Meteorologia

  • 04 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 28º

Combatentes de Azovstal vão ser julgados em Donetsk

Segundo Denis Pushilin, o o chefe da República Popular de Donetsk "está planeado ser organizado no território da república um tribunal internacional".

Combatentes de Azovstal vão ser julgados em Donetsk

Todos os prisioneiros ucranianos que se renderam em Azovstal estão detidos no território da República Popular de Donetsk, onde serão julgados, segundo comunicou, esta segunda-feira, o chefe da república, Denis Pushilin, à agência Interfax.

O governante disse à agência internacional que "está planeado ser organizado no território da república um tribunal internacional".

Acrescentou ainda que "o estatuto do tribunal está a ser elaborado", não revelando mais pormenores.

Recorde-se que no dia 20 de maio, o Ministério da Defesa russo publicou imagens em vídeo da rendição do último grupo de soldados ucranianos da fábrica Azovstal, em Mariupol.

No total, desde 16 de maio, 2.439 pessoas e militares das Forças Armadas da Ucrânia renderam-se na fábrica de Azovstal, segundo anunciado na altura pelo porta-voz do Ministério da Defesa russo Igor Konashenkov.

Segundo o responsável pelo território de Donetsk, 78 dos 2.439 detidos de Azovstal são mulheres e de acordo com dados ainda preliminares existem estrangeiros entre os detidos.

Leia Também: Cruz Vermelha vai verificar as condições dos soldados de Azovstal presos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório