e seu o homólogo francês, Emmanuel Macron, discutiram hoje a ajuda militar da França à Ucrânia, incluindo a entrega de "armas pesadas", e a candidatura de Kiev à União Europeia (UE).

Lusa | 22:43 - 09/06/2022

Agência atómica da ONU está a preparar visita a central de Zaporizhzhia

Teresa Banha | há 2 meses

A agência atómica da ONU anunciou, esta quinta-feira, que está a "trabalhar ativamente" para organizar uma visita à central nuclear de Zaporizhzhia, à qual a Ucrânia se opôs de novo, enquanto o local estiver ocupado pelas forças russas.

Agência atómica da ONU está a preparar visita a central de Zaporizhzhia

A agência atómica da ONU anunciou hoje que está a "trabalhar ativamente" para organizar uma visita à central nuclear de Zaporizhzhia, à qual a Ucrânia se opôs de novo, enquanto o local estiver ocupado pelas forças russas.

Lusa | 21:48 - 09/06/2022

Políticos europeus em Kyiv para pedir aceleração de candidatura à UE

Teresa Banha | há 2 meses

A organização United For Ukraine (U4U), que reúne políticos de mais de 30 países, incluindo Portugal, defendeu, esta quinta-feira, em Kyiv, a aceleração da candidatura da Ucrânia à União Europeia e de um "futuro Plano Marshall" para o país invadido pela Rússia.

Políticos europeus em Kyiv para pedir aceleração de candidatura à UE

A organização United For Ukraine (U4U), que reúne políticos de mais de 30 países incluindo Portugal, defendeu hoje, em Kyiv, a aceleração da candidatura da Ucrânia à União Europeia e de um "futuro Plano Marshall" para o país invadido pela Rússia.

Lusa | 21:23 - 09/06/2022

Putin compara a sua política à de Pedro, o Grande

Teresa Banha | há 2 meses

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, comparou a sua política à do czar Pedro, o Grande, quando este combateu a Suécia, invadindo uma parte do seu território, bem como a Finlândia, uma parte da Estónia e da Letónia.

Putin compara a sua política à de Pedro, o Grande

O Presidente russo, Vladimir Putin, comparou a sua política à do czar Pedro, o Grande, quando este combateu a Suécia, invadindo uma parte do seu território, bem como a Finlândia, uma parte da Estónia e da Letónia.

Lusa | 21:05 - 09/06/2022

Kyiv condena 'julgamento-espetáculo' de combatentes estrangeiros

Teresa Banha | há 2 meses

Um porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia disse, esta quinta-feira,  que as condenações à morte de dois cidadãos britânicos e um marroquino - levadas a cabo por um tribunal separatista pró-russo - devem "ser consideradas nulas e sem efeito".

Kyiv condena 'julgamento-espetáculo' de combatentes estrangeiros

Um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros ucraniano disse hoje que as condenações à morte, por um alegado tribunal separatista pró-russo, de dois cidadãos britânicos e um marroquino devem "ser consideradas nulas e sem efeito".

Lusa | 20:54 - 09/06/2022

Zelensky aplica sanções contra Putin e todos os seus ministros

Teresa Banha | há 2 meses

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou, esta quinta-feira, um decreto que impõe sanções pessoais contra líderes russos, incluindo o chefe de Estado da Rússia, Vladimir Putin, e todos os seus ministros, devido à invasão militar russa em território ucraniano.

Ucrânia. Zelensky aplica sanções contra Putin e todos os seus ministros

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, assinou hoje um decreto que impõe sanções pessoais contra líderes russos, incluindo o chefe de Estado, Vladimir Putin, e todos os seus ministros, devido à intervenção militar russa no seu país.

Lusa | 20:53 - 09/06/2022

"Não há perigo de um ataque [terreste] em Kyiv hoje"

Teresa Banha | há 2 meses

O ministro do Interior da Ucrânia disse, esta quinta-feira, que não há avanços das tropas russas em direção a Kyiv. "Não há perigo de um ataque [terreste] em Kyiv hoje", garantiu à Assciated Press, acrescentando, no entanto, que "quaisquer cenários são possíveis amanhã". "Sendo assim, estamos a treinar fortemente - preparação na linha de defesa, treino para aqueles que se mantêm", referiu

Denys Monastyrsky lembrou, no entanto, que um ataque aéreo é sempre possível. "Qualquer sítio na Ucrânia pode ser alvo de um míssil, incluíndo Kyiv", sublinhou, alertando para possíveis alvos como as zonas junto aos edifícios governamentais ou ao centro histórico.

Rússia quer ter 'know-how' tecnológico, mas procura parceiros comerciais

Teresa Banha | há 2 meses

O presidente da Rússia disse que o país estava à procura de novos parceiros comerciais porque a produção de bens no país não era a única solução para combater as sanções impostas.

"A substituição das importações não é um remédio milagroso", afirmou, citado pela agência France-Press, num encontro com jovens empresários, que se referiram à falta de alguns bens necessários ao desenvolvimento de vacinas. "Não estamos a tentar substituir completamente as importações [com o fabrico doméstico]", garantiu, acrescentando que a Rússia ia coloborar com "quem fosse possível colaborar".

Quanto à indústria tecnológica Vladimir Putin disse, no entanto, que era "importante ter o próprio 'know-how'". "Estamos a desenvolvê-lo", referiu.

Apesar das sanções, Rússia pode ainda estar a lucrar (mais) com petróleo

Teresa Banha | há 2 meses

O mediador dos Estados Unidos para as questões energéticas disse, esta quinta-feira, que a Rússia poderá estar a lucrar mais com a venda de combustíveis fósseis do que antes do início da guerra na Ucrânia.

"Não posso negar isso", disse Amos Hochstein, citado pela Reuters, durante uma reunião sobre a subida dos preços do petróleo.

Vedações na Europa? Finlândia planeia reforço fronteiriço

Teresa Banha | há 2 meses

O governo da Finlândia está planear alterar a legislação por forma a reforçar a sua fronteira com a Rússia, que tem cerca de 1300 km. De acordo com o que noticia a Reuters, esta quinta-feira, o país quer substituir os sinais e linhas de plásticos na fronteira por vedações, assim como construir novas estradas que permitam patrulhar do lado finlandês.

Ainda de acordo com a agência, uma das alterações também será destinar apenas certos pontos da fronteira a eventuais pessoas que cheguem para requerer asilo - o que vai contra as normas da União Europeia, que determina que os migrantes podem pedir asilo ao países pertencentes em qualquer ponto da fronteira.

Morte de britânico? "Julgamento nojento" e "violação flagrante"

Teresa Banha | há 2 meses

Um deputado britânico considerou, esta quinta-feira, que a condenação de Aidan Aslin, um dos três homens que lutaram pela Ucrânia e foram condenados à morte pelas autoridades russas, foi um "julgamento nojento feito ao estilo da era soviética". "É o último lembrete da depravação do regime de Putin", escreveu Robert Jenrick no Twitter.

Jenrick recordou que este julgamento é uma "violação flagrante" da convenção de Genebra e que a Rússia "não deveria sair impune disto".

Aiden must be released as soon as practicable.

ACM confirma reconhecimento da Associação dos Ucranianos em Portugal

Teresa Banha | há 2 meses

O Alto Comissariado para as Migrações (ACM) assegurou, esta quinta-feira, o reconhecimento da Associação dos Ucranianos em Portugal (AUP), indicando que essa informação "é pública" e que a Câmara de Lisboa não pediu quaisquer dados para o protocolo estabelecido.

ACM confirma reconhecimento da Associação dos Ucranianos em Portugal

O Alto Comissariado para as Migrações (ACM) assegurou hoje o reconhecimento da Associação dos Ucranianos em Portugal (AUP), indicando que essa informação "é pública" e que a Câmara de Lisboa não pediu quaisquer dados para o protocolo estabelecido.

Lusa | 16:00 - 09/06/2022

Ucrânia prevê diminuição de 30 milhões de toneladas na próxima colheita

Teresa Banha | há 2 meses

O vice-ministro de Política Agrária e Alimentação da Ucrânia disse, esta quinta-feira, que as colheitas do país podem diminuir em até 40% no próximo ano. 

"Prevemos que a colheita vai ser menor em cerca de 35% comparada com os outros anos, o que significa que haverá menos de cerca de 30 milhões de toneladas [de trigo], 35%-40% menos, quase metade do que colhemos no último ano", disse à CNN Taras Vysotskyi.

Ucrânia prevê produzir menos 30 milhões de toneladas de trigo

Quem o diz é o vice-ministro da Agricultura, que também falou acerca da desminagem junto aos portos ucranianos.

Lusa | 18:40 - 09/06/2022

"Julgamento fraudulento". MNE britânica condena sentença de soldados

Teresa Banha | há 2 meses

A ministra dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido condenou, esta quinta-feira, a decisão das autoridades russas de sentenciarem à morte dois soldados britânicos que combateram pela Ucrânia.

"Este é um julgamento fraudulento e sem qualquer legitimidade", escreveu Liz Truss no Twitter, após a agência estatal RIA ter avançado que as autoridades russas condenaram à morte três soldados que combateram pela Ucrânia, dos quais dois são britânicos.

Truss sobre condenação de soldados: "É um julgamento fraudulento"

Recorde-se que dois soldados britânicos foram julgados pelas autoridades russas e condenados à morte, de acordo com o que a agência estatal RIA avançou esta quinta-feira.

Notícias ao Minuto | 16:38 - 09/06/2022

Soldados britânicos condenados à morte? Há "grandes preocupações"

Teresa Banha | há 2 meses

Um porta-voz do governo britânico disse, esta terça-feira, que há "grandes preocupações" em volta da condenação de dois soldados britânicos que lutaram pela Ucrânia e que foram, esta quinta-feira, condenados à morte pelas autoridades russas.

"Temos dito continuamente que não deve haver explorações dos prisioneiros de guerra para fins políticos", afirmou o responsável, citado pelo Guardian, lembrando que "sob a Convenção de Genebra os prisioneiros de guerra têm direito à imunidade de combatente".

Kuleba fala sobre próximo pacote de sanções à Rússia com homólogo checo

Teresa Banha | há 2 meses

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia anunciou, esta terça-feira, que falou com o seu homólogo checo, Jan Lipavský, sobre "as formas de reforçar a cooperação" entre os dois países. "Também nos concentrámos no 7.º pacote de sanções da União Europeia", escreveu Dmytro Kuleba no Twitter, acrescentando: "Agradecidos por ver que a integração da Ucrânia na União Europeia é uma das prioridades para a futura presidência checa no Conselho da União Europeia". A República Chega assumirá a liderança deste órgão europeu a 1 de julho.

Portugal e EUA reiteram necessidade de responsabilizar líderes russos

Beatriz Cavaca | há 2 meses

Portugal e os Estados Unidos reiteraram, numa declaração conjunta divulgada hoje, que os líderes da Rússia devem ser responsabilizados pela "guerra brutal" que iniciaram na Ucrânia em 24 de fevereiro.

A declaração conjunta, divulgada hoje pela diplomacia portuguesa, foi aprovada na 47.ª reunião da Comissão Bilateral Permanente, realizada na quarta-feira, em Washington, que teve a guerra na Ucrânia como um dos temas em destaque.

Portugal e EUA reiteram necessidade de responsabilizar líderes russos

Portugal e os Estados Unidos reiteraram, numa declaração conjunta divulgada hoje, que os líderes da Rússia devem ser responsabilizados pela "guerra brutal" que iniciaram na Ucrânia em 24 de fevereiro.

Lusa | 15:52 - 09/06/2022

Entidades educativas ucranianas assumem avaliação de alunos em Portugal

Beatriz Cavaca | há 2 meses

As autoridades educativas ucranianas vão garantir a avaliação dos alunos acolhidos em Portugal, na sequência da guerra causada pela invasão russa, de acordo com as orientações emitidas pela Direção-Geral da Educação.

Cerca de 60 navios de guerra russos participam em manobras no Báltico

Beatriz Cavaca | há 2 meses

Cerca de 60 navios de guerra, lanchas e navios de abastecimento estão a participar em manobras táticas navais da Frota do Báltico da Marinha Russa, que começaram hoje no Mar Báltico, informou o Ministério da Defesa russo.

A Rússia começou a pagar aos pensionistas de Mariupol em rublos

Beatriz Cavaca | há 2 meses

As forças russas começaram a pagar pensões aos residentes de Mariupol em rublos russos, com dinheiro em papel, segundo relatou um assessor do governador ucraniano da cidade, Petro Andrushchenko, citado pela CNN Internacional, esta quinta-feira.

“Sabe-se agora que os ocupantes já entregaram caminhões com dinheiro”, disse Petro Andrushchenko na televisão nacional. “As pensões estão a ser entregues aos aposentados em rublos russos – o que mostra muito bem o que é a economia russa, que tal quantia de dinheiro pode ser estupidamente trazida em dinheiro e começar a ser distribuída”, acrescentou.

Rússia não fará mais cortes de gás porque Europa está a pagar em rublos

Beatriz Cavaca | há 2 meses

A Rússia disse, esta quinta-feira, que não espera que aconteçam novos cortes de gás na Europa por parte da empresa estatal Gazprom, uma vez que a maioria dos compradores começou a pagar em rublos, avança a agência EFE.

"O sistema (para pagar o gás em rublos) funciona e os que o recebem trabalham segundo o previsto pelo novo sistema", disse o porta-voz da Presidência russa, Dmitry Peskov, na conferência de imprensa diária.

Soldados voluntários britânicos e marroquino condenados à morte

Beatriz Cavaca | há 2 meses

O Supremo Tribunal de Donetsk acaba de condenar à morte três voluntários estrangeiros capturados que tinham lutado do lado ucraniano - os dois britânicos Aidan Aslin e Sean Pinner e o marroquino Saadoun Brahim.

A notícia é avançada pela agência estatal russa RIA-Nóvosti. O Ministério Público local concluiu, esta quarta-feira, após interrogar os acusados, que os três lutaram como mercenários em território ucraniano.

Donetsk. Soldados voluntários britânicos e marroquino condenados à morte

Três prisioneiros (dois britânicos e um marroquinos), presumíveis voluntários no Exército ucraniano detidos pelas autoridades pró-russas, foram condenados à morte.

Marta Amorim | 15:06 - 09/06/2022

Boris Johnson contra risco de se aceitar "mau compromisso" com Rússia

Beatriz Cavaca | há 2 meses

"Encorajar uma paz má na Ucrânia seria encorajar Putin e todos aqueles no mundo que pensam que a agressão compensa", disse, num discurso em Blackpool, noroeste de Inglaterra.

Comissão Europeia anuncia em Kyiv mais 205 milhões em ajuda humanitária

Beatriz Cavaca | há 2 meses

A União Europeia atribuiu hoje mais 205 milhões de euros em assistência humanitária à Ucrânia, anunciou a Comissão Europeia, por ocasião de uma visita a Kyiv do comissário responsável pela Gestão de Crises, Janez Lenarcic.

Mais de 7,2 milhões de pessoas saíram da Ucrânia

Beatriz Cavaca | há 2 meses

Mais de 7,2 milhões de pessoas saíram da Ucrânia devido à guerra, iniciada pela Rússia em 24 de fevereiro, e 2,3 milhões atravessaram a fronteira em sentido contrário até terça-feira, segundo dados divulgados hoje pela ONU.

Putin adia 'linha direta' que acontece todos os anos com população

Beatriz Cavaca | há 2 meses

Em junho, não haverá 'linha direta' entre o presidente russo Vladimir Putin e os cidadãos - algo que acontece todos os anos. A informação foi avançada pelo secretário de imprensa do presidente, Dmitry Peskov, relata o meio de comunicação russo RBC.

Zelensky pede que a Rússia seja excluída da FAO

Anabela Sousa Dantas | há 2 meses

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, apelou hoje à exclusão da Rússia da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), com acusações a Moscovo de que está a bloquear e roubar cereais ucranianos.

"Qual seria o lugar da Rússia na FAO se causa fome a pelo menos 400 milhões de pessoas, ou mesmo mais de mil milhões?", disse Zelensky num discurso transmitido por videoconferência numa reunião ministerial da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Nenhum acordo foi alcançado com a Turquia sobre a exportação de cereais

Beatriz Cavaca | há 2 meses

A Rússia e a Turquia não chegaram a acordo sobre a exportação de cereais da Ucrânia através dos portos do Mar Negro. A informação é avançada pelo jornal The Guardian, que cita Dmitry Peskov, porta voz do Kremlin.

O responsável diz ainda que a Rússia não espera que a Gazprom corte o fornecimento de gás a mais clientes europeus, acrescentando que o seu esquema para fazer os compradores pagarem pelo seu gás em rublos esta a funcionar como é suposto.

Espanha espera "sinal claro e contundente de unidade" da NATO em Madrid

Beatriz Cavaca | há 2 meses

O Governo espanhol disse hoje que da cimeira da NATO deste mês em Madrid "deve sair um sinal claro e contundente de unidade" da organização perante novos desafios, como os que surgiram com a guerra da Ucrânia.

Separatistas anunciam início da batalha por Sloviansk no leste da Ucrânia

Beatriz Cavaca | há 2 meses

As forças pró-russas da autoproclamada república popular de Donetsk na Ucrânia, reconhecida pelo Kremlin, anunciaram hoje o início da batalha por Sloviansk, que juntamente com Kramatorsk, serão os principais objetivos russos no Donbass.

Rússia isolada pela guerra celebra o czar que abriu o país à Europa

Beatriz Cavaca | há 2 meses

A Rússia comemora hoje os 350 anos do czar Pedro o Grande, que aproximou o império da Europa, numa altura em que Moscovo está em rota de colisão com o Ocidente devido à guerra na Ucrânia.

Para assinalar o aniversário do nascimento do czar e imperador, o Presidente russo, Vladimir Putin, deverá visitar uma exposição em Moscovo dedicada à vida de Pedro I, cognominado o Grande.

Guterres diz que guerra na Ucrânia ameaça "onda de fome sem precedentes"

Beatriz Cavaca | há 2 meses

A guerra na Ucrânia ameaça “desencadear uma onda de fome e miséria sem precedentes” em todo o mundo, segundo avisou o secretário-geral das Nações Unidas.

“Para quem está no terreno, cada dia traz novo derramamento de sangue e sofrimento”, sublinha. “E para as pessoas em todo o mundo, a guerra, juntamente com as outras crises, ameaça desencadear uma onda sem precedentes de fome e miséria, deixando caos social e económico”, refere ainda.

Rússia está a fazer exercícios militares perto da Polónia e da Lituânia

Beatriz Cavaca | há 2 meses

O ministério da defesa da Rússia anunciou que “60 navios de guerra de superfície, barcos e embarcações de apoio, mais de 40 aeronaves e helicópteros, bem como 2 mil unidades de armas, equipamentos militares e especiais da Frota do Báltico” estão envolvidos em exercícios esta quinta-feira em Kaliningrado, cita o jornal The Guardian.

Kaliningrado é um enclave russo situado entre a Polónia e a Lituânia ao longo da costa do Báltico.

Marcelo diz que foi convidado pelo presidente polaco para ir à Polónia

Beatriz Cavaca | há 2 meses

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que recebeu na quarta-feira à noite o seu homólogo polaco, em Braga, considerou que o encontro "correu muitíssimo bem" e disse que foi convidado para ir à Polónia.

Sem querer detalhar os assuntos tratados nesta reunião, o chefe de Estado referiu: "O que posso dizer, essa parte posso dizer, é que [Andrzej Duda] insistiu muito, muito para que eu fosse à Polónia. Já tinha formulado o convite há muito tempo, insistiu muito que fosse, se possível ainda antes do verão".

Volodymyr Zelensky falou na gala Time 100

Beatriz Cavaca | há 2 meses

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky alertou que milhões de pessoas no mundo podem morrer de fome se a Rússia não permitir que a Ucrânia exporte cereais dos seus portos.

“Não podemos exportar o nosso trigo, milho, óleo vegetal e outros produtos que desempenharam um papel estabilizador no mercado global”, disse o presidente num  discurso em vídeo gravado para a gala do Time 100.

“Isso significa que, infelizmente, dezenas de países podem enfrentar uma escassez física de alimentos. Milhões de pessoas podem morrer de fome se o bloqueio da Rússia ao Mar Negro continuar”, referiu ainda.

Embaixador russo na ONU diz que "progresso está a ser feito" na Ucrânia

Beatriz Cavaca | há 2 meses

O embaixador da Rússia nas Nações Unidas disse em declarações à BBC, esta quarta-feira, que as forças armadas do país estão a progredir de acordo com o plano em sua “operação militar especial”, na Ucrânia.

"O progresso está a ser feito, isso está claro", disse Vasily Nebenzya, embaixador da Rússia nas Nações Unidas, à BBC numa entrevista transmitida esta quarta-feira.

Ucrânia poderia "limpar Severodonetsk em dois ou três dias"

Beatriz Cavaca | há 2 meses

Serhiy Haidai, governador ucraniano de Luhansk, citado pelo The Guardian, diz que atualmente é impossível evacuar as pessoas de Severodonetsk, onde a luta continua, mas se o Ocidente pudesse fornecer armas de longo alcance, as forças ucranianas seriam capazes de “limpar Severodonetsk em dois ou três dias”.

Através do seu canal da rede social Telegram o responsável diz que "o silêncio em Severodonetsk dura apenas quando as armas são recarregadas. As lutas na rua continuam no centro regional".

Acrescenta que "os russos aderem às suas táticas primitivas: fogo de artilharia pesada, e tentativas de romper. A mesma coisa aconteceu nas já destruídas cidades de Rubizhne e Popasna"

Refere ainda que "se conseguirmos rapidamente armas ocidentais de longo alcance, um duelo de artilharia vai começar e a União Soviética perderá para o oeste e nossos combatentes vão poder limpar Severodonetsk em dois ou três dias".

"A evacuação de Sievierodonetsk ainda é impossível, assim como o transporte de mercadorias. Atualmente, o hospital tem todo o necessário para estabilizar os feridos", detalha, por fim.

Combates prosseguem em Severodonetsk e avançam para Izium

Beatriz Cavaca | há 2 meses

O Ministério da Defesa do Reino Unido refere hoke que hoje os "militares continuam em Severodonetsk" no entanto, "nas últimas 48 horas, o Grupo de Forças do Leste da Rússia (EGF) provavelmente também aumentou seus esforços para avançar para o sul de Izium".

"O progresso da Rússia no eixo de Izium permaneceu paralisado desde abril, depois das forças ucranianas fazerem bom uso do terreno para retardar o avanço da Rússia" referem. No entanto, "a Rússia provavelmente tentou reconstituir as EGF depois de sofrer baixas muito pesadas no avanço fracassado em Kyiv" sendo que as suas unidades permanecem fracas.

Segundo a tutela, "a Rússia provavelmente planeia recuperar o impulso nesta área para pressionar ainda mais Severodonetsk e avançar mais fundo em Donetsk.

Menina toca flauta em Dnipro e angaria quase 4 mil euros para exército

Beatriz Cavaca | há 2 meses

A pequena Solomiya Reut, uma menina de seis anos, natural de Dnipro, Ucrânia, toca flauta no centro da cidade e angaria fundos para ajudar os defensores da Ucrânia.

Veja aqui esta história:

Menina toca flauta em Dnipro e angaria quase 4 mil euros para exército

Solomiya tem apenas 6 anos.

Notícias ao Minuto | 07:57 - 09/06/2022

Presidente polaco critica Macron e Scholz por conversações com Putin

Beatriz Cavaca | há 2 meses

O Presidente da Polónia, Andrzej Duda, criticou numa entrevista ao jornal alemão Bild os homólogos francês e alemão por manterem conversações com o líder russo, Vladimir Putin, apesar da invasão da Ucrânia.

Dialogar com Vladimir Putin representa uma "espécie de legitimação de uma pessoa responsável por crimes perpetrados pelo Exército russo na Ucrânia", sustentou o líder polaco.

Por outro lado, disse que a situação na Ucrânia é comparável à da Alemanha nazi na Segunda Guerra Mundial.

"E alguém falou assim com Adolf Hitler durante a Segunda Guerra Mundial? (...) Alguém lhe disse que tinha que evitar a humilhação? Que as coisas tinham que ser feitas de forma a não humilhar Adolf Hitler?", acrescentou

Corpo de jornalista morto na Ucrânia repatriado para a França

Beatriz Cavaca | há 2 meses

Os amigos e familiares do jornalista francês Frédéric Leclerc-Imhoff participaram numa cerimónia de repatriamento no aeroporto de Le Bourget, no norte de Paris. O repatriamento aconteceu esta manhã.

O homem de 32 anos, que trabalhava para o canal de notícias 24 horas BFMTV, foi morto na Ucrânia no mês passado.

Notícias ao Minuto Repatriamento de Frédéric Leclerc-Imhoff© Reuters  

Howard Buffett diz a Zelensky que quer ajudar na reconstrução do país

Beatriz Cavaca | há 2 meses

O empresário e filantropo norte-americano Howard Buffett disse na quarta-feira que queria ajudar a reconstruir as infraestruturas da Ucrânia, remover minas terrestres e melhorar a nutrição nas escolas.

Para recordar...

Beatriz Cavaca | há 2 meses

Bom dia!

Beatriz Cavaca | há 2 meses

Iniciamos esta manhã de quinta-feira uma nova cobertura AO MINUTO da guerra na Ucrânia. Poderá recordar tudo o que aconteceu na quarta-feira, no registo abaixo.

AO MINUTO: "Caravana de morte"; Futuro "decidido" em Severodonetsk

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 07:41 - 08/06/2022

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório