Meteorologia

  • 07 JULHO 2022
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 39º

BRICS devem dar exemplo de confiança política mútua, diz China

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês defendeu hoje na conferência virtual com os seus homólogos das cinco economias emergentes BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) que estes devem dar um "exemplo de confiança política mútua".

BRICS devem dar exemplo de confiança política mútua, diz China

No início da reunião, foi transmitida uma mensagem vídeo do Presidente chinês, Xi Jinping, em que este convidava os países BRICS a "fortalecer as suas convicções e promover o desenvolvimento pacífico com ações práticas".

"A história e a realidade dizem-nos que a procura unilateral da própria segurança a expensas da segurança de outros países só criará novas contradições e riscos", acrescentou Xi Jinping, em termos que poderiam referir-se à invasão russa da Ucrânia, iniciada a 24 de fevereiro, um dos temas abordados na conferência.

Juntamente com Wang Yi, participaram na conferência dos BRICS o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, o da África do Sul, Naledi Pandor, o do Brasil Carlos França, e o da Índia, Subrahmanyam Jaishankar, além de representantes de outros países emergentes, entre os quais se destacava o chefe da diplomacia argentino, Santiago Cafiero, presente pela primeira vez.

Durante a reunião a que presidiu, Wang Yi sustentou que a organização "deve estabelecer três exemplos" para o mundo: "fortalecer a comunicação e a coordenação estratégicas e dar um exemplo de confiança política mútua"; "aprofundar a cooperação para benefício mútuo em várias áreas e dar um exemplo de ações pragmáticas"; e, por último, "demonstrar ainda mais abertura e inclusão e evidenciar unidade e superação".

Segundo o MNE chinês, os BRICS devem esforçar-se por "traduzir o seu espírito de abertura, inclusão e cooperação em ações", "aprofundar a construção da parceria" e "injetar mais poder no desenvolvimento global", expressando o desejo da organização composta pelos cinco principais mercados emergentes do mundo em tornar-se um ator internacional relevante.

A XIV cimeira dos líderes dos BRICS decorrerá a 24 de junho de forma virtual e será presidida pelo chefe de Estado da China, Xi Jinping.

Leia Também: Ucrânia: Brasil defende nos BRICS solução pacífica do conflito

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório