Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 16º

Papa apela à paz na Ucrânia e recorda "tragédia humanitária"

O Papa Francisco apelou hoje à paz na Ucrânia, lembrando os que estão "sob os bombardeamentos desta guerra sacrílega", após a missa que celebrou para 20 mil pessoas em Floriana, no segundo dia da sua visita a Malta.

Papa apela à paz na Ucrânia e recorda "tragédia humanitária"
Notícias ao Minuto

11:50 - 03/04/22 por Lusa

Mundo Papa

O pontífice pediu orações pela paz e pela "tragédia humanitária na Ucrânia".

"Não nos cansemos de rezar e ajudar aqueles que sofrem", disse durante a oração do Angelus após a missa.

Desde o início da guerra, após a invasão da Rússia há mais de um mês, o Papa não parou de fazer apelos para o fim do conflito e mostrou a disponibilidade da Santa Sé para "fazer tudo" que for necessário como mediar negociações.

Além disso, no início desta viagem, Francisco abriu a possibilidade de ir a Kiev, com todas as dificuldades que isso acarretaria: "Sim, está na mesa", respondeu questionado sobre se aceitaria o convite para ir à capital ucraniana.

Como esperado, a guerra entrou totalmente na viagem deste Papa a Malta, que estava prevista para 2020, mas teve de ser adiada devido à pandemia.

No seu primeiro discurso às autoridades ao chegar à ilha europeia, Francisco afirmou: "Pensávamos que as invasões de outros países, os brutais combates de rua e as ameaças atómicas eram memórias sombrias de um passado distante".

E alertou para o risco de que o conflito na Ucrânia possa se tornar "uma guerra fria prolongada que pode sufocar a vida de povos e gerações inteiras".

Leia Também: Bispo de Leiria-Fátima confirma que Papa quer estar no Santuário em 2023

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório