Meteorologia

  • 01 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Carrie Johnson realizou festa para o marido? Ministro afasta investigação

Boris Johnson terá celebrado não uma, mas duas vezes o seu aniversário em festas que não eram permitidas devido à pandemia. Contudo, esta segunda festa não estará no relatório da investigação realizado por Sue Gray.

Carrie Johnson realizou festa para o marido? Ministro afasta investigação
Notícias ao Minuto

11:29 - 30/05/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Reino Unido

O ministro da Tecnologia e Economia Digital do Reino Unido, Chris Phip, descartou uma investigação às alegações de que Carrie Johnson, mulher do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, realizou uma festa com amigos para celebrar o aniversário do marido, no apartamento onde vivem em Downing Street, quebrando as regradas impostas no âmbito da pandemia da Covid-19. A festa não faz parte do inquérito realizado pela investigadora Sue Gray, conhecido na semana passada.

Chris Phip diz que ocorreu uma "conjunto de investigações inacreditavelmente abrangente" nos últimos seis meses e afasta a possibilidade de ser feita uma nova averiguação a esta alegada festa.

"Tendo duas investigações separadas, inclusive pela polícia, ao longo de muitos meses, não é imediatamente óbvio para mim que precisemos de mais investigações quando este provavelmente foi, com razão, o conjunto de incidentes mais investigado nos últimos tempos", disse, em declarações à Sky News. 

O governante britânico disse ainda que não tinha "nenhum conhecimento interno" do suposto evento.

É de realçar que, no fim de semana, o The Sunday Times noticiou que o gabinete de Simon Case, responsável pela resposta à pandemia, recebeu informações de que mensagens sugeriam que a esposa de Boris Johnson havia organizado um encontro, no dia 19 de junho de 2020, para celebrar os 56 anos do marido - uma festa de aniversário paralela àquela que valeu uma multa ao primeiro-ministro britânico.

O evento não tinha sido divulgado anteriormente e não fez parte da investigação publicada por Sue Gray, que ocupa o cargo de segunda-secretária permanente do gabinete do primeiro-ministro, e que ficou responsável por investigar as polémicas festas em Downing Street.

As mensagens mostram que um assessor de Downing Street disse a Carrie Johnson que o seu marido estava a caminho do apartamento para o seu aniversário, ao que Carrie respondeu que já lá estava com alguns amigos. Sue Gay terá sido informada destas mensagens em janeiro, mas nada aconteceu.

Começam agora a surgir acusações de interferência do governo no relatório.

Leia Também: Partygate. "Vinho nas paredes", "vomitado" e "maus-tratos a funcionários"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório