Meteorologia

  • 02 JULHO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 31º

Soldados feridos retirados de Azovstal já começaram a chegar a Novoazovsk

Ao todo já foram retirados 264 soldados ucranianos de Azovstal, confirma a vice-ministra da Defesa da Ucrânia, Hanna Malyar.

Alguns dos soldados feridos que se encontravam em Azovstal já foram retirados da siderúrgica e chegaram ao seu destino, a cidade de Novoazovsk, controlada por russos.

Segundo a Reuters, testemunhas no local reportaram a presença de vários autocarros na fábrica de Mariupol, que estarão a transportar os referidos soldados. 

Citada pelo jornal The Guardian, a vice-ministra da Defesa da Ucrânia, Hanna Malyar, disse que 53 soldados feridos foram levados para um hospital em Novoazovsk, cidade controlada pela Rússia, e que 211 outros foram transportados por um corredor para Olenivka, uma outra cidade também controlada pelos invasores.

A responsável confirma ainda que todos os evacuados serão levados para casa por meio de trocas de prisioneiros.

Sobre esta evacuação, também o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse, no apelo noturno desta segunda-feira, que este foi "um dia difícil". No entanto, "este dia, como todos os outros, visa salvar o nosso país e o nosso povo. Quero enfatizar que a Ucrânia precisa de heróis ucranianos vivos" e que espera "poder salvar a vida todos os nossos homens”.

Recorde-se que, esta tarde, Moscovo anunciou que tinha chegado a um acordo para retirar militares feridos da fábrica de Mariupol, algo que mais tarde o próprio batalhão Azov confirmou nas redes sociais.

"Para salvar vidas, toda a guarnição de Mariupol está a implementar a decisão aprovada do Comando Militar Supremo e espera o apoio do povo ucraniano", disse o batalhão Azov, no Twitter.

Acrescentam ainda que "os defensores de Mariupol cumpriram a ordem, apesar de todas as dificuldades, retiraram as forças avassaladoras do inimigo por 82 dias e permitiram que o exército ucraniano se reagrupasse, treinasse mais pessoas e recebesse um grande número de armas dos países parceiros".

Veja na galeria a chegada destes militares de Azovstal a Novoazovsk.

[Notícia atualizada às 23h01]

Leia Também: Familiares de combatentes de Azovstal pedem ajuda a Xi Jinping

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório