Meteorologia

  • 11 AGOSTO 2022
Tempo
25º
MIN 19º MÁX 26º

Soldado que disse "vão-se lixar" aos russos "passou fome e foi espancado"

Mãe do soldado ucraniano falou do sofrimento vivido pelo filho.

Soldado que disse "vão-se lixar" aos russos "passou fome e foi espancado"
Notícias ao Minuto

22:19 - 31/03/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Rússia/Ucrânia

Roman Hrybov, soldado ucraniano que disse às tropas russas para "se irem lixar" no início da invasão à Ucrânia, e que entretanto foi libertado após semanas de cativeiro, passou “fome” e foi “espancado”, segundo revelou a sua mãe.

Numa entrevista ao Daily Mail, Tetiana Rudolfivna Hrybova disse que o filho “sofreu terrivelmente nas mãos dos russos”. 

“Ele passou fome, foi espancado e submetido a um tratamento degradante. Perdeu 10 quilos”, afirmou.

A mulher diz que o filho considera que “não é um herói” e que só “está interessado em ajudar os outros soldados a sair da prisão russa onde esteve detido”. 

Recorde-se que foi nos primeiros dias da invasão russa à Ucrânia que Roman Hrybov, que é guarda de fronteira, deu que falar devido à sua atitude heroica. O ucraniano, que estava a servir na ilha Zmiinyi, a sul do porto de Odessa, desafiou os militares russos de um navio de guerra, depois de estes ordenarem a rendição das tropas ucranianas.

“Navio de guerra russo, vai-te lixar”, disse, através de um rádio, numa gravação que se tornou viral.

Nos primeiros dias acreditava-se que todos os soldados ucranianos estavam mortos na ilha, mas veio depois a saber-se que se encontravam em cativeiro. Hrybov foi recentemente libertado e foi condecorado pelo Ministério da Defesa da Ucrânia. 

Também Evgeniy Goncharenko, soldado que participou na troca de prisioneiros, disse que “Roman e os seus companheiros foram maltratados”.

“Não havia sítio para eles dormirem (...) Não tinham permissão para ir à casa de banho. Era degradante. Os russos até espancaram os civis que foram feitos prisioneiros. Eles tratavam-nos como soldados”, cita o Daily Mail.

Roman  Hrybov encontra-se agora em casa, em Tcherkássi , e deverá voltar ao serviço em breve.

Leia Também: AO MINUTO: Chernobyl reconquistada; Russos atacam corredor em Chernihiv

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório