Meteorologia

  • 26 JUNHO 2022
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 22º

AO MINUTO: CE fala em "progresso" na Hungria; Novo ataque em Odessa

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

AO MINUTO: CE fala em "progresso" na Hungria; Novo ataque em Odessa
Notícias ao Minuto

07:48 - 09/05/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Guerra

A guerra na Ucrânia chega hoje ao seu 75.º dia, no mesmo dia em que a Rússia assinala o Dia da Vitória contra o nazismo na II Guerra Mundial.

No aguardado discurso na Praça Vermelha, durante a parada militar que celebrou a vitória soviética em 1945, Vladimir Putin não se referiu ao conflito como uma situação de guerra, como era esperado, mas justificou a invasão perante a "ameaça inaceitável" nas fronteiras da Rússia.

Fim de cobertura

Hélio Carvalho | há 1 mês

Boa noite. Terminamos por agora a cobertura AO MINUTO desta segunda-feira sobre a guerra na Ucrânia. Poderá voltar a acompanhar as principais notícias sobre a situação na manhã de terça-feira.

Obrigado por ter estado connosco!

Rússia continua a avançar pelo Donbass, embora lentamente, diz Pentágono

Hélio Carvalho | há 1 mês

As forças russas continuam a avançar, embora mais lentamente, pela região de Donbass, no leste da Ucrânia, onde a situação no terreno é "dinâmica", informou hoje o Pentágono. Numa conferência de imprensa, o porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, John Kirby, especificou que, apesar de o avanço russo ter desacelerado, não "estagnou".

"Há cidades e vilas que, às vezes, mudam de mãos no decorrer do mesmo dia", disse Kirby.

Scholz e Macron apelam a um cessar-fogo que permita negociações de paz

Hélio Carvalho | há 1 mês

O chanceler alemão, Olaf Scholz, e o presidente francês, Emmanuel Macron, apelaram hoje a um cessar-fogo que permita impulsionar negociações para uma paz que deve ter como base o respeito da soberania e integridade territorial da Ucrânia.

Borrell defende envio de armas e pede que europeus não sejam "inocentes"

Hélio Carvalho | há 1 mês

Os europeus não devem ser tão "inocentes" e ignorar os perigos que ameaçam a Europa, alertou hoje o Alto Representante da União Europeia (UE) para a Política Externa, Josep Borrell, que defendeu o envio de armas para a Ucrânia.

Mísseis atingem centro comercial em Odessa

Hélio Carvalho | há 1 mês

Os russos voltaram a atacar Odessa esta noite, depois de quatro misseis de alta precisão terem atingido durante a tarde a cidade portuária. Segundo o Kyiv Independent, os mísseis atingiram um centro comercial e provocaram um incêndio.

Jornalistas ucranianos distinguidos com Pulitzer pela cobertura da guerra

Hélio Carvalho | há 1 mês

Os Prémios Pulitzer distinguiram hoje os jornalistas ucranianos com um prémio especial, pela sua cobertura desde o início da invasão russa da Ucrânia. Marjorie Miller, a responsável pelos prémios que distinguem o jornalismo, as artes e as letras nos Estados Unidos salientou a "coragem, resistência e compromisso com informações verdadeiras" durante o conflito e perante a "guerra da propaganda" lançada pela Rússia.

Biden aprova lei baseada em empréstimo da II Guerra para apoiar Ucrânia

Hélio Carvalho | há 1 mês

O presidente norte-americano Joe Biden aprovou esta segunda-feira uma atualização ao 'Lend-Lease Act', uma medida que permitiu aos Estados Unidos acelerar o envio de armas durante a Segunda Guerra Mundial para os países aliados, apoiando na luta contra a Alemanha nazi.

A medida, que já fora aprovada no final de abril pelo Congresso, permitirá agora aos Estados Unidos acelerar o armamento das tropas ucranianas, no combate à invasão russa. Na Casa Branca, Joe Biden afirmou que os Estados Unidos apoiam o povo ucraniano na sua "luta para defender o seu país e a sua democracia contra a guerra brutal de Putin".

O momento da assinatura de Joe Biden torna-se ainda mais simbólico, considerando que, esta segunda-feira, assinalam-se os 77 anos da derrota da Alemanha nazi e de Adolf Hitler na Segunda Grande Guerra, em 1945.

Portugal recebeu 800 famílias ucranianas através do 'Porta de Entrada'

Hélio Carvalho | há 1 mês

Cerca de 800 famílias de refugiados da Ucrânia foram acolhidas por 23 municípios no âmbito do programa de alojamento de emergência Porta de Entrada, disse hoje o ministro das Infraestruturas e Habitação.

Marcelo condecora funcionário da embaixada de Portugal em Kyiv

Hélio Carvalho | há 1 mês

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiu condecorar o funcionário da embaixada de portuguesa em Kyiv Andrei Putilovskiy pelos "relevantes serviços prestados" a Portugal, informou hoje o Palácio de Belém.

Delegação da UE na Venezuela apela à condenação agressão da Rússia

Hélio Carvalho | há 1 mês

A delegação da União Europeia (UE) na Venezuela apelou hoje aos países da América Latina e Caraíbas a que se unam para condenar a agressão da Rússia à Ucrânia. "Temos agora uma visão muito clara de que o compromisso que sempre assumimos com a paz nos obriga a condenar firmemente a guerra na Ucrânia, a condenar a agressão russa contra este país soberano europeu", disse o embaixador da UE na Venezuela.

Von der Leyen diz que houve "progresso" com Hungria

Hélio Carvalho | há 1 mês

A presidente da Comissão Europeia fez uma viagem rápida a Budapeste para se encontrar com o primeiro-ministro húngaro, Viktor Órban, num clima de intransigência em torno do embargo ao petróleo russo. Ursula von der Leyen considera que a discussão foi "útil para clarificar questões" em torno das sanções sobre a energia russa, mas admite que apesar do "progresso" atingido, "é necessário mais trabalho".

Guterres pede que Moscovo e Kyiv acelerem negociações

Hélio Carvalho | há 1 mês

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, pediu hoje à Rússia e à Ucrânia que acelerem as negociações para alcançar uma solução pacífica para o conflito, em linha com o direito internacional.

Numa conferência de imprensa conjunta com a primeira-ministra moldava, Natalia Gavrilita, o diplomata português exortou ainda a Rússia a pôr termo às suas ações militares no país vizinho, manifestou a sua "profunda preocupação" com a continuação e possível alastramento do conflito e considerou como inimagináveis as consequências de uma escalada da guerra na Ucrânia.

"Países vizinhos como a Moldova já estão a lutar com as ramificações socioeconómicas desta guerra que veio após a pandemia, e com a recuperação desigual que infelizmente aconteceu no nosso mundo por falta de solidariedade efetiva dos ricos com os pobres", enfatizou.

Navio com carvão russo atraca em Gijon, Espanha

Hélio Carvalho | há 1 mês

Um navio com bandeira de Malta atracou esta segunda-feira em Gijon, na costa norte de Espanha, enquanto transportava um carregamento de carvão proveniente da Rússia. Segundo a agência Reuters, as sanções impostas pela União Europeia (UE) ainda não estão completamente em vigor, pelo que a embarcação, por não ter bandeira russa, pôde atracar no porto espanhol.

Encontro entre Michel e Shmyhal interrompido por alerta de bombardeamento

Hélio Carvalho | há 1 mês

A visita do presidente do Conselho Europeu a Odessa foi marcada, não pela diplomacia, mas pelas bombas. Depois de um alerta de bombardeamento na cidade, que tem sido atacada nos últimos tempos pelos russos, Charles Michel e o primeiro-ministro ucraniano, Denys Shmyhal, tiveram de interromper a reunião para se refugiarem. "Usamos cada minuto no abrigo para abordar ações conjuntas: como parar a guerra e reconstruir a Ucrânia. Grato pela visita de um verdadeiro amigo da Ucrânia", disse Shmyhal.

Amplo apoio na Finlândia sobre adesão à NATO

Hélio Carvalho | há 1 mês

Mais de três quartos dos finlandeses apoiam atualmente uma candidatura do país à NATO, indicou uma nova sondagem hoje divulgada, a poucos dias da aguardada decisão de Helsínquia sobre esta matéria. Segundo uma sondagem emitida pela televisão pública Yle, 76% dos finlandeses desejam que o país adira à NATO, naquela que é a maior percentagem de apoio registada até ao momento.

Detidos manifestantes anti-guerra durante parada em Moscovo

Hélio Carvalho | há 1 mês

O Kremlin continua a proibir quaisquer manifestações contra a invasão na Ucrânia, ou sequer menções à palavra "guerra" (na Rússia, a invasão é descrita como uma "operação militar especial"). A forte presença policial em várias cidades impediu que os russos que ainda combatem a propaganda do regime se manifestassem, e algumas pessoas foram detidas por tentarem expressar a sua opinião.

O jornalista Kevin Rothrock, do projeto Medusa (um órgão de comunicação social independente, que foi banido na Rússia mas continua a operar fora do país) publicou uma foto de uma mulher na cidade de Ufa que, marcando o Dia da Vitória, ergueu um cartaz em frente a um monumento aos direitos humanos, que dizia: "O meu avô lutou contra o fascismo".

Em Moscovo, um homem foi menos subtil e sentou-se sozinho num banco de jardim, com um cartão com a frase "Não à guerra!":

Exército russo ataca segunda maior refinaria de petróleo da Ucrânia

Hélio Carvalho | há 1 mês

O Exército russo atacou hoje a segunda maior refinaria da Ucrânia, localizada na cidade de Lysychansk, na província oriental de Lugansk, local de combates violentos desde o início da invasão. Como resultado do fogo de artilharia russo, as instalações da refinaria ficaram a arder e existe risco de explosão, segundo afirmou a procuradora e comissária dos Direitos Humanos do Parlamento ucraniano, Lyudmyla Denisova, numa mensagem através das redes sociais.

Kremlin nunca conseguirá suprimir "espírito de liberdade ucraniano"

Hélio Carvalho | há 1 mês

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, disse hoje que o "Kremlin quer suprimir" o "espírito de liberdade e democracia" dos ucranianos, mas afirmou-se "convencido de que nunca terá sucesso", durante uma visita surpresa à cidade de Odessa.

O Kremlin quer suprimir o vosso espírito de liberdade e democracia. Estou totalmente convencido de que nunca terá sucesso", afirmou numa mensagem de vídeo publicada no Twitter, horas depois do grande desfile de 9 de maio em Moscovo, que assinala a vitória sobre a Alemanha nazi.

Presidente francês diz que paz não se constrói com humilhação da Rússia

Hélio Carvalho | há 1 mês

O Presidente francês, Emmanuel Macron, defendeu hoje em Estrasburgo que, para terminar a guerra na Ucrânia, a paz terá de ser construída sem "humilhar" a Rússia.

"Amanhã teremos uma paz a construir. É preciso nunca esquecer isso. Teremos de fazê-lo com a Ucrânia e com a Rússia em redor da mesa (...) Mas isso nunca será feito com a exclusão ou com a humilhação de qualquer uma das partes", disse Macron, durante uma conferência de imprensa no Parlamento Europeu.

Putin encontrou-se com pai de comandante morto na guerra

Hélio Carvalho | há 1 mês

O presidente russo reuniu-se, esta segunda-feira, com o pai do comandante do batalhão de Sparta, que morreu no início da guerra, durante a invasão à Ucrânia.

Rússia nega ter falta de mísseis de precisão

Hélio Carvalho | há 1 mês

A Rússia negou hoje ter falta de mísseis guiados de precisão, como afirmou o Ministério da Defesa britânico com base num relatório dos serviços de informações de segurança sobre o conflito militar russo na Ucrânia.

"Se se acreditasse em tudo o que dizem do outro lado, a Rússia deveria ter ficado sem mísseis em março. Por alguma razão, isso não aconteceu. As empresas de defesa estão a fornecer ao nosso exército o número necessário de mísseis", garantiu o vice-primeiro-ministro russo, Yuri Borisov, em declarações à agência Interfax.

Conselho dos Direitos Humanos da ONU planeia reunião na Ucrânia

Hélio Carvalho | há 1 mês

O Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas vai reunir na quinta-feira na Ucrânia, avança esta segunda-feira a agência Reuters. Segundo contaram fontes da instituição, a reunião irá ser marcada pela situação em Mariupol e a denúncia de milhares de mortos na cidade.

Von der Leyen na Hungria após rejeição a embargo de petróleo russo

Hélio Carvalho | há 1 mês

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, viaja hoje para a Hungria para reunir-se com o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, após a rejeição à proposta de um embargo progressivo da União Europeia (UE) ao petróleo russo.

"A presidente Von der Leyen viaja esta tarde para a Hungria para se encontrar com o primeiro-ministro, Viktor Orbán", anunciou o porta-voz principal da Comissão Europeia, Eric Mamer, numa publicação no Twitter.

ONU confirma 3.381 civis mortos e 3.680 feridos na Ucrânia

Hélio Carvalho | há 1 mês

A ONU confirmou hoje que pelo menos 3.381 civis morreram e 3.680 ficaram feridos em dois meses e meio de guerra na Ucrânia, sublinhando que os números reais poderão ser muito superiores.

Flores para as vítimas dos nazis e 'Z' para Putin em Belgrado

Hélio Carvalho | há 1 mês

Aos cravos vermelhos evocativos de sangue derramado pelos combatentes anti-nazis na Segunda Guerra Mundial, juntaram-se hoje em Belgrado, nas comemorações russas do Dia da Vitória, efígies de Putin e inúmeras letras Z, símbolo da ofensiva de Moscovo na Ucrânia.

Putin desfila com fotografia do seu pai

Hélio Carvalho | há 1 mês

Durante as celebrações do Dia da Vitória em Moscovo, o presidente russo desfilou com a multidão, que levava nas mãos fotografias de entes queridos que lutaram na Segunda Guerra, ao serviço da União Soviética. As imagens, captadas pelas televisões estatais russas, mostraram Putin a transportar a fotografia do seu pai, que lutou pelo exército soviético numa divisão especial.

"Há um fosso entre o que os cidadãos querem e o que a Europa oferece"

Hélio Carvalho | há 1 mês

A líder do Parlamento Europeu (PE), Roberta Metsola, considerou hoje estar provada a existência "de um fosso" entre o que os cidadãos querem e o que a Europa a cumpre e propõe uma convenção.

A presidente do PE, no discurso no encerramento da Conferência sobre o Futuro da Europa, referiu estar demonstrado que "há um fosso entre o que as pessoas esperam e o que a Europa é capaz de oferecer neste momento", defendendo que o próximo passo deve ser a organização de uma convenção. 

Putin diz que sem dúvida alcançará os seus objetivos na Ucrânia

Hélio Carvalho | há 1 mês

O Presidente russo, Vladimir Putin, afirmou hoje que sem dúvida a Rússia alcançará os seus objetivos na sua campanha militar na Ucrânia, assegurando que os planos para este propósito estão a ser implementados.

Ucrânia completa segunda parte de questionário de adesão à UE

Andrea Pinto | há 1 mês

A Ucrânia completou a segunda parte do questionário para obter o estatuto de candidato à adesão à União Europeia (UE), coincidindo com a celebração do Dia da Europa, anunciou hoje o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

"Obrigado pelos sinais claros de apoio neste importante caminho para nós", disse Zelensky dirigindo-se a Von der Leyen, citado pela agência espanhola EFE.

Macron sugere "comunidade política europeia" que inclua Kyiv

Andrea Pinto | há 1 mês

O Presidente francês, Emmanuel Macron, propôs hoje a construção de uma "comunidade política europeia" que incorpore países como a Ucrânia que partilhem os valores da União Europeia, mas ainda longe de uma rápida adesão que dificultaria a integração.

Mísseis atingem cidade na região de Donetsk

Andrea Pinto | há 1 mês

O Presidente da Câmara de Sloviansk afirmou que foram disparados mísseis russos contra o centro da cidade. 

"[Foram os] Parabéns da Rússia no dia 9 de maio", escreveu Vadym Liakh, fazendo referência ao facto de o ataque ter acontecido no dia em que a Rússia celebra o Dia da Vitória.

O autarca refere que as autoridades estão a avaliar a extensão dos danos. 

Zelensky alerta para possível crise alimentar devido a fecho dos portos

Andrea Pinto | há 1 mês

Volodymyr Zelensky exigiu hoje "medidas imediatas" para desbloquear os portos ucranianos por forma a permitir as exportações de trigo.

"É importante prevenir uma crise alimentar no mundo causada pelas ações agressivas da Rússia", escreveu o presidente ucraniano após um encontro com o Presidente do Conselho Europeu Charles Michel, que visitou o porto de Odessa.

Costa: "É evidente que esta guerra tem estado a ser perdida pela Rússia"

Andrea Pinto | há 1 mês

O primeiro-ministro, António Costa, considerou, esta segunda-feira, que é “evidente” que a guerra tem estado a ser perdida pela Rússia, numa reação ao discurso do presidente russo, Vladimir Putin.

“Eu acho que é evidente que esta guerra tem estado a ser perdida pela Rússia desde o início. Primeiro no seu prestigio internacional, no respeito que mereceria, pelo respeito, pelo direito internacional, e manifestamente pela rejeição clara que o povo ucraniano tem revelado. E pelo facto de ter conseguido o que seguramente não desejava, uma união que há muito tempo não existia no seio da Nato, e uma união que há muito tempo não existia na União Europeia”, declarou no encerramento da ‘Conferência sobre o Futuro da Europa’, em Estrasburgo.

Portugal atribuiu 35 mil pedidos de proteção temporária e 33% são menores

Andrea Pinto | há 1 mês

Portugal atribuiu até hoje 35.778 pedidos proteção temporária a pessoas que fugiram da guerra da Ucrânia, dos quais mais de 33% foram a menores, segundo a última atualização feita pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Lukashenko acusa o Ocidente de estar obcecado com as ideias nazis

Andrea Pinto | há 1 mês

O Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, acusou hoje o Ocidente de estar "obcecado" com as ideias nazis e de estar "em guerra com a Rússia" na Ucrânia.

"Os seguidores dos nazis estão obcecados com a ideia de vingança, mas não estão prontos para lutar abertamente contra os herdeiros do povo soviético", denunciou Lukashenko, durante um discurso nas celebrações do aniversário da vitória sobre o regime da Alemanha nazi, em 1945.

Comissão Europeia quer mostrar em junho parecer sobre adesão de Kyiv à UE

Andrea Pinto | há 1 mês

A Comissão Europeia estima emitir, em junho, o seu parecer sobre a eventual adesão da Ucrânia à União Europeia (UE), aguardando as respostas finais das autoridades ucranianas, anunciou hoje a presidente da instituição, Ursula von der Leyen.

Ex-primeiro-ministro russo diz que começou o fim "da era de Putin"

Andrea Pinto | há 1 mês

O antigo primeiro-ministro russo, Mikhail Kasyanov, afirmou que o dia de hoje marca "o início do fim" de Vladimir Putin.

 Em causa está o discurso hoje protagonizado pelo presidente russo, nas comemorações do Dia da Vitória, e em que, segundo o antigo governante, Putin mostrou estar ciente de que a invasão russa está a ser um fracasso.

Morre em combate soldado russo destacado por ganhar biatlo de tanques

Andrea Pinto | há 1 mês

Um soldado russo de 25 anos, chamado Bato Basanov, morreu durante a guerra na Ucrânia. O jovem tinha chegado ao país invadido como "herói", sendo o campeão mundial de um peculiar jogo de guerra realizado na Rússia.

Guerra reflete "ambições imperialistas doentes" da Rússia

Andrea Pinto | há 1 mês

A Presidência ucraniana respondeu hoje ao discurso do Presidente russo sobre o Dia da Vitória, afirmando que a NATO não planeou atacar a Rússia e que a guerra iniciada por Moscovo reflete "ambições imperialistas doentes".

"Digamo-lo novamente. Os países da NATO não planearam atacar a Rússia. A Ucrânia não planeou atacar a Crimeia. Os militares russos morrem não a defender o seu país, mas a tentar ocupar outro", escreveu o conselheiro presidencial ucraniano Mikhail Podolyak na rede social Twitter.

Embaixador russo na Polónia é atacado com tinta vermelha na cara

Andrea Pinto | há 1 mês

O embaixador russo na Polónia, Sergey Andreyev, foi atacado na manhã desta segunda-feira, enquanto se deslocava ao cemitério militar soviético em Varsóvia para fazer uma homenagem relacionada com o feriado russo que hoje se comemora - o 'Dia da Vitória'.

Xi Jinping pede para que guerra não se torne "incontrolável"

Andrea Pinto | há 1 mês

O Presidente da China , Xi Jinping, advertiu o chanceler alemão Olaf Scholz de que devem ser feitas tentativas significativas para assegurar que o conflito na Ucrânia não se torne numa "situação impossível de gerir".

Os dois reuniram-se por videochamada, tendo Xi Jinping dito que "devem ser feitos todos os esforços para evitar a intensificação e expansão do conflito na Ucrânia, o que poderia conduzir a uma situação incontrolável".

Navio com carvão russo atracou no porto de Gijón, na Espanha

Andrea Pinto | há 1 mês

Um navio de bandeira maltesa, que transportava carvão russo, atracou, esta segunda-feira, no porto de Gijón, confirmaram as autoridades portuárias do país vizinho. Outro navio, que transportava petróleo russo, atracou na sexta-feira em Cartagena, escreve o El Pais.

Recorde-se que no passado mês de abril, Bruxelas aprovou as primeiras restrições contra o setor energético da Rússia, proibindo as importações de carvão.

Putin "quis intimidar" o mundo com o seu desfile militar

Andrea Pinto | há 1 mês

O ministro da Defesa britânico, Ben Wallace, considera que Putin mostrou alguns sinais de "desespero" no seu discurso do Dia da Vitória, ao mesmo tempo que quis "intimidar" o mundo com o seu desfile militar em Moscovo.

Putin quer que o povo russo se sinta "espantado" e o mundo "intimidado" pelo "militarismo em curso", mas o conflito armado na Ucrânia "não faz mais que desonrar os soldados", considerou num discurso pronunciado no Museu do Exército, em Londres.

O governante reforçou, ainda, que "o Governo britânico - bem como todo o Reino Unido - está solidário com a Ucrânia e apoia os corajosos militares" que continuam a lutar pela paz.

OMS doa 20 ambulâncias todo-o-terreno à Ucrânia

Andrea Pinto | há 1 mês

O Ministério da Saúde da Ucrânia afirmou, numa declaração a 8 de maio, citada pelo Kyiv Independente, que as ambulâncias enviadas pela Organização Mundial de Saúde são "capazes de operar mesmo nas áreas mais danificadas e inacessíveis", mesmo onde as estradas tenham sido destruídas.

Russos celebram Dia da Vitória em Mariupol

Andrea Pinto | há 1 mês

Vários russos desfilaram hoje por Mariupol com uma faixa de 300 metros de comprimentos com as cores laranja e preto. A faixa simboliza a vitória da russa contra o nazismo no Dia da Vitória e e considerado um símbolo patriótico.

As imagens do momento foram partilhadas pelo jornalista ucraniano Vitalii Rybak.

Sociais-democratas da Suécia decidem domingo sobre eventual adesão à NATO

Andrea Pinto | há 1 mês

Os sociais-democratas suecos, atualmente no poder na Suécia, irão decidir no próximo domingo se vão apoiar a candidatura do país à NATO, afirmou uma fonte partidária à agência de notícias France-Presse (AFP).

Menina de 4 anos saiu de Mariupol mas mãe ficou em "campo de filtragem"

Andrea Pinto | há 1 mês

Durante a última evacuação de Azovstal, as tropas russas separaram Alisa, de 4 anos de idade, da mãe. A mulher ficou para trás num 'campo de filtragem'. 

A história é revelada no Twitter por Anton Gerashchenko, conselheiro do governo ucraniano e antigo vice-ministro do Ministério da Administração Interna., que revela que a mãe ficou num 'no campo de filtragem' em Donetsk. 

Moscovo assegura que negociações com Kyiv continuam à distância

Andrea Pinto | há 1 mês

O chefe da delegação russa nas negociações com a Ucrânia, Vladimir Medinski, assegura que as conversações entre ambas as partes prosseguem, embora apenas à distância, avança a Reuters.

Recorde-se que Moscovo acusou Kyiv de interromper as negociações, acusando a Rússia de cometer atrocidades contra as sus gentes. A Rússia nega as acusações.

Entre resistentes de Azovstal, está uma mulher que encanta com a sua voz

Andrea Pinto | há 1 mês

Kateryna completou os seus estudos de música no ano passado, altura em que se decidiu alistar no exército ucraniano. A mulher, que foi filmada a cantar num abrigo em Mariupol, será a única entre os vários soldados que permanecem na fábrica de Azovstal e que se negam a entregar-se às forças russas.

 Aos 21 anos, Kateryna luta pelo vida ao lado dos últimos resistentes da cidade portuária de Mariupol.

As imagens da celebração do 'Dia da Vitória' em Moscovo

Andrea Pinto | há 1 mês

A Rússia celebra esta segunda-feira o 'Dia da Vitória' e na Praça Vermelha decorreram as celebrações que contaram com desfiles militares e presença das grandes figuras governamentais russas. 
 
Nas imagens da galeria pode ver-se as paradas militares e a chegada de vários representantes, nomeadamente Sergey Lavrov, ministro dos negócios estrangeiros russo e Dmitry Peskov, porta-voz do Kremilin. 

OE2022 "responde de forma direta" à guerra na Ucrânia

Andrea Pinto | há 1 mês

A ministra da Defesa Nacional defendeu hoje que o Orçamento do Estado para 2022 "responde de forma direta" ao contexto de guerra na Ucrânia, prevendo uma cobertura orçamental que permite cumprir compromissos internacionais.

Alarmes ouvidos em Kyiv

Andrea Pinto | há 1 mês

As sirenes voltaram a soar, esta manhã, na capital ucraniana de Kyiv.

Segundo a jornalista Deborah Haynes, da Sky News, os alarmes soaram durante o discurso de Vladimir Putin, em Moscovo, no âmbito das comemorações do Dia da Vitória.

 

Quatro misseis atingiram a região de Odessa

Andrea Pinto | há 1 mês

As forças militares ucranianas afirmam que quatro misseis de alta precisão, lançados da Península da Crimeia, zona controlada pela Rússia, atingiram a cidade de Odessa, noticia a Reuters.

 

Espetáculo aéreo cancelado devido a mau tempo em Moscovo

Andrea Pinto | há 1 mês

Um espetáculo aéreo, que fazia parte das comemorações do dia da Vitória, em Moscovo, foi cancelado.

Segundo a agência noticiosa russa RIA, que cita um funcionário governamental, o momento foi cancelado devido ao "mau tempo". 

 

 

"Tenho medo que Putin se sinta sem alternativa e parta para o apocalipse"

Andrea Pinto | há 1 mês

Francisco Proença Garcia, docente do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa e que é, também, Tenente-Coronel de Infantaria na reforma, é o convidado desta segunda-feira do Vozes ao Minuto.

O especialista afirmou ter "medo que Putin se sinta sem alternativa e parta para o apocalipse" e lembrou, ainda, que os "ucranianos combatem e morrem pelo resto dos europeus". "Essa é uma dívida que o resto da Europa vai ter para com os ucranianos", atirou.

Confira a entrevista completa aqui.

Afinal, Putin não declarou guerra nem falou em armas nucleares

Andrea Pinto | há 1 mês

O discurso de Putin, que era muito aguardado, esperando-se que falasse do conflito na Ucrânia como se tratando oficialmente de uma guerra ficou, afinal, aquém do que foi inicialmente esperado.

O The Guardian nota que se tratou de um discurso que trouxe pouca novidade à situação de conflito, tendo Vladimir Putin usado a voz apenas para justificar a invasão com os motivos já anteriormente mencionados. Recorde-se que Putin culpou a NATO pela decisão de invadir o país, referindo que esta foi a decisão mais correta dado o perigo que se avizinhava junto às fronteiras do seu país. Voltou, ainda, a referir que se trata de uma guerra contra os nazis do país vizinho.

Para além disso, note-se, Putin não fez qualquer referência a uma vitória no conflito, que já vai no seu 75.º dia, e não fez também qualquer ameaça quanto ao uso de armas nucleares

"É por não esquecermos a História que continuaremos a apoiar a Ucrânia"

Andrea Pinto | há 1 mês

António Costa não pôde deixar de assinalar publicamente a celebração do Dia da Europa e o o fim da 2.ª Guerra Mundial. Nas redes sociais, o primeiro-ministro expressou o tenebroso que tem sido o período desde que o conflito entre a Rússia e a Ucrânia teve início, bem como o intuito da União Europeia (UE) de salvaguardar a paz.

"Nestes dias sombrios marcados pela invasão russa da Ucrânia, temos bem presente que na origem da União Europeia esteve a vontade de preservar a paz", reiterou Costa.

'Patron'. Eis o cão herói que Volodymyr Zelensky condecorou

Andrea Pinto | há 1 mês

'Patron' significa 'munição' em ucraniano, mas, neste caso, é muito mais do que uma simples palavra. É o nome do cão herói que, pelo seu serviço nesta guerra iniciada em 24 de fevereiro, foi condecorado, este domingo, pelo presidente Volodymyr Zelensky. 

"Não vamos dar a ninguém um único pedaço da nossa terra", diz Zelensky

Andrea Pinto | há 1 mês

O presidente ucraniano,  Volodymyr Zelensky, disse, esta segunda-feira, que a Ucrânia vencerá a guerra frente à Rússia e que o país não irá ceder qualquer território.

 “No Dia da Vitória sobre o nazismo, estamos a lutar por uma nova vitória. O caminho para isso é difícil, mas não temos dúvidas de que vamos vencer”, disse Zelensky, citado pela Reuters, no dia em que a Rússia assinala o dia da capitulação da Alemanha nazi, em 1945, com as tradicionais paradas militares em Moscovo.

Rússia prossegue ofensiva para controlar Donetsk e Lugansk

Andrea Pinto | há 1 mês

A Rússia continua a avançar no leste da Ucrânia, para tentar estabelecer o controlo total sobre as regiões de Donetsk e Lugansk e criar um corredor terrestre com a Crimeia ocupada, avançou o exército ucraniano.
  

Redes de televisão na Rússia sofrem ataques informáticos durante desfile

Andrea Pinto | há 1 mês

Algumas redes de televisão foram hoje alvo de ataques informáticos na Rússia, quando decorre o desfile militar do 77.º aniversário da vitória soviética sobre a Alemanha nazi na II Guerra Mundial, segundo a imprensa local.

e acordo com a agência de notícias russa Interfax, pessoas não identificadas acederam à programação das redes de televisão por cabo Rostelecom, MTS e NTV-Plus. No lugar dos títulos dos programas dos canais, apareceram textos relacionados à guerra na Ucrânia.

Vladimir Putin: "Não há lugar para nazis" neste mundo

Andrea Pinto | há 1 mês

No discurso que protagonizou na Praça Vermelha, no Dia da Vitória, Vladimir Putin glorificou as forças armadas russas.

"Hoje, os nossos guerreiros de diferentes etnias estão a lutar juntos na batalha. Protegem-se mutuamente de balas, fragmentos e estilhaços, realmente como irmãos, e esta é a força da Rússia. A força imbatível da nossa nação multiétnica. lamentando as perdas já sofridas, disse.

O líder russo considerou ainda que as perdas militares russas "são uma tragédia para todos nós" e uma perda irreparável para as suas famílias".

Putin considerou que os homens que estão na linha da frente estão a lutar para defender o seu país da ameaça e lembrou que "ninguém pode esquecer as lições da II Guerra Mundial, pelo que não haverá lugar no mundo para nazis".

"A decisão da Rússia foi a mais correta", diz Putin

Andrea Pinto | há 1 mês

Vladimir Putin já protagoniza o seu discurso nas celebrações do Dia Da Vitória na Rússia. O presidente russo começou por afirmar que muitos não quiseram acreditar na Rússia quando esta afirmou que se "estava a criar uma ameaça para o país" no Donbass.

"Vimos como a estrutura militar se estava a desenvolver e como estruturas estrangeiras estavam a ajudar e a aumentar o perigo todos os dias", disse. "A NATO constituía um perigo para a Rússia", concluiu, defendendo que a decisão da Rússia de invadir o país "foi a mais correta".

"Os países da NATO não quiseram ouvir-nos... o que significa, na realidade, que eles tinham planos diferentes", afirmou, referindo-se à alegada intenção da NATO de querer desenvolver uma operação na região do Donbass, o que constituía uma "ameaça inaceitável" nas fronteiras da Rússia.

 

 

IL quer ouvir Costa sobre possíveis implicações para segurança

Andrea Pinto | há 1 mês

A IL requereu hoje uma audição urgente do primeiro-ministro no parlamento para prestar esclarecimentos sobre possíveis implicações para a segurança do país que advenham da intervenção de associações russas com alegadas ligações ao Kremlin.

Borrell propõe que UE use reservas russas para reconstruir a Ucrânia

Andrea Pinto | há 1 mês

Alto representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, Josep Borrell, considera que a UE deve considerar em usar as reservas russas congeladas para suportar os custos de reconstruir a Ucrânia depois da guerra. A proposta foi apresentada numa entrevista publicada esta segunda-feira, no Financial Times.

"Temos o dinheiro do nosso lado e alguém tem de me explicar porque é que não se pode fazê-lo com o dinheiro russo se foi feito com o afegão", questionou.

Kyiv alerta para prováveis ataques com mísseis russos

Andrea Pinto | há 1 mês

O estado-maior do exército ucraniano alertou hoje para a "alta probabilidade de ataques com mísseis" por parte das tropas russas, no dia em que em Moscovo vai decorrer um tradicional desfile militar.

A Rússia "não é diferente dos nazis"

Andrea Pinto | há 1 mês

O embaixador da Ucrânia nos Estados Unidos esteve, este domingo, junto ao Memorial das Vitimas da II Guerra Mundial, em Washington, onde comparou os russos aos nazis, afirmando que não são assim tão "diferentes".

"Hoje, a Ucrânia defende-se a si própria e à democracia mundial do regime russo, que não é diferente dos nazis, nem na retórica ou agressão, nem nos métodos de guerra", disse Oksana Markarova.

 

Japão embarga petróleo russo, mas mantém projetos de energia com Moscovo

Andrea Pinto | há 1 mês

O Japão vai embargar as importações de petróleo russo, apesar de manter a participação em projetos de energia com Moscovo para minimizar o impacto no fornecimento de energia do país, anunciaram as autoridades.

Desfiles do Dia da Vitória já começaram na Rússia

Andrea Pinto | há 1 mês

Os desfiles do Dia da Vitória já começaram na Rússia, avança a agência AFP. Milhares de pessoas, na cidade de Vladivostok, saíram às ruas para assistir ao desfile anual que marca a vitória da Rússia em 1945 sobre a Alemanha nazi.

É o feriado mais importante da Rússia e motivo de orgulho nacional para o país, marcado por um enorme desfile de soldados e equipamentos militares pela Praça Vermelha. Veja as imagens aqui.

Notícias ao Minuto Desfile do Dia da Vitória © Getty Images  

Início de cobertura

Andrea Pinto | há 1 mês

Damos agora início a mais um acompanhamento AO MINUTO dos acontecimentos que marcam o 74.º dia de guerra entre a Ucrânia e a Rússia. Pode acompanhar os acontecimentos do dia anterior aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório