Meteorologia

  • 02 OUTUBRO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 30º

Guerra na Ucrânia. Eslováquia reduz dependência do gás russo

A Eslováquia conseguiu reduzir a sua dependência do gás russo, mediante contratos de fornecimento alternativo realizados com a Noruega e outros países, anunciou hoje o ministro da Economia, Richard Sulik.

Guerra na Ucrânia. Eslováquia reduz dependência do gás russo

Este país do centro da Europa, fronteiriço com a Ucrânia, recebia até agora da Federação Russa 80% do gás que consumia.

Os novos contactos permitem uma redução desta percentagem, uma vez que a Noruega vai fornecer 32% do consumo anual da Eslováquia e outros 34% hão de vir de Croácia, Itália, Bélgica e Reino Unido.

Mas a dependência do gás russo vai diminuir ainda mais, uma vez que a Eslováquia vai passar a receber gás também da Polónia, assim que estiver concluído o gasoduto entre os dois países.

Uma vez que o país continua a comprar gás russo, está com um stock superior ao necessário, o que lhe vai permitir encher os depósitos subterrâneos, detalhou Sulik, durante uma conferência de imprensa, em Bratislava, segundo o sítio noticioso Slovak Spectator.

Leia Também: Cimeira da UE. Von der Leyen descarta consenso sobre embargo de gás russo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório