Meteorologia

  • 04 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 28º

AO MINUTO: "Tentar alcançar objetivos até ao 100.º dia"; Assalto a Kyiv?

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

AO MINUTO: "Tentar alcançar objetivos até ao 100.º dia"; Assalto a Kyiv?
Notícias ao Minuto

07:24 - 27/05/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Covid-19

Três meses após o início da guerra, o conflito centra-se agora na zona do Donbass. As tropas russas concentram, agora, os seus ataques na cidade de Severodonetsk, a única zona da região de Lugansk que continua sob controle do governo ucraniano. 

"A atual ofensiva dos ocupantes no Donbass pode tornar a região desabitada", disse Zelensky, esta quinta-feira. Recorde-se que segundo as forças ucranianas, Lugansk poderá ser alvo de um massacre semelhante (ou pior) do que o de Mariupol.

Fim de cobertura

Daniela Filipe | há 1 mês

Boa noite! Damos como terminado este acompanhamento AO MINUTO da guerra na Ucrânia, que será retomado num novo registo, na manhã de sábado. Até lá, obrigada pela preferência!

"Tão difícil Portugal recuperar Olivença como Ucrânia recuperar Crimeia"

Daniela Filipe | há 1 mês

O ex-deputado do PCP, António Filipe, comentou, esta sexta-feira, no 'Expresso da Meia Noite', na SIC Notícias, a guerra na Ucrânia, onde defendeu que "tem que haver uma negociação, não há alternativa a isso" e explicou que "numa situação como esta, quanto mais tarde pior".

"É tão difícil Portugal recuperar Olivença aos espanhóis como a Ucrânia vir a recuperar a Crimeia", frisou o político, esclarecendo que essa hipótese "não está em cima da mesa", visto que "não há qualquer possibilidade, do ponto de vista militar, de a Ucrânia recuperar a Crimeia".

NATO. Objeções da Turquia podem ser superadas rapidamente, dizem EUA

Daniela Filipe | há 1 mês

Os Estados Unidos estão confiantes de que as objeções da Turquia à adesão da Finlândia e Suécia à NATO podem ser superadas rapidamente e, possivelmente, a tempo da cimeira de junho, referiu esta sexta-feira o secretário de Estado norte-americano.

Antony Blinken, que falava durante uma conferência de imprensa conjunta com o ministro dos Negócios Estrangeiros finlandês, Pekka Haavisto, destacou que os EUA não têm motivos para acreditar que as preocupações da Turquia não podem ser abordadas.

"Os invasores estão a tentar alcançar os objetivos até ao 100.º dia"

Daniela Filipe | há 1 mês

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, reiterou que a "situação no Donbass é, como esperado, muito complicada", acusando as forças russas de "tentarem alcançar até ao 100.º dia [de guerra] os objetivos que esperavam atingir nos primeiros dias do conflito, após o dia 24 de fevereiro". Por isso, continuou, "concentraram-se no Donbass", com o máximo de artilharia.

Eslováquia reduz dependência do gás russo

Daniela Filipe | há 1 mês

A Eslováquia conseguiu reduzir a sua dependência do gás russo, mediante contratos de fornecimento alternativo realizados com a Noruega e outros países, anunciou hoje o ministro da Economia, Richard Sulik.

Este país do centro da Europa, fronteiriço com a Ucrânia, recebia até agora da Federação Russa 80% do gás que consumia.

Patriarca russo recebeu pedido para igreja lituana mudar de jurisdição

Daniela Filipe | há 1 mês

A Igreja Ortodoxa Russa nomeou hoje uma comissão que se vai pronunciar sobre um pedido para a Igreja Ortodoxa Lituana passar da jurisdição do patriarcado de Moscovo para o de Constantinopla, devido à guerra na Ucrânia.

Num comunicado divulgado no seu portal na internet, o sínodo da Igreja Ortodoxa Russa anunciou que a comissão, de nove membros, será presidida pelo seu primaz, o patriarca Cirilo de Moscovo.

Rússia gastará no conflito parte da receita adicional de hidrocarbonetos

Daniela Filipe | há 1 mês

As exportações de hidrocarbonetos da Rússia em 2022 deverão gerar um bilião de rublos (13,7 mil milhões de euros) adicionais, que podem em parte ser reservados para financiar a invasão russa na Ucrânia, disse hoje o Kremlin.

"Estimamos que as receitas adicionais dos hidrocarbonetos podem chegar a um bilião de rublos, de acordo com as previsões feitas com o Ministério do Desenvolvimento Económico", disse o ministro das Finanças russo, Anton Silouanov, numa entrevista televisiva.

Alto Comissariado esclarece que linha de apoio inclui idioma ucraniano

Daniela Filipe | há 1 mês

O Alto Comissariado para as Migrações (ACM) esclareceu hoje que a Linha de Apoio a Migrantes tem como opções iniciais o português, o inglês e russo, os mais solicitados, mas também disponibiliza o ucraniano.

Num esclarecimento à Lusa, o ACM explica que a Linha de Apoio a Migrantes (LAM) e o Serviço de Tradução Telefónica (STT) "são serviços de atendimento telefónico que funcionam de forma conjunta e complementar" e que, quando se liga, ouve-se uma mensagem automática gravada "que tem três idiomas: português (língua nacional), inglês (língua universal) e russo (dos mais solicitados)" e que, "independentemente do idioma selecionado, e logo que sejam atendidos por um operador, os cidadãos podem solicitar o atendimento noutro idioma, incluindo o ucraniano".

Johnson diz a Orbán que "pressão máxima" sobre a Rússia deve continuar

Daniela Filipe | há 1 mês

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, defendeu hoje, numa conversa com o seu homólogo húngaro, Viktor Orbán, que a comunidade internacional deve continuar a aplicar "a máxima pressão económica" para debilitar a máquina de guerra russa.

Em comunicado, o Governo de Londres indicou que, na conversa telefónica que manteve com Orbán, o líder conservador britânico "expressou forte condenação do ataque continuado da Rússia à Ucrânia e disse que a comunidade internacional tem que continuar a aplicar a máxima pressão económica para invalidar a máquina de guerra de [Vladimir] Putin", o Presidente russo.

Moscovo restringe ação dos bancos italianos Intesa Sanpaolo e UniCredit

Daniela Filipe | há 1 mês

O banco central da Federação Russa impôs restrições temporárias às contas bancárias de empresas e cidadãos italianos das filiais locais do Intesa Sanpaolo e UniCredit, disseram à Efe fontes conhecedoras do caso.

As entidades italianas receberam uma carta do banco russo a informá-las de que a partir de 25 de maio, e durante um ano, as pessoas e empresas italianas com contas correntes nas suas subsidiárias russas não podem abrir contas nem retirar dinheiro sem a autorização da sua direção local.

Igreja ortodoxa ucraniana rompe com Patriarcado de Moscovo

Daniela Filipe | há 1 mês

A Igreja ortodoxa ucraniana (UPTS) anunciou hoje a sua rutura com o Patriarcado de Moscovo, devido ao apoio aberto deste à "operação militar especial" russa na Ucrânia.

"Manifestamos o nosso desacordo com a posição do patriarca de Moscovo, Cirilo, sobre a guerra na Ucrânia", assinalou o comunicado inserido na página da UPTS na internet.

Líder da Chechénia diz que Polónia poder ser o próximo alvo russo

Daniela Filipe | há 1 mês

O líder da Chechénia, uma província do sul da Rússia, divulgou hoje um vídeo onde avisa a Polónia que pode ser o próximo país a ser invadido, após a Ucrânia.

Ramzan Kadyrov, famoso pelas suas impetuosas declarações, disse num vídeo colocado na sua página oficial Telegram que a Ucrânia era um "negócio fechado" e que "se for emitida uma ordem após a Ucrânia, vamos mostrar-vos [à Polónia] em seis segundo daquilo que são feitos".

EUA não descartam entregar a Kyiv foguetes militares de longo alcance

Daniela Filipe | há 1 mês

O Pentágono revelou hoje que não descarta a possibilidade de entregar foguetes militares de longo alcance à Ucrânia, para neutralizar o avanço das forças russas no Donbass, no leste do país europeu.

A observação foi feita pelo porta-voz do Pentágono, John Kirby, numa conferência de imprensa em que adiantou que os Estados Unidos sabiam que os ucranianos iriam precisar de foguetes militares de longo alcance desde o momento em que Rússia decidiu concentrar-se no Donbass.

Armas? "Mais a caminho" da Ucrânia, diz Kuleba

Daniela Filipe | há 1 mês

O ministro dos Negócios Estrangeiros ucraniano, Dmytro Kuleba, revelou ter conversado com o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, adiantando que mais armas estarão "a caminho" da Ucrânia. O responsável agradeceu ainda o apoio dos Estados Unidos, garantindo que os dois países estão a trabalhar "nas exportações de alimentos, apesar do bloqueio irresponsável da Rússia".

Ministros da Defesa da NATO reúnem-se em junho

Daniela Filipe | há 1 mês

Os ministros da Defesa da NATO reunir-se-ão em Bruxelas entre os dias 15 e 16 de junho, avança o meio de comunicação bielorrusso Nexta. O encontro deverá contar com a participação da Ucrânia, Geórgia, Finlândia e Suécia.

Rússia acusa EUA de usar NATO e aliados para preservar domínio global

Daniela Filipe | há 1 mês

A Rússia acusou hoje os Estados Unidos de estarem a usar a NATO e os aliados mais próximos para tentar preservar uma ordem mundial unipolar, face à deslocação dos "motores de desenvolvimento" para outras regiões do mundo.

"A influência política e o poder militar estão a deslocar-se para Leste, para outras regiões do mundo, e os Estados Unidos e os membros da NATO terão de contar com esta realidade multipolar", disse o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros Alexander Grushko.

Moscovo planeia novo assalto a Kyiv, diz meio de comunicação da Letónia

Daniela Filipe | há 1 mês

Apesar de a Rússia ter falhado a tomada de Kyiv, no início da invasão da Ucrânia, fontes próximas do Kremlin e do presidente russo, Vladimir Putin, revelaram ao meio de comunicação Meduza que Moscovo tem, agora, esperanças renovadas de que conseguirá sair vitorioso no conflito até ao final do ano, num momento em que está prestes a tomar a região do Donbass por completo.

Segundo as mesmas fontes, o Kremlin delineou objetivos "mínimos" e "máximos" para uma "operação especial bem sucedida" na Ucrânia. Na primeira categoria está a tomada do Donbass, ao passo que o exponente máximo seria a captura de Kyiv que, de acordo com a Meduza, ainda é uma ambição da liderança russa.

"Vamos esmagá-los no final". Moscovo estará a planear novo assalto a Kyiv

Esta confiança renovada numa vitória de Moscovo estará não só a afetar o Kremlin, como também o partido Rússia Unida, que lidera o país – especialmente no que tocam os avanços na região do Donbass, quase tomada na totalidade pelo exército russo.

Notícias ao Minuto | 20:37 - 27/05/2022

Rússia "não conseguirá" tomar o resto de Lugansk nos próximos dias

Daniela Filipe | há 1 mês

O governador da região de Lugansk, Serhiy Gaidai, admitiu, esta sexta-feira, que as forças ucranianas podem ser obrigadas a abandonar as suas posições nas cidades de Severodonetsk e Lysychansk, de modo a evitar serem cercadas. Contudo, a Rússia não conseguirá tomar o resto da região nos próximos dias, como se tinha previsto.

Rússia vai pagar em rublos por uso de patentes de países hostis

Daniela Filipe | há 1 mês

A Rússia vai pagar a partir de agora só em rublos os direitos de propriedade intelectual e marcas de países considerados hostis devido às sanções que impuseram a Moscovo após a ofensiva russa na Ucrânia.

Segundo um decreto assinado hoje pelo Presidente russo, Vladimir Putin, que abrange os Estados Unidos e a União Europeia, será aberta uma conta especial em nome dos proprietários destes direitos em bancos autorizados para receberem em rublos o valor requerido pelo uso da propriedade intelectual ou marca.

Bielorrússia restringe acesso a faixa fronteiriça com Ucrânia

Daniela Filipe | há 1 mês

A Bielorrússia vai restringir o acesso a uma faixa da fronteira com a Ucrânia durante os meses de junho, julho e agosto, informou hoje o comité estatal de fronteiras do país.

"O comité estatal de fronteiras informa que para garantir a segurança fronteiriça, de 01 de junho a 31 de agosto de 2022 será limitada a entrada e a permanência temporária de cidadãos na faixa fronteiriça no território dos distritos de Bragin, Loevski e Joiniki da região de Gomel", indica o comunicado publicado na página digital do organismo.

Acusações contra Moscovo sobre crise alimentar "sem fundamento"

Daniela Filipe | há 1 mês

As acusações contra a Rússia, responsabilizada pelos problemas mundiais de distribuição de cereais devido à sua ofensiva na Ucrânia, são "sem fundamento", assegurou hoje o Presidente russo, Vladimir Putin, num contacto telefónico com o chanceler austríaco, Karl Nehammer.

Zelensky e Draghi conversam sobre desbloqueio das exportações de cereais

Daniela Filipe | há 1 mês

Depois de ter conversado com o presidente russo, Vladimir Putin, foi a vez de o primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, telefonar ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky. Em cima da mesa estive o eventual desbloqueio das exportações de cereais da Ucrânia, tendo Itália garantido o apoio do governo italiano e dos restantes países da União Europeia aos ucranianos.

Por seu turno, Zelensky terá questionado quanto ao abastecimento de combustível, esperando um reforço do apoio militar para a Ucrânia.

Putin pronto para discutir troca de prisioneiros, diz chanceler austríaco

Daniela Filipe | há 1 mês

O presidente russo, Vladimir Putin, estará pronto para discutir uma troca de prisioneiros com a Ucrânia, segundo avançou o chanceler austríaco, Karl Nehammer, citado pela Sky News.

O responsável, que conversou com o chefe de estado russo, pretendia apurar se estariam em cima da mesa soluções humanitárias na Ucrânia. Considerou, ainda, que a chamada foi importante para alertar Putin para a realidade da guerra, adiantando que Moscovo cumprirá com os seus compromissos no que toca o fornecimento de gás natural.

Países que apoiam Kyiv devem "preparar-se para o longo prazo"

Daniela Filipe | há 1 mês

A ministra dos Negócios Estrangeiros britânica, Liz Truss, defendeu hoje que os países que apoiam a Ucrânia devem "preparar-se para o longo prazo" e que não deve falar-se em "apaziguar" o presidente russo, Vladimir Putin.

"Temos de assegurar que a Ucrânia ganha e a Rússia retira e que nunca mais voltaremos a ver este tipo de agressão russa, declarou a chefe da diplomacia do Reino Unido, após uma reunião com o seu homólogo checo, em Praga.
  

Forças ucranianas admitem que Rússia já controla cidade-chave de Lyman

Daniela Filipe | há 1 mês

A cidade de Lyman, na região ucraniana de Donetsk, está praticamente sob o controlo das forças militares russas, admitiu hoje Pavlo Kirilenko, chefe da unidade militar ucraniana deste território do Donbass, leste da Ucrânia.

Em declarações citadas pelo 'media' digital ucraniano Hromadske, e reproduzidas pelas agências internacionais, Kirilenko garantiu que as forças ucranianas que defendiam a localidade de Lyman, com cerca de 23 mil habitantes, recuaram para novas posições fortificadas em Svitlodarsk, a cerca de 90 quilómetros a sul.

Turquia pede medidas concretas para aceitar Suécia e Finlândia na NATO

Daniela Filipe | há 1 mês

O ministro dos Negócios Estrangeiros turco, Mevlut Cavusoglu, apelou hoje à Suécia e à Finlândia para que tomem medidas concretas que permitam ultrapassar o veto da Turquia à sua adesão à NATO.

Cavusoglu disse em Ancara que a Turquia espera agora respostas às suas preocupações de segurança, depois de as ter transmitido a delegações dos dois países nórdicos que se deslocaram esta semana à capital turca.

Negociações de paz? Rússia acusa Ucrânia de "declarações contraditórias"

Daniela Filipe | há 1 mês

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, acusou esta sexta-feira a Ucrânia de ser responsável pela estagnação das negociações para um cessar-fogo e afirmou que Kyiv faz “declarações contraditórias”.

“As negociações estão congeladas por decisão do lado ucraniano”, afirmou Peskov, em conferência de imprensa, citado pela agência de notícias Reuters. 

"Como se negoceia com um crocodilo que nos quer morder?", questiona Boris

Andrea Pinto | há 1 mês

Durante uma entrevista à Bloomberg, Boris Johnson foi questionado sobre possíveis negociações com Vladimir Putin para pôr fim à guerra na Ucrânia.

"Como é que se negoceia com um crocodilo que está prestes a morder-nos a perna esquerda?", questionou, em jeito de resposta, o primeiro-ministro britânico.

Boris Johnson afirmou ainda que o fim da guerra "é necessário" para a Ucrânia e para o mundo, mas que isso só acontecerá se Putin achar que a "desnazificação aconteceu" e que ele pode sair desta situação com alguma "honra".

Ucranianos lutam para garantir controlo de Lyman

Andrea Pinto | há 1 mês

As forças ucranianas anunciaram que estão a lutar para manter o controlo de algumas zonas chave da cidade de Lyman, que a Rússia disse esta manhã estar sob o seu "controlo total".

Segundo o ministério da Defesa ucraniano, os seus soldados estão a lutar pelo controlo da zona noroeste e sudeste da cidade.

 

Lyman é um centro ferroviário central a nordeste da cidade simbólica de Sloviansk

 

Putin descreve pressão sobre a Rússia como "praticamente uma agressão"

Andrea Pinto | há 1 mês

O Presidente russo, Vladimir Putin, descreveu hoje como "praticamente uma agressão" a pressão de alguns "países hostis" que adotaram sanções contra a Rússia devido à guerra na Ucrânia.

"As vantagens da política de integração são agora especialmente evidentes na atual situação internacional complexa, em condições de praticamente uma agressão por parte de alguns Estados hostis", disse Putin na cimeira da União Económica Eurasiática (UEE), citado pela agência espanhola EFE.

Civis mortos na guerra ultrapassam 4 mil

Andrea Pinto | há 1 mês

A ONU confirmou hoje que pelo menos 4.031 civis morreram e 4.735 ficaram feridos em pouco mais de três meses de guerra na Ucrânia, sublinhando que os números reais poderão ser muito superiores.

Deputados comunistas pedem a Putin que retire as tropas

Andrea Pinto | há 1 mês

Deputados comunistas da região de Primorie, com capital de Vladivostok, exigiram hoje ao Presidente russo, Vladimir Putin, que retire "imediatamente" as tropas da Ucrânia.

"Se o nosso país não suspender a operação militar, então haverá ainda mais órfãos no nosso país. Durante a operação militar, jovens que podiam trazer grande benefício ao nosso país, morreram ou ficaram inválidos", disse um dos deputados, Leonid Vasiukevich, ao ler a carta dirigida ao chefe de Estado.

60% das casas de Severodonetsk estão destruídas

Andrea Pinto | há 1 mês

Cerca de 60% das casas da cidade de Severodonetsk estão totalmente destruídas, afirmam as autoridades. E entre 85 a 90% terão sofrido danos e vão precisar de ser reparadas, na sequência dos bombardeamentos que afetam a região.

Já morreram na cidade pelo menos 1.500 pessoas, mas há entre 12 a 13 mil pessoas que se recusam a abandonar. 

EUA estão a pisar 'linhas vermelhas', diz TV estatal russa

Andrea Pinto | há 1 mês

Uma apresentadora da televisão estatal russa afirmou que os EUA estarão a pisar 'linhas vermelhas' caso queiram apoiar a Ucrânia, fornecendo-lhes mísseis de longo alcance, como já foi anunciado.

Note-se que a TV estatal russa é fortemente controlada pelo Governo, pelo que não é de admirar que os seus profissionais defendam ativamente os ideais do Kremlin, escreve a Sky News.

 

Se a Rússia vencer, nunca mais nos sentiremos seguros, diz Liz Truss

Andrea Pinto | há 1 mês

A ministra das Relações Exteriores do Reino Unido, Liz Truss, alertou que se Putin vencer a guerra, "nunca mais nos voltaremos a sentir seguros".

A governante defendeu, ainda " que é legitimo" que o pais queira apoiar a Ucrânia com Tanques e aeronaves militares.

"Após a Guerra Fria, pensámos que tínhamos virado uma página. Mas vemos agora crimes de guerra hediondos perpetrados na Europa - crimes que em tempos esperávamos que fossem relegados para a história", afirmou Liz Truss numa conferência de imprensa, em Praga.

 

Bielorrússia pede a bloco da ex-URSS uma frente comum perante sanções

Andrea Pinto | há 1 mês

O Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, pediu hoje à União Económica da Eurásia (UEE) - bloco económico formado por cinco ex-repúblicas soviéticas - que crie uma "frente comum" perante as sanções ocidentais a Moscovo e a Minsk.

"Somos obrigados a unir-nos e criar uma frente comum. É evidente que todos precisamos disso, e não há outra opção se queremos preservar a nossa soberania, a nossa unidade e pensar verdadeiramente no bem-estar do nosso povo", disse Lukashenko, numa intervenção por vídeo durante a cimeira da UEE.

Ataque a abrigo em Kharkiv mata criança de 5 meses e o seu pai

Andrea Pinto | há 1 mês

Um bebé de cinco meses estará entre as nove vítimas mortais de um ataque a um abrigo em Kharkiv. A informação foi avançada pelo governador regional, Oleh Synehubov, na sua página de Facebook.

Para além da criança, também o pai da mesma não sobreviveu ao ataque. Já a mãe estará a receber tratamento hospitalar, estando em estado grave.

Negociador russo é nomeado líder de partido de extrema-direita

Andrea Pinto | há 1 mês

Um dos negociadores russos para a Ucrânia, Leonid Slutski, foi nomeado hoje como líder do Partido Liberal Democrático da Rússia (LDPR, extrema-direita), um aliado próximo da Presidência russa (Kremlin).

Notícias ao Minuto Leonid Slutski© Getty  

 

Kremlin acusa Ucrânia por conversações estarem paradas

Andrea Pinto | há 1 mês

O Kremlin disse hoje que a Ucrânia é a culpada pelo facto de as conversações entre os dois países estarem paradas.

"A liderança ucraniana está a fazer declarações contraditórias constantemente", começou por afirmar o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, considerando que por esse motivo "é-nos impossível perceber o que os ucranianos querem".

Recorde-se que mais cedo, foi o presidente ucraniano a revelar que tentava marcar um encontro com Vladimir Putin, mas que a Rússia não se mostrava disponível para conversações.

 

Kyiv denuncia que Rússia está a usar "armas não-nucleares mais pesadas"

Andrea Pinto | há 1 mês

As tropas russas estão a utilizar em território ucraniano "armas não-nucleares mais pesadas", como lançadores de foguetes móveis de longo alcance, capazes de transportar ogivas termobáricas, afirmou hoje Mykhailo Podolak, conselheiro do Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

MNE polaco prevê adesão rápida da Suécia e Finlândia à Aliança

Andrea Pinto | há 1 mês

O chefe da diplomacia polaca manifestou-se hoje confiante de que a adesão da Suécia e da Finlândia à NATO não demorará "anos ou meses", depois de conversações em Ancara com os seus homólogos turco e romeno.

"Estou muito otimista quanto à entrada da Suécia e da Finlândia [na NATO]. Tendo em conta a dinâmica dos processos políticos e militares na nossa parte da Europa, não serão certamente necessários anos ou meses", disse Zbigniew Rau, citado pela agência russa TASS.

Serviços secretos de Kyiv alertam que conflito será até ao final do ano

Andrea Pinto | há 1 mês

Os serviços de informações ucranianos admitiram hoje que a guerra poderá prolongar-se até pelo menos ao final de 2022, uma vez que, segundo argumentam, o Presidente russo não está disposto a desistir dos seus planos de conquista.

"[Vladimir] Putin não vai desistir dos seus planos, esta guerra vai arrastar-se", disse Vadym Skibitsky, funcionário dos serviços secretos militares ucranianos em declarações à comunicação social, citadas pelas agências internacionais.

ACNUR pede quase 700 milhões para refugiados

Andrea Pinto | há 1 mês

O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) pediu hoje quase 700 milhões de euros para apoiar as necessidades prioritárias dos ucranianos que fugiram do seu país para a Polónia devido à guerra imposta pela Rússia.

Este apelo está a ser coordenado pela agência da ONU, mas reúne 87 organizações que fazem parte, na Polónia, do Plano Regional Interagências de Resposta a Refugiados, afirmou hoje a porta-voz porta-da organização, Olga Sarrado, numa conferência de imprensa realizada em Genebra, na Suíça.

Zelensky queixa-se da demora da UE em aprovar novas sanções à Rússia

Andrea Pinto | há 1 mês

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, queixou-se da demora da União Europeia (UE) em aprovar um novo pacote de sanções contra a Rússia, que incluiria um embargo ao petróleo, questionando-se se alguns países estariam a bloquear o plano.

Num vídeo gravado na noite de quinta-feira e divulgado hoje pelas agências de notícias ucranianas, Zelensky queixou-se ao afirmar que "há semanas a UE tem tentado chegar a um acordo sobre um sexto pacote de sanções contra a Rússia".

Rússia diz que a "guerra total" do Ocidente contra Moscovo vai durar

Andrea Pinto | há 1 mês

O chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov, denunciou hoje "uma guerra total" do Ocidente contra a Rússia e estimou que esta durará "muito tempo".

"O Ocidente anunciou uma guerra total contra nós, contra todo o mundo russo", disse Lavrov durante uma reunião com autoridades das regiões russas.

Vídeo no Donbass denuncia uso de bombas de fósforo branco

Andrea Pinto | há 1 mês

Um vídeo - partilhado pelo jornalista e escritor Michael Weiss - mostra aquilo que serão bombas de fósforo branco no Donbass, Ucrânia - onde a guerra se tem intensificado. 

 Esta não é a primeira vez que a Rússia é acusada de recorrer a esta prática. 

Veja as imagens aqui:

Vídeo no Donbass denuncia uso de bombas de fósforo branco

Veja as imagens.

Notícias ao Minuto | 09:18 - 27/05/2022

Moscovo prevê exportar 50 milhões de toneladas de cereais no próximo ano

Andrea Pinto | há 1 mês

Moscovo anunciou hoje que prevê exportar 50 milhões de toneladas de exportações de cereais no próximo ano agrícola, um forte aumento face ao ano em curso, numa altura em que se receia uma crise alimentar devido à guerra na Ucrânia.

Dialogar com Putin é o caminho para terminar guerra, diz Zelensky

Andrea Pinto | há 1 mês

O governo da Ucrânia deve "encarar a realidade" e tentar dialogar com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, considerou, esta sexta-feira, Volodymyr Zelensky. Embora assuma que não é algo que o povo ucraniano faça de ânimo leve, este diz que é necessário.

Segundo o presidente da Ucrânia, só um diálogo entre os dois líderes poderá colocar um fim à guerra, disse numa conferência internacional na Indonésia. 

 

Dez mortos em ataque russo a base militar ucraniana

Andrea Pinto | há 1 mês

A Associated Press avança que cerca de 10 pessoas terão morrido na sequência de um ataque a uma base militar ucraniana. 

Novas informações indicam que para além das vítima smortais, haverá 30 pessoas feridas, no ataque que aconteceu na cidade de Dnipro.

O presidente do Conselho Municipal, Genady Korban, acusa a Rússia de ter lançado um míssil, proveniente da região russa de Rostov, contra uma sede da Guarda Nacional da Ucrânia.

Boris alerta para "progressos" russos

Andrea Pinto | há 1 mês

Boris Johnson afirmou hoje que a Rússia está a fazer "progressos lentos mas visíveis" na região do Donbass, na Ucrânia.

"Penso que é importante não nos iludirmos com o heroísmo dos ucranianos que afastam os russos das portas de Kyiv", refere o primeiro-ministro britânico, mostrando-se preocupado com avanços noutras regiões.

"Receio que Putin - com grandes custos para si próprio e para os militares russos - continue a ganhar terreno em Donbass, ele continua a fazer progressos graduais, lentos, mas, receio bem, que palpáveis", completou.

Le Pen e Orbán criticam sanções "erradas e perigosas" contra a Rússia

Andrea Pinto | há 1 mês

A líder da extrema-direita francesa Marine Le Pen e o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, criticaram hoje, em Paris, a União Europeia (UE) pelas sanções "erradas e perigosas" impostas à Rússia por ter invadido a Ucrânia.

Os dois políticos discutiram questões relacionadas com a guerra na Ucrânia e as suas consequências, bem como a inflação e as "políticas de sanções erradas e perigosas de Bruxelas", disse o porta-voz de Orbán à agência noticiosa húngara MTI.

Rússia expulsa cinco diplomatas croatas

Andrea Pinto | há 1 mês

O ministério do Negócios Estrangeiros russo anunciou hoje a expulsão de cinco diplomatas croatas da sua embaixada em Moscovo.

Saliente-se que a 24 de abril, Zagreb anunciou medida semelhante, dirigida aos diplomatas russos no país, na sequência da invasão russa à Ucrânia.

Aulas tornam português "uma língua familiar" para refugiados na Maia

Andrea Pinto | há 1 mês

O português "começa a ser uma língua familiar" para um grupo de ucranianos que ao fim de 30 horas de aulas dizem, orgulhosos, já saberem perguntar direções, ir sozinhos às compras e pedir um café na língua de Camões.

Hoje é último dia de aulas para aquele grupo, que três vezes por semana, desde o início do mês, se reuniu na Biblioteca Municipal da Maia, distrito do Porto, e na véspera do "dia de formatura" a grande preocupação dos alunos, com idades entre os 24 e os 80 anos, foi o temido teste final.

Russo dizem controlar cidade de Lyman, no Donbass

Andrea Pinto | há 1 mês

As forças russas anunciaram que têm o controlo total sobre a cidade estratégica de Lyman, no leste da Ucrânia, na região do Donbass, avança a Reuters. A informação ainda não foi confirmada por entidades ucranianas.

Recorde-se que as forças ucranianas e russas lutam há vários dias nesta região. 

Rússia contabiliza 1,5 milhões de refugiados ucranianos no país

Andrea Pinto | há 1 mês

As autoridades russas anunciaram, esta sexta-feira, que já chegaram ao país, fugidos da guerra, 1,5 milhões de ucranianos.

A grande maioria pertence às regiões separatistas de Donetsk e Lugansk, a quem a Rússia atribuiu independência poucos dias antes do início da guerra, a 24 de fevereiro.

Segundo fontes citadas pela agência TAS, entre estes constam 247 mil crianças.

Ucrânia diz que já morreram 29.750 russos na guerra

Andrea Pinto | há 1 mês

O ministério da Administração Interna ucraniano anunciou que 29.750 russos já morreram desde o início da invasão russa. O valor aumentou em 150 fatalidades em comparação com os dados de ontem.

Outros dados, que não estão ainda verificados, indicam que foram destruídos 1.322 tanques militares e 206 aeronaves.

 

Russos bombardeiam região de Dnipro, no centro do país

Andrea Pinto | há 1 mês

Forças russas bombardearam alvos na região de Dnipro, no centro da Ucrânia, nas últimas horas, causando danos significativos, enquanto mantêm a ofensiva no leste do país, especialmente na região de Donetsk.

Ucrânia. Qual a ajuda financeira internacional?

Andrea Pinto | há 1 mês

Logo após o início da invasão russa, a Ucrânia começou a receber numerosos pacotes de ajuda militar, incluindo armamento, mas também de ajuda financeira e humanitária, mesmo de países que reclamam neutralidade neste conflito.

Durante uma recente visita a Kyiv, o primeiro-ministro português comprometeu-se com uma ajuda de 250 milhões de euros, acrescentando que o seu Governo ficaria também disponível para ajudar na logística de recuperação de jardins de infância e escolas destruídas pela guerra. E os outros países?

Confira aqui alguns dados sobre a ajuda financeira à Ucrânia.

Bielorrússia está a enviar militares para a fronteira com a Ucrânia

Andrea Pinto | há 1 mês

A Bielorrússia está a formar um comando militar do sul e a movimentar grupos táticos de batalhão para a região que faz fronteira com a Ucrânia, revelou esta quinta-feira o presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko, aliado de Moscovo.

Lukashenko não forneceu mais detalhes sobre esta operação, embora os grupos táticos de batalhão consistam normalmente em infantaria mecanizada, incluindo tanques, noticiou a agência Associated Press (AP).

Rússia recorre a tanque de 1961 para reforçar tropas

Andrea Pinto | há 1 mês

Segundo o Ministério da Defesa britânico, a Rússia está a recorrer a equipamentos militares com mais de 50 anos para reforçar as suas tropas.

O Kemlin terá 'tirado da garagem' um tanque militar T-62 para apoiar as tropas no sul do país. O veículo militar em causa terá sido introduzido nas tropas russas em 1961, no tempo da União Soviética.

Ameaça de ataques russos vindos de território bielorrusso mantem-se

Andrea Pinto | há 1 mês

As forças armadas ucranianas referem que o receio de serem atacados com mísseis provenientes de território bielorrusso ainda continua a ser uma possibilidade.

Ao longo dos 93 dias de guerra, muito se tem falado sobre o papel da Bielorrússia no conflito, dado que o país tem relações próximas com o Governo de Moscovo. É aliás, o único país da Europa que apoiou a invasão, permitindo que soldados russos entrassem no seu território

Nesse sentido, as Forças Armadas ucranianas fizeram saber que estão a ser tomadas "medidas para reforçar a segurança nas fronteiras entre a Ucrânia e a Bielorrússia".

 

Pelo menos 1.500 pessoas mortas em Severodonetsk

Andrea Pinto | há 1 mês

Pelo menos 1.500 pessoas foram mortas em Severodonetsk, mas a cidade do leste da Ucrânia que o exército russo procura tomar a todo o custo continua a resistir, disse o líder militar da região. Cerca de 12 mil pessoas permanecem na cidade, que tinha cerca de 100 mil habitantes antes da guerra. 
 
Severodonetsk tem sido o palco de combates ferozes que já destruíram 60% dos edifícios residenciais, disse Stryuk, citado pela agência Associated Press.

Zelensky acusa Rússia de "genocídio" no Donbass

Andrea Pinto | há 1 mês

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, acusou na noite de quinta-feira a Rússia de estar a cometer um "genocídio" no Donbass.

"A atual ofensiva dos ocupantes no Donbass pode tornar a região desabitada", disse Zelensky no seu discurso diário transmitido na televisão, acusando as forças russas de tentar "incendiar" várias cidades da região.

Bom dia!

Andrea Pinto | há 1 mês

Iniciamos esta manhã uma nova cobertura AO MINUTO sobre a invasão russa na Ucrânia. Pode recordar todas as notícias de quarta-feira aqui.

AO MINUTO: "Ucrânia será sempre independente"; Russos recusam combater

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 07:45 - 26/05/2022

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório